Sergio Pérez - RICARDO RIBAS Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Sergio Pérez
  Lewis Hamilton (Mercedes) venceu de forma incontestável o GP da Inglaterra, disputado domingo (10) no Circuito de Silverstone, e está agora a apenas um ponto do líder na tabela Nico Rosberg, segundo na pista, mas, punido com 10s por receber informações dos engenheiros, presenteou o holandês Max Verstappen com a posição e caiu para terceiro. Daniel Ricciardo, da Red Bull, terminou em quarto, seguido de Kimi Räikkönen (Ferrari), Sergio Pérez, Nico Hülkenberg (Force India), Carlos Sainz Jr (Toro Rosso), Sebastian Vettel (Ferrari) e Daniil Kvyat (Toro Rosso) completaram o Top-10.     Diferente e injustamente vaiado na Áustria ao ser apontado pelo locutor oficial do Circuito de Spilberg como o causador do incidente com seu companheiro de Mercedes na última volta, o piloto britânico foi ovacionado pela torcida e respondeu de forma algo latina ao pular a mureta para comemorar sua vitória junto ao povo.     Destaque da etapa, o garoto Max Verstappen está se firmando Continue lendo [...]
  O alemão Nico Rosberg larga da pole position para o GP da Europa a ser disputado domingo (19) no desafiador circuito de Baku, no Azerbaijão, graças a um erro grotesco de seu companheiro de Mercedes, o inglês tricampeão mundial Lewis Hamilton. A primeira fila terá a presença de Sergio Pérez, da Force India. Da segunda fila largam Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Sebastian Vettel, da Ferrari, seguidos de Kimi Räikkönen e Felipe Massa. Daniil Kyviat, Valtteri Bottas, Max Versttapen e Hamilton completam o Top-10. Essa foi a 25ª posição de honra de Rosberg.     A corrida promete emoção. O circuito de Baku, uma mistura de Macau, Monza e Mônaco, é rápido, mas manhoso. Isso porque tem reta de quase dois quilômetros – onde os carros atingem velocidades acima dos 340 Km/h -, curva cega e exigirá atenção redobrada dos pilotos – um erro de pilotagem pode terminar em batida e fim de prova. A prova da GP2, categoria de acesso, disputada antes do treino de classificação, Continue lendo [...]
  Barbada! Essa palavra resume perfeitamente a atuação do inglês Lewis Hamilto, vencedor do GP da Rússia disputado domingo (11) no circuito de Sochi. Seu principal oponente, o alemão Nico Rosberg, abandonou a prova na sexta volta com problemas no acelerador, e permitiu a seu companheiro de equipe passear pelo circuito e superar Ayrton Senna em número de vitórias. Fora isso, a punição de 30s imposta a Räikkönen na batida que deu em Bottas, deu o título bicampeã mundial de Construtores à Mercedes.   Em segundo lugar chegou o alemão da Ferrari Sebastian Vettel, que com o resultado deixa para trás seu compatriota da Mercedes na tabela de pontos. O pódio foi completado pelo mexicano da Force India Sergio Pérez, que foi de certo modo privilegiado pela lambança provocada pelo finlandês da Ferrari Kimi Räikkönen, que encheu a lateral da Williams de Valtteri Bottas. (Veja o vídeo abaixo – Crédito: SONYboy)   Com o triunfo na terra dos czares, Hamilton soma agora Continue lendo [...]
Lewis Hamilton experimentou domingo (21) o triplo sabor da vitória ao ver seu companheiro de equipe Nico Rosberg abandonar a corrida com problema no volante de direção ainda na largada, vencer de ponta a ponta o GP de Cingapura e reassumir a liderança no Mundial. O inglês fez uma prova perfeita ao percorrer as 60 voltas – a corrida terminou no limite de tempo de duas horas – praticamente em ritmo de classificação da segunda parte até o final da prova. Quem deve estar coçando a cabeça é Rosberg, que tinha 22 pontos de vantagem na classificação, correu apenas 14 voltas, e agora faltando cinco etapas do fim, ver Hamilton com 241 pontos e ele com 238. Evidentemente que a diferença é mínima entre ambos, mas Hamilton está aparentemente mais motivado. Completou o pódio em Cingapura os dois pilotos Red Bull Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo, segundo e terceiro, respectivamente, seguidos por Fernando Alonso, da Ferrari, e o brasileiro Felipe Massa, da Williams, em quinto Continue lendo [...]
Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu o GP da Hungria, disparado o melhor da temporada, disputado domingo (27) no circuito de Hungaroring. Foi a segunda vitória do australiano – a primeira foi no Canadá – este ano. Em segundo chegou Fernando Alonso, da Ferrari, após uma disputa sensacional com Lewis Hamilton, da Mercedes, que saiu da última posição nos boxes, e fez uma corrida de recuperação extraordinária. Líder do campeonato, Nico Rosberg terminou em quarto, embutido na traseira de seu companheiro de equipe e principal rival na luta pelo título. Felipe Massa, desta vez, foi competitivo e completou o top-5 depois de uma disputa ferrenha com Kimi Räikkönen.   “Abusado”, como Ricciardo era chamado na infância, largou na quarta colocação e fez uma corrida sensacional, irreparável mesmo. O australiano e soube usar a estratégia correta da Red Bull para desbancar a Mercedes pela segunda vez ano. Preciso como um bisturi elétrico, o piloto da equipe rubro- taurina Continue lendo [...]
Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP da Alemanha disputado domingo em Hockenheim. Foi a quarta vitória do alemão nesta temporada. Valtteri Bottas, da Williams, confirmou sua superioridade sobre Felipe Massa, e terminou em segundo – foi seu terceiro pódio consecutivo –, seguido Lewis Hamilton, que largou do final do grid e fez uma corrida de recuperação espetacular. Massa, de novo, não teve culpa no incidente. Foi coisa de corrida, mas que o impediu de disputar a corrida. Logo na primeira curva, o brasileiro levou um toque de Kevin Magnussen, da McLaren, capotou e terminou a prova na área de escape, sem nenhum dano físico. Só moral.   Terceiro a cruzar a linha de chegada, Hamilton escalou o pelotão de 20º ao pódio e reforçou a posição da Mercedes, líder disparada no Mundial de Construtores. O inglês fez uma corrida de recuperação espetacular e foi deixando para trás os adversários sem muito esforço até encontrar seu compatriota, Jenson Button, dividir Continue lendo [...]
Em um treino atípico, com pista molhada, chuva que caía e parava sobre a pista de Silverstone, Nico Rosberg, da Mercedes, cravou a pole position para o GP da Inglaterra com o tempo de 1m35s766, e viu seu principal adversário, Lewis Hamilton, fora de combate. Sebastian Vettel, da Red Bull, chegou a liderar por alguns segundos no fim do treino, com o bom tempo de 1m37s386, mas foi superado pelo alemão da Mercedes, seguido de Jenson Button, da McLaren, que fechou com a marca de 1m38s200.   Button dividirá a segunda fila com Nico Hülkenberg, da Force India, que fez sua melhor passagem em 1m38s329, seguido por Kevin Magnussen, da McLaren, com a marca de 1m38s417. Visivelmente contrariado por não poder lutar pela pole, Lewis Hamilton, fez o tempo de 1m39s232 e larga em sexto. Da quarta fila largarão Sergio Pérez, da Force India, com 1m40s457, seguido por Daniel Ricciardo, da Red Bull, na casa de 1m40s606. Na nona e décima colocações, a dupla da Toro Rosso, Jean-Eric Vergne (1m40s707), Continue lendo [...]
A expectativa vitória dos fãs de Felipe Massa, pole position no GP da Áustria, de novo, frustrou. O vencedor foi Nico Rosberg seguido de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, companheiro do brasileiro na Williams. A corrida austríaca, válida pela oitava etapa da temporada, disputada domingo (22) no circuito de Spilberg, restabeleceu a ordem na F1: as Mercedes sobram, enquanto as demais são coadjuvantes. Massa fez sua melhor corrida este ano e poderia ter chegado em terceiro não fosse um atraso na primeira troca de pneus e comprometeu sua corrida, quando foi superado pela dupla da Mercedes. Como bônus, Bottas subiu pela primeira vez no pódio, o primeiro da Williams na atual temporada.   Rosberg, por sua vez, fez mais uma boa corrida e assumiu a ponta da prova nos boxes para conquistar seu sexto triunfo no ano e alargar ainda mais sua vantagem na tabela de pontos ante seu principal rival, Lewis Hamilton. O alemão fez uma primeira volta campeã ao pular da quarta para a segunda Continue lendo [...]