Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Williams
  Mais uma corrida decidida nas paradas para troca de pneus. Foi assim que Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu o Grande Prêmio de Mônaco, disputado domingo (28). É bem verdade que a equipe privilegiou a estratégia de parada para troca de pneus e nem precisou mandar mensagem para Kimi Räikkönen, que terminou a etapa em segundo, para abrir passagem para o líder do certame. O top 3 teve Daniel Ricciardo, da Red Bull. A Ferrari comemorou a dobradinha, que não acontecia desde 2010, quando Felipe Massa, então companheiro de Fenando Alonso, recebeu a ridícula mensagem do time Fernando is so faster than you (Fernando é mais rápido que você, em português, e teve de ceder a posição.   A corrida que começou pouca emoção até a abertura da janela para troca de pneus, mas ganhou contorno de competição a partir do grave incidente na 60ª volta, envolvendo a McLaren Jenson Button e a Sauber do alemão Pascal Wehrlein, que foi catapultada contra o muro de proteção, onde Continue lendo [...]
  Tranquilo e confortável. Foi assim que Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP da Europa, disputado domingo (19) pela primeira vez no circuito de Baku, no Azerbaijão. Sebastian Vettel, da Ferrari, terminou em segundo e Sergio Pérez, da Force India, em mais um excelente final de semana, completou o Top-3. Com a vitória, a 19ª de sua carreira, o alemão da Mercedes abriu 34 pontos de vantagem no campeonato sobre seu principal oponente, Lewis Hamilton, que terminou na quinta posição atrás de Kimi Räikkönen. Valtteri Botta, da Williams, Daniel Ricciardo e Max Versttapen, ambos da Red Bull, e Nico Hülkenberg, da Force India, formaram o Top-10.     Rosberg fez uma largada perfeita e nem tomou conhecimento de Daniel Ricciardo, em tese, o único que poderia desafiá-lo. Não houve confronto. O alemão disparou na frente e, porquê não dizer, foi mais coadjuvante do que protagonista nos embates por posições, atuação relegada para vinha atrás dele. Largando da 10ª Continue lendo [...]
  O alemão Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o sem graça GP do Brasil, disputado domingo (15) no Autódromo de Interlagos, e  garantiu o vice-campeonato da temporada 2015 da Fórmula 1. O tricampeão mundial Lewis Hamilton, que sonhava com uma vitória no autódromo paulistano terminou em segundo seguido de Sebastian Vettel, da Ferrari, que fez uma corrida isolada, e nem se vencer em Abu Dhabi terá condições matemáticas de passar seu compatriota na tabela de pontos. O campeonato e vice estão definidos. Ponto!     Depois do sacode que tomou do inglês, Rosberg parece que tomou tento e sabe que precisa se firmar dentro da equipe, possivelmente para entrar na temporada de 2016 com a moral, no mínimo, mais equilibrada do que nesta, quando conquistou cinco vitórias, a 13ª em sua carreira na principal categoria do esporte a motor mundial. O alemão da Mercedes tem velocidade, mas peca em consistência e equilíbrio emocional. Não fossem esses detalhes, ele não teria Continue lendo [...]
  O tetracampeão mundial Sebastian Vettel, da Ferrari, interrompeu o domínio até agora absoluto da Mercedes e vai largar na pole-position no GP de Singapura, a ser disputado domingo (20) no circuito de Marina Bay. Na primeira largará o australiano da Red Bull Daniel Ricciardo. Kimi Räikkönen, da Ferrari, cravou o terceiro melhor tempo seguido Daniil Kviat (Red Bull), que foi a sensação nos primeiros treinos livres ao marcar o melhor tempo. Esse russo promete colocar tempero na corrida. Já os pilotos da Mercedes fizeram um treino atípico pelo histórico da temporada, e forma a terceira fila com o atual líder na tabela de pontos, Lewis Hamilton, o quinto no grid, ao lado de Nico Rosberg. Os pilotos da Mercedes creditaram aos pneus o fraco desempenho nos treinos, o que não significa que farão uma corrida pífia, principalmente do inglês, que está com uma mão e meia na taça de campeão mundial deste ano.     A pole de Vettel fez mais estrago ao impedir que Hamilton Continue lendo [...]
  Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Itália, disputado domingo (6) em Monza e ampliou ainda mais a vantagem na tabela de pontos sobre seu companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg, que não pontuou em decorrência, pela primeira vez, de um motor pifado faltando duas voltas para o final. Sebastian Vettel, da Ferrari, terminou em segundo seguido do brasileiro Felipe Massa, da Williams, que conseguiu segurar no braço o finlandês Valtteri Bottas. Com o triunfo em Monza, o atual bicampeão mundial contabiliza 40 vitórias em sua carreira, e agora tem uma vantagem de 53 pontos na tabela de geral sobre Rosberg.   Hamilton não enfrentou problemas para dominar o final de semana. Equilibrado, agora com os cabelos descoloridos, o britânico fez uma largada perfeita e manteve o controle da etapa, enquanto seu companheiro de equipe e principal rival para a conquista do título de campeão da temporada, Nico Rosberg, caiu para a sexta posição e o ferrarista Kimi Räikkönen Continue lendo [...]
  O inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, continua em excelente forma e, de novo, sobrepujou seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, e sai na frente no GP da Bélgica, que será disputado domingo (23) no circuito de Spa-Francorchamps. O atual líder do campeonato com 21 pontos de vantagem para o segundo, cravou o tempo de 1:47.197, enquanto o alemão fechou sua melhor volta no Q3 em 1:47.655. O finlandês da Williams Valtteri Bottas ficou em terceiro com a marca de 1:48.537 bem à frente de Felipe Massa, que não conseguiu completar uma boa volta e larga em sétimo e Felipe Nasr, da Sauber sai apenas da 16ª posição.   "Esse era meu objetivo (a pole), então estou feliz. Minhas últimas duas voltas foram minhas melhores do fim de semana", comemorou Hamilton, enquanto Rosberg, opostamente, lamentava mais um nocaute imposto pelo inglês. "Estou decepcionado, sem dúvida. No fim, Lewis estava rápido demais, mas terei oportunidades na corrida no domingo, não só na largada", explicou Continue lendo [...]
Sebastian Vettel, da Ferrari, quebrou a hegemonia da Mercedes e venceu, domingo (26), o atabalhoado GP da Hungria, disputado no circuito de Hungaroring, seguido do surpreendente piloto russo Daniil Kvyat e do austrialiano Daniel Ricciardo, ambos da Red Bull. Nesta etapa, o cavalinho rampante de Maranello virou Pégaso, não tomou conhecimento do favoritismo da estrela solitária, que ainda foi atropelada por dois touros. Cheia de alternativas, a etapa foi marcada, também, por um comovente minuto de silêncio dos pilotos antes da largada pela morte do piloto francês Jules Bianchi, falecido em 17 deste mês aos 25 anos, em Nice, vítima de um gravíssimo acidente no GP do Japão, a primeira morte após o trágico GP de Ímola de 1995, que marco a morte do tricampeão mundial Ayrton Senna.   Max Verstappen, da Toro Rosso, terminou em quarto, seguido por Fernando Alonso, da McLaren, que, de novo, levou o carro pelo pescoço a quinta colocação, graças, também, ao elevado número Continue lendo [...]
O inglês Lewis Hamilton largará da posição de honra no GP da Inglaterra a ser disputado domingo (5) no lendário Circuito de Silverstone. Ao seu lado, o piloto da casa terá seu companheiro de equipe Mercedes, o alemão Nico Rosberg, que dominou os treinos livres de sexta-feira, mas foi batido ao longo das etapas de classificação no sábado. Essa foi a oitava pole de Hamilton na temporada, e com o resultado supera Sebastian Vettel no ranking de poles da história da Fórmula 1. Hamilton é agora o terceiro lugar no placar, com 46, contra 45 do tetracampeão mundial (45), mas ainda distante do recorde de Michael Schumacher (68) e de brasileiro Ayrton Senna (65). Surpresa do dia foi Felipe Massa ao estabelecer o terceiro melhor tempo, uma posição à frente de Valtteri Bottas, ambos da Williams.   A escalada de Hamilton para a pole começou ainda no começou tímida. O inglês cravou o quarto tempo no Q1 e subiu para terceiro no Q2. Nico Rosberg dava a entender que jogaria água Continue lendo [...]
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial