Monisha Kaltenborn, diretora da Sauber, confirmou quinta-feira (3) o interesse na contratação de Rubens Barrichello, afastado da F1 desde o fim de 2011, para a temporada 2014. A possibilidade do retorno do brasileiro foi comentada pela revista alemã Auto Motor und Sport na semana passada. Segundo a publicação, o veterano teria um bom pacote financeiro – fala-se em cerca de 10 milhões de euros (R$ 30 mi) – para oferecer à equipe, que até então tem apenas o jovem russo, de 18 anos, Sergey Sirotkin, como titular confirmado para o ano que vem, mas ele ainda precisa obter a superlicença para pilotar na F1.   A experiência de 19 temporadas seguidas de Barrichello é vista pela equipe como um trunfo na fase de transição para o regulamento técnico de 2014, quando a F1 voltará a permitir motores turbos na categoria. A dupla atual do time, formada por Nico Hülkenberg e Esteban Gutiérrez, deve se desfazer: o alemão é um dos candidatos a assinar com a Lotus, e o estreante Continue lendo [...]