A dupla Xandy e Xandinho Negrão sagrou-se vencedora da etapa de abertura da GT3 Brasil, prova realizada sábado e domingo, em Interlagos, sendo que a segunda bateria terminou antes do previsto por causa de uma tempestade torrencial que desabou sou o autódromo. Tendo em vista o ocorrido no domingo passado, a direção de prova a cargo de Antônio Carlos Regal, o Magrão, optou pelo bom senso e deu quadriculada com 20 voltas completadas.

Os campeões de 2010 Valdeno Brito/Matheus Stumpf, que comandaram a disputa durante um bom tempo, depois de superarem o Corvette de Cláudio Dahruj/Rodrigo Sperafico, que acabou cedo demais com os pneus traseiros, terminaram em segundo. A dupla completou a corrida em 3º com a Ferrari F430 de Rafael Derani/Claudio Ricci em quarto.

Ricardo Ricca chegou em 5º com um Lamborghini LP500. Mas foi desclassificado por não ter feito a parada obrigatória de 2 minutos, mesmo não tendo companheiro de equipe Gustavo Sondermann, falecido no final de semana anterior. Ricca foi ao pódio e fez uma homenagem póstuma ao antigo colega de profissão, vestindo uma camiseta alusiva a Sondermann. Com a punição, Cléber Faria, que rodou na primeira volta, ainda chegou em 5º lugar.

Na classe GT4, mais uma vez as Ferrari Challenge comandaram. A vitória na segunda prova foi da dupla Válter Rossete/Fábio Greco, com Alan Hellmeister/Sérgio Laganá em segundo lugar e Christian Pons/Marcelo Sant’Anna em terceiro. A dupla Cristiano Federico/Caio Lara cruzou na frente de todo mundo, mas foram punidos porque saíram do boxe na parada antes do tempo regulamentar de 2 minutos. Caíram para 4º lugar na divisão.

A próxima rodada dupla é na preliminar da Fórmula Indy, na São Paulo Indy 300, no circuito de rua do Anhembi, nos dias 30 de abril e 1º de maio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...