Vettel venceu fácil e pulverizou mais um recorde - Foto: Olivier Morin/AFP

Vettel venceu fácil e pulverizou mais um recorde – Foto: Olivier Morin/AFP

O alemão tricampeão mundial Sebastian Vettel (Red Bull) venceu o Grande Prêmio de Itália de Fórmula 1 depois de dominar a corrida no circuito de Monza, domingo (8). Em segundo lugar chegou o cirúrgico ao espanhol Fernando Alonso (Ferrari) e ao companheiro de equipe Mark Webber, segundo e terceiro classificados, respetivamente. Com o resultado – o sexto triunfo na temporada –, Vettel se aproxima cada vez mais do tetra e reforça a liderança no campeonato do Mundo agora com 53 pontos de vantagem sobre Alonso. Destaque para a extraordinária largada de Felipe Massa, que saiu da quarta par a segunda posição logo na largada ao dar um “chega pra lá” em Alonso, o quinto no grid. O espanhol embutiu na traseira do carro do brasileiro, que não ofereceu resistência e cedeu a segunda posição na prova. A perseguição a Vettel, no entanto, foi em vão e o ferrarista terminou a 5s do vencedor. Massa foi o quarto colocado, fez uma corrida consistente e o resultado pode corroborar, definitivamente, sobre a renovação por mais uma temporada na equipe de Maranello, nos próximos dias.

 

 

Massa não ofereceu resistência a Alonso, que luta pelo título - Foto: Stefano Rellandini/Reuters

Massa não ofereceu resistência a Alonso, que luta pelo título – Foto: Stefano Rellandini/Reuters

Craque em atingir e superar recordes, o piloto da Red Bull tem agora uma vantagem na liderança do campeonato, com 222 pontos ante 169 de Alonso. O triunfo em Monza foi o 32º da carreira de Vettel e superou o recorde de Nigel Mansell e igualou o de Fernando Alonso entre os maiores vencedores da F-1. Agora, o alemão fica atrás apenas de Ayrton Senna (41), do francês Alain Prost (51) e do alemão Michael Shumacher (91). Superar esses números, agora, é questão de tempo. Foi em Monza, também, que Vettel conseguiu sua primeira vitória na Fórmula 1, em 2008, quando ainda guiava a modesta Toro Rosso, guiando de forma acima da média debaixo de um dilúvio bíblico.

 

A Fórmula 1 se encontra novamente no próximo dia 22 Cingapura.

 

F1, GP da Itália, Monza, resultado final:

 

Crédito: formula1.com

Crédito: formula1.com