Alberto Otazú alcançou a sua 70ª vitórias em dois anos e meio – Foto: Emerson Santos

 

O piloto Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem/Instituto Desenvolve/Imab/AVSP/Rolley Ball) vem comprovando a cada prova a sua velocidade. No último fim de semana (25 e 26/8) ele participou de três corridas e estabeleceu a volta mais rápida em todas, subindo no pódio em duas delas, com uma vitória e uma segunda posição.

 

“Não foi um fim de semana ruim, mas podia ter sido melhor. Tive que trocar de karts, mas consegui me adaptar e tirar o máximo dos equipamentos que tive em mãos em dois kartódromos diferentes. O legal é que alcancei a minha primeira vitória em Aldeia da Serra”, contou Otazú.

 

Na sétima etapa do Campeonato Click Speed de Kart Amador (CCSKA), realizada no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), Alberto Otazú saiu da primeira fila com o segundo tempo na categoria Elite. Com a embreagem ruim ele caiu para quarto na largada, mas na sétima volta estabeleceu a volta mais rápida e na 13ª das 23 passagens passou para a liderança. Depois de intensa disputa com Gustavo Ariel, recebeu a bandeirada de sua 70ª vitória na carreira de dois anos e meio com 3s517 de vantagem.

 

“O primeiro kart que peguei na tomada de tempo estava muito ruim. Com o segundo kart acho que faltou pelo menos uma volta para eu conseguir a pole. Durante a corrida fui pegando o jeito daquele kart e indo rápido para conseguir a segunda vitória nesta temporada no CCSKA”, explicou. Com esta vitória e volta mais rápida ele subiu para a quarta posição na Elite, mesmo deixando de participar de duas etapas.

 

Otazú venceu a segunda corrida na Elite do CCSKA – Foto: Emerson Santos

 

No Mini Endurance Alberto Otazú participou com Cadu Guimarães, já que o seu habitual parceiro na equipe Kazzo teve compromisso familiar e não pode disputar da etapa. Cadu conseguiu a quarta marca na tomada de tempos, pulou para terceiro na largada, mas na segunda volta foi tocado, rodou, demorou cerca de 10 segundos para retornar na 11ª posição. Mesmo assim se recuperou e entregou a pilotagem para Alberto no quinto posto. Em seu turno de pilotagem Otazú forçou o equipamento e foi marcando a volta mais rápida o tempo todo e realizando ultrapassagens, para receber a bandeirada em segundo, a apenas 2s787 de Bruno Galli.

 

“Foi uma pena o toque que o Cadu (Guimarães) levou. Perdemos muito tempo ali. Foi uma corrida em que a vitória era bem possível”, afirmou Otazú. “Agradeço a ajuda e competência do Cadu, e dedico este bom resultado ao (Henrique) Morbi e sua família”, completou o jovem de 17 anos de idade, que agora subiu para a quinta posição no campeonato de Mini Endurance.

 

Cadu Guimarães (E) e Alberto Otazú formaram dupla no Mini Endurance – Foto: Emerson Santos

 

Rotary – Já no RKC Kart as coisas não foram tão bem e Alberto Otazú teve que usar a sua 12ª posição na oitava etapa como descarte na categoria Stock. Na classificação ele teve que trocar duas vezes de kart e acabou largando da 22ª posição, dos boxes. No meio da prova ele fez a volta mais rápida no traçado invertido de Interlagos. Só que no momento em que foi assumir a sexta colocação, o seu concorrente freou cedo e Alberto acabou tocando a sua traseira. Otazú foi advertido, tendo 10 segundos acrescidos ao seu tempo, caindo para 12º.

 

“Eu estava cerca de quatro décimos de segundo mais rápido, ainda mais que o Samer (Ghosn) estava me ajudando e me empurrando para passarmos todos à nossa frente. Infelizmente fui surpreendido pelo Fernando (Ximenes) quando ele freou bem antes da curva e toquei na traseira dele. Ele só desequilibrou, mas recebi advertência, que eu acho que não merecia. Tenho certeza que daria para terminar entre os cinco primeiros”, completou o campeão do primeiro turno, que agora ocupa a quarta colocação na categoria Stock.

 

Classificação da categoria Stock após a oitava etapa do RKC Kart

1) Fábio PL, 98 pontos

2) Fábio Cunha, 87

3) Ivan Henrique Guerra, 75

4) Alberto Otazú, 74

5) Fernando Ximenes, 73

6) Nelson Reple, 68

 

Classificação da categoria Elite após a sétima etapa do CCSKA:

1) Ryan Nishioka, 282 pontos

2) Everton Carajeleascow, 260

3) Gustavo Ariel, 249

4) Alberto Otazú, 237

5) Thiago Barros, 229

6) Stefano Paladini, 217

 

Classificação do Mini-Endurance após sete etapas:

1) UXF Sky – Ryan Nishioka/Gustavo Ariel, 283 pontos

2) UXF – Everson Nishioka/Stefano Paladini, 272

3) Agaxtur Racing – Everton Carajeleascow/Thiago Barros, 263

4) No Brakes – Kleberson Felix/Denis Urbanavicius, 256

5) Kazzo – Alberto Otazú/Henrique Morbi, 248

6) Kartudos – Roni Batista/Fernando Leandrin, 202

Fonte: Organização