Divulgação

 

A Volkswagen Caminhões e Ônibus leva a nova família Delivery a mais um destino: é a vez do mercado peruano receber a gama de veículos leves que, em pouco mais de um ano do lançamento, já chega seis países, além do Brasil. O evento foi realizado pela Euromotors S.A., representante oficial da marca no Peru, na quinta-feira (22). Os primeiros modelos a desembarcar por lá são o Delivery 6.160, 9.170 e 11.180, que se posicionam no segmento de maior volume daquele mercado, configurados para atender às particularidades geográficas.

 

Divulgação

Mas a nova família de leves não está sozinha no portfólio de estreias oficiais da VW Caminhões na região andina: o destaque também é a linha Constellation Euro 5. Ambas com inovações exclusivas em motores, transmissões, segurança, conforto e desenho. Além disso, representam uma grande inovação ao superar a norma de emissões vigente no país, que recentemente mudou para Euro 4.

 

“Ao dar um passo à frente em tecnologia, oferecendo veículos já consagrados nos principais países latino-americanos, fortalecemos a nossa marca, antecipando-nos às exigências do mercado. Além disso, nosso importador, a Euromotors, completa 25 anos à frente da marca Volkswagen no Peru, o que ressalta nossa experiência no país”, comenta Marcos Forgioni, vice-presidente de Vendas e Marketing – Mercados Internacionais da VW Caminhões e Ônibus.

 

Os novos integrantes da família Constellation no Peru são modelos de 15 a 31 toneladas: 15.190, 17.280, 24.280, 26.280, 31.280, 31.330 e 31.390. Há ainda novidades disponíveis no pacote Robust, oferecido para os modelos Constellation 13.190, 15.190 e 17.230. Graças ao novo design do para-choque, curto e metálico, os modelos Constellation Robust têm maior ângulo de entrada, o que amplia sua vocação para encarar os mais difíceis terrenos.

 

Divulgação

 

Atualmente o mercado peruano é um dos principais destinos dos produtos da Volkswagen Caminhões e Ônibus produzidos na fábrica de Resende (RJ) e apresenta alta de 40% no volume de embarques na comparação com o ano anterior. Além do sucesso em caminhões, também os ônibus Volkswagen são destaque por lá: com mais de 500 unidades vendidas este ano, o país tornou-se o segundo maior mercado internacional do Volksbus, atrás apenas do México.