Mark Webber voou na pista - Sutton Images

Mark Webber voou na pista – Sutton Images

Mark Webber cravou a pole-position para o GP de Abu Dhabi, que será disputado domingo (3) no circuito de Yas Marina. O australiano, que está a três provas de se despedir definitivamente da F1 irá dividir a primeira fila com seu companheiro de equipe, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel. Webber não correu para cravar a melhor volta, ele voou baixo no Q3 para parar o cronômetro com o tempo de 1min39s957, ante 1min40s075 de Vettel. A seguir veio a dupla da Mercedes, formada Nico Rosberg e Lewis Hamilton, respectivamente, que largará na segunda fila, mas com uma desvantagem de 0s5 para a equipe dos energéticos, que, como seu piloto, comemora o tetracampeonato no Mundial de Construtores. Kimi Räikkönen e Nico Hülkenberg vão dividir a terceira fila do grid, seguidos de Romain Grosjean e do brasileiro Felipe Massa. Sergio Pérez e Daniel Ricciardo completam os dez primeiros colocados em Abu Dhabi. Está estranhando a ausência de Fernando Alonso? Já te conto o que aconteceu.

 

 

Massa fez o que pôde com carro manco - Foto: Getty Images

Massa , oitavo, fez o que pode com o carro manco da Ferrari – Foto: Getty Images

A Ferrari perdeu a mão em Abu Dhabi. A F138 não fez o que dela se esperava, se arrastou na pista e o resultado para quem disputa com unhas e dentes o vice-campeonato entre os Construtores não poderia ser pior. Alonso, de cara, não conseguiu se classificar para o Q3, repetindo, assim, o que aconteceu no GP da Europa de 2012, quando o espanhol não conseguiu passar pelo Q2, largará em 11º. Massa, de novo, largará na frente do escolhido pela Ferrari, que optou por segurar o brasileiro na garagem até os minutos finais do treino, para, desesperadamente, dar apenas uma volta lançada, assim como Pérez e Ricciardo, e cravou 1min41s015 em seu giro único. A oitava posição, portanto, deve ser comemorada como vitória. A disputa pelo vice começa a se acirrar entre Mercedes e Lotus, lembrando que Räikkönen, de saída para a Ferrari e sem receber salários da Lotus (um montante estimado em 15 milhões de euros) fará diferença no placar. Grosjean está pilotando uma barbaridade e Räikkönen, apesar de revoltado, não vai tirar o pé.

 

 

A largada do GP de Abu Dhabi acontecerá às 11 horas (horário de verão de Brasília) com transmissão ao vivo na TV Globo.

 

Confira abaixo o grid de largada:

Crédito: formula1.com

Crédito: formula1.com