Edílson Jaquetto – Divulgação

Edílson Jaquetto é o novo diretor-geral da TMD Friction do Brasil (parte do Grupo Nisshinbo Holdings), em substituição a Marcoabel Moreira, que se aposentou após 11 anos de empresa. Formado em Química, com especialização em Engenharia de Produção e Estratégia de Empresa, Edílson Jaquetto liderou o projeto Mudar para Melhorar, que consistiu na transferência das instalações da TMD de Indaiatuba para Salto, ambas em São Paulo. O novo presidente foi também responsável por todas as áreas das Operações Comerciais da empresa.

 

A mudança na direção geral da TMD Friction do Brasil (parte do Grupo Nisshinbo Holdings, o maior fabricante mundial de material de fricção), tradicional fabricante de pastilhas e lonas de freio para o mercado original e, com a marca Cobreq, no mercado nacional de reposição, ocorreu desde 1º de janeiro deste ano.

 

O novo presidente começou sua trajetória profissional em 1989, na Cobreq, como Operador de Máquinas, mas logo chegou ao cargo de Técnico em Pesquisa & Desenvolvimento. Entre 1999 e 2001, Jaquetto esteve na Espanha como gerente de Pesquisa & Desenvolvimento da TRW/REMSA, voltando ao Brasil para assumir, na TMD Friction, a gerência de Pesquisa & Desenvolvimento. Em seguida foi promovido ao cargo de Diretor Geral da Unidade de Negócios OE.

 

Já no final de dezembro passado, com a aposentadoria do presidente Marcoabel Moreira, Edílson Jaquetto assumiu o cargo. Ele afirma que “entre minhas principais missões estão as de alavancar o crescimento das operações no País e de manter a TMD Friction do Brasil no papel relevante que sempre lhe coube”.