Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Sergio Pérez
  Lewis Hamilton (Mercedes) venceu de forma incontestável o GP da Inglaterra, disputado domingo (10) no Circuito de Silverstone, e está agora a apenas um ponto do líder na tabela Nico Rosberg, segundo na pista, mas, punido com 10s por receber informações dos engenheiros, presenteou o holandês Max Verstappen com a posição e caiu para terceiro. Daniel Ricciardo, da Red Bull, terminou em quarto, seguido de Kimi Räikkönen (Ferrari), Sergio Pérez, Nico Hülkenberg (Force India), Carlos Sainz Jr (Toro Rosso), Sebastian Vettel (Ferrari) e Daniil Kvyat (Toro Rosso) completaram o Top-10.     Diferente e injustamente vaiado na Áustria ao ser apontado pelo locutor oficial do Circuito de Spilberg como o causador do incidente com seu companheiro de Mercedes na última volta, o piloto britânico foi ovacionado pela torcida e respondeu de forma algo latina ao pular a mureta para comemorar sua vitória junto ao povo.     Destaque da etapa, o garoto Max Verstappen está se firmando Continue lendo [...]
  O alemão Nico Rosberg larga da pole position para o GP da Europa a ser disputado domingo (19) no desafiador circuito de Baku, no Azerbaijão, graças a um erro grotesco de seu companheiro de Mercedes, o inglês tricampeão mundial Lewis Hamilton. A primeira fila terá a presença de Sergio Pérez, da Force India. Da segunda fila largam Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Sebastian Vettel, da Ferrari, seguidos de Kimi Räikkönen e Felipe Massa. Daniil Kyviat, Valtteri Bottas, Max Versttapen e Hamilton completam o Top-10. Essa foi a 25ª posição de honra de Rosberg.     A corrida promete emoção. O circuito de Baku, uma mistura de Macau, Monza e Mônaco, é rápido, mas manhoso. Isso porque tem reta de quase dois quilômetros – onde os carros atingem velocidades acima dos 340 Km/h -, curva cega e exigirá atenção redobrada dos pilotos – um erro de pilotagem pode terminar em batida e fim de prova. A prova da GP2, categoria de acesso, disputada antes do treino de classificação, Continue lendo [...]
  Barbada! Essa palavra resume perfeitamente a atuação do inglês Lewis Hamilto, vencedor do GP da Rússia disputado domingo (11) no circuito de Sochi. Seu principal oponente, o alemão Nico Rosberg, abandonou a prova na sexta volta com problemas no acelerador, e permitiu a seu companheiro de equipe passear pelo circuito e superar Ayrton Senna em número de vitórias. Fora isso, a punição de 30s imposta a Räikkönen na batida que deu em Bottas, deu o título bicampeã mundial de Construtores à Mercedes.   Em segundo lugar chegou o alemão da Ferrari Sebastian Vettel, que com o resultado deixa para trás seu compatriota da Mercedes na tabela de pontos. O pódio foi completado pelo mexicano da Force India Sergio Pérez, que foi de certo modo privilegiado pela lambança provocada pelo finlandês da Ferrari Kimi Räikkönen, que encheu a lateral da Williams de Valtteri Bottas. (Veja o vídeo abaixo – Crédito: SONYboy)   Com o triunfo na terra dos czares, Hamilton soma agora Continue lendo [...]
Lewis Hamilton experimentou domingo (21) o triplo sabor da vitória ao ver seu companheiro de equipe Nico Rosberg abandonar a corrida com problema no volante de direção ainda na largada, vencer de ponta a ponta o GP de Cingapura e reassumir a liderança no Mundial. O inglês fez uma prova perfeita ao percorrer as 60 voltas – a corrida terminou no limite de tempo de duas horas – praticamente em ritmo de classificação da segunda parte até o final da prova. Quem deve estar coçando a cabeça é Rosberg, que tinha 22 pontos de vantagem na classificação, correu apenas 14 voltas, e agora faltando cinco etapas do fim, ver Hamilton com 241 pontos e ele com 238. Evidentemente que a diferença é mínima entre ambos, mas Hamilton está aparentemente mais motivado. Completou o pódio em Cingapura os dois pilotos Red Bull Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo, segundo e terceiro, respectivamente, seguidos por Fernando Alonso, da Ferrari, e o brasileiro Felipe Massa, da Williams, em quinto Continue lendo [...]
Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu o GP da Hungria, disparado o melhor da temporada, disputado domingo (27) no circuito de Hungaroring. Foi a segunda vitória do australiano – a primeira foi no Canadá – este ano. Em segundo chegou Fernando Alonso, da Ferrari, após uma disputa sensacional com Lewis Hamilton, da Mercedes, que saiu da última posição nos boxes, e fez uma corrida de recuperação extraordinária. Líder do campeonato, Nico Rosberg terminou em quarto, embutido na traseira de seu companheiro de equipe e principal rival na luta pelo título. Felipe Massa, desta vez, foi competitivo e completou o top-5 depois de uma disputa ferrenha com Kimi Räikkönen.   “Abusado”, como Ricciardo era chamado na infância, largou na quarta colocação e fez uma corrida sensacional, irreparável mesmo. O australiano e soube usar a estratégia correta da Red Bull para desbancar a Mercedes pela segunda vez ano. Preciso como um bisturi elétrico, o piloto da equipe rubro- taurina Continue lendo [...]
Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP da Alemanha disputado domingo em Hockenheim. Foi a quarta vitória do alemão nesta temporada. Valtteri Bottas, da Williams, confirmou sua superioridade sobre Felipe Massa, e terminou em segundo – foi seu terceiro pódio consecutivo –, seguido Lewis Hamilton, que largou do final do grid e fez uma corrida de recuperação espetacular. Massa, de novo, não teve culpa no incidente. Foi coisa de corrida, mas que o impediu de disputar a corrida. Logo na primeira curva, o brasileiro levou um toque de Kevin Magnussen, da McLaren, capotou e terminou a prova na área de escape, sem nenhum dano físico. Só moral.   Terceiro a cruzar a linha de chegada, Hamilton escalou o pelotão de 20º ao pódio e reforçou a posição da Mercedes, líder disparada no Mundial de Construtores. O inglês fez uma corrida de recuperação espetacular e foi deixando para trás os adversários sem muito esforço até encontrar seu compatriota, Jenson Button, dividir Continue lendo [...]
Em um treino atípico, com pista molhada, chuva que caía e parava sobre a pista de Silverstone, Nico Rosberg, da Mercedes, cravou a pole position para o GP da Inglaterra com o tempo de 1m35s766, e viu seu principal adversário, Lewis Hamilton, fora de combate. Sebastian Vettel, da Red Bull, chegou a liderar por alguns segundos no fim do treino, com o bom tempo de 1m37s386, mas foi superado pelo alemão da Mercedes, seguido de Jenson Button, da McLaren, que fechou com a marca de 1m38s200.   Button dividirá a segunda fila com Nico Hülkenberg, da Force India, que fez sua melhor passagem em 1m38s329, seguido por Kevin Magnussen, da McLaren, com a marca de 1m38s417. Visivelmente contrariado por não poder lutar pela pole, Lewis Hamilton, fez o tempo de 1m39s232 e larga em sexto. Da quarta fila largarão Sergio Pérez, da Force India, com 1m40s457, seguido por Daniel Ricciardo, da Red Bull, na casa de 1m40s606. Na nona e décima colocações, a dupla da Toro Rosso, Jean-Eric Vergne (1m40s707), Continue lendo [...]
A expectativa vitória dos fãs de Felipe Massa, pole position no GP da Áustria, de novo, frustrou. O vencedor foi Nico Rosberg seguido de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, companheiro do brasileiro na Williams. A corrida austríaca, válida pela oitava etapa da temporada, disputada domingo (22) no circuito de Spilberg, restabeleceu a ordem na F1: as Mercedes sobram, enquanto as demais são coadjuvantes. Massa fez sua melhor corrida este ano e poderia ter chegado em terceiro não fosse um atraso na primeira troca de pneus e comprometeu sua corrida, quando foi superado pela dupla da Mercedes. Como bônus, Bottas subiu pela primeira vez no pódio, o primeiro da Williams na atual temporada.   Rosberg, por sua vez, fez mais uma boa corrida e assumiu a ponta da prova nos boxes para conquistar seu sexto triunfo no ano e alargar ainda mais sua vantagem na tabela de pontos ante seu principal rival, Lewis Hamilton. O alemão fez uma primeira volta campeã ao pular da quarta para a segunda Continue lendo [...]
Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu de forma surpreendente o GP do Canadá, domingo (8), e, além da primeira vitória na carreira coube ao piloto da Red Bull interromper a sequência de vitórias da Mercedes, que registrou a primeira baixa com a parada inesperada de Lewis Hamilton. Na penúltima volta foi a vez do atual líder do campeonato, Nico Rosberg, perder potência e ceder a vitória ao australiano. Felipe Massa fez a corrida que seus torcedores esperava, mas, no último giro, durante uma disputa sensacional por uma posição no pódio no final com Sebastian Vettel e Sergio Pérez e acabou batendo no Force India do mexicano e ambos ficaram com seus carros cravados no muro da curva um.   Dá para dizer que o GP do Canadá teve tantas alternativas quanto o GP do Bahrein, mas com protagonistas diferentes, envolvendo, pela ordem, Rosberg, Ricciardo, Pérez e Massa na disputa pelas primeiras posições. A sorte não acompanhou o vice-líder do certame, Lewis Hamilton, que abandonou Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg conquistou de ponta a ponta o GP de Mônaco, domingo (25), recuperou a liderança na tabela de pontos no Mundial de F1 e tem agora 122 pontos contra 118 acumulados por seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, que terminou em segundo mesmo com um cisco no olho. Com o resultado, a Mercedes completa seis provas com cinco 1-2 e segue absoluta no campeonato de Marcas. Destaque para Daniel Ricciardo, que nas últimas voltou botou pressão em cima do inglês, mas, sem êxito, terminou a etapa monegasca em terceiro. Felipe Massa fez uma boa prova ao sair da 16ª para a sétima posição.   A esperada Guerra Fria, veladamente deflagrada entre os pilotos da flecha prateada, por causa de um erro de Rosberg no minuto final da classificação, no sábado, retirando qualquer oportunidade de Hamilton lutar pela pole não aconteceu. A largada, como era de se esperar, foi tumultuada, com Rosberg não tomou conhecimento e puxou o pelotão seguido de Hamilton. Só que Sergio Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou sábado (29) a pole position para o Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1, no Circuito de Sepang. A sessão marcada pela tempestade que desabou sobre o circuito malaio. Essa foi a segunda pole do britânico nesta temporada – a primeira foi na Austrália – ao registrar o tempo de 1min59s431 no Q3, ante 1min59s486 do atual tetracampeão Sebastian Vettel, da Red Bull. Nico Rosberg e Fernando Alonso foram a segunda fila.   Quem não foi nada bem foi a Williams. A equipe de Felipe Massa e Valtteri Bottas errou na estratégia de pneus ao mandar para a pista seus pilotos com pneus intermediários ideais para pista molhada e não para chuva intensa. Com isso, Felipe Massa foi apenas o 13º, enquanto o finlandês Valteri Bottas terminou o dia na 15ª posição, à frente de Romain Grosjean, da Lotus.   Como foi – Os treinos começaram com 50 minutos de atraso em decorrência da tempestade, que teimava em não cessar. Com pista liberada e Continue lendo [...]
Depois de 30 anos da vitória do pai Keke Rosberg, em 1985, seu filho Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP da Austrália, domingo (16), a primeira etapa da temporada 2014 da F1. O alemão da Mercedes começou a triunfar no circuito de Albert Park desde a largada ao partir da terceira posição no grid para a liderança, deixando para trás seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo, da Red Bull, que terminou em uma surpreendente segunda posição seguido do estreante dinamarquês Kevin Magnussen, da McLaren. Hamilton, pole-position e favorito à vitória, não teve muita sorte e abandonou nas voltas iniciais com problemas no motor.   Faltou sorte, também, para o brasileiro Felipe Massa, que, foi literalmente abalroado pelo japonês Kamui Kobayashi na freada a primeira curva, determinando, assim, fim de prova para ambos. Destaque para Valtteri Bottas, companheiro de Massa na Williams, que, sem piada, desceu a bota durante toda a prova, sinal que os Continue lendo [...]
Chuva, assovios do turbo, surpresas agradáveis e outras desagradáveis. Foi com esse cenário que Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou a primeira pole-position da temporada 2014 da F1. A boa surpresa foi o segundo colocado: Daniel Ricciardo, da Red Bull, que deixou evidente que será uma pedra na sapatilha de seu companheiro de equipe, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, que não conseguiu passar do Q2 e parte da 12ª posição no GP da Austrália, o primeiro da temporada, a ser disputado domingo (16), no circuito de Albert Park. A largada acontece às 3 horas (horário de Brasília)   A classificação foi emocionante. Nos minutos finais, o líder na tabela de tempos era nada menos que a prata da casa, Daniel Ricciardo, ao deixar para trás o alemão da Mercedes Nico Rosberg. A torcida entrou em êxtase, mas durou pouco tempo. A comemoração terminou quando Hamilton cravou o tempo de 1min44s231 na sua última tentativa e foi 0s3 mais rápido que o piloto australiano. Rosberg Continue lendo [...]
Felipe Massa foi o mais rápido sábado (1) nos testes da pré-temporada, realizado no circuito de Sakhir, no Bahrein, ao cravar o tempo de 1min33s258, 0s226 de vantagem sobre o segundo colocado, Nico Rosberg, e mais de 2s sobre Kimi Räikkönen, terceiro. O jovem dinamarquês da McLaren Kevin Magnussen foi o quarto, seguido de outro estreante, o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, e Nico Hülkenberg, da Force India.   A atual tetracampeã mundial de Construtores, a Red Bull, continua pelejando para resolver os problemas de saúde do enfermo RB10. O quadro é tão complicado que Sebastian Vettel não conseguiu fechar nenhuma volta cronometrada, e terminou a prática como o último entre os 11 pilotos que foram à pista barenita. Dizer que só um milagre vai tirar a RBR do limbo, por enquanto, é atirar no escuro. A equipe austríaca tem um enorme corpo de engenheiros capitaneados por Adrian Newey e pode reverter a péssima condição, talvez não nas primeiras provas, e sim no decorrer Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, da Mercedes, foi o piloto do dia no terceiro dias de testes coletivos da pré-temporada 2014, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein. O inglês manteve o tempo de 1min34s263, conquistado ainda pela manhã, e não foi ameaçado pelos demais concorrentes. Com a melhor marca do dia – e da semana –, o campeão mundial de 2008 somou grande quilometragem ao dar várias voltas (67 no total), como se estivesse simulando um GP e ainda foi mais rápido que outro britânico, Jenson Button, da McLaren-Mercedes.   Dando a entender que se depender dos testes até agora realizados está no páreo, o veterano campeão mundial de 2010 Button conseguiu andar no mesmo tempo do novato sensação, Kevin Magnussen, que dia 20 foi o mais rápido, e terminou a sessão de sexta em segundo, rodando na janela de 1min34s. Felipe Massa, apesar de terminar o dia 2,8s mais lento que Hamilton, disse estar confiante na consistência da Williams-Mercedes. No entanto, Massa foi 1s6 mais veloz Continue lendo [...]
O time da estrela solitária está com tudo e não está prosa. No sexto dia da pré-temporada 2014 da F1, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein, Lewis Hamilton, da Mercedes, desceu a bota, cravou a marca de 1min34s263 e enfiou quase 3s de vantagem sobre o segundo colocado, o mexicano da Sauber-Ferrari Esteban Guitiérrez. A confiabilidade proporcionada pelo motor Mercedes tem dado o que falar, e é por isso que os times que são empurrados por ele estão se dedicando mais em ajustes de aerodinâmica e sintonia fina na pista.   Hamilton percorreu 25 voltas sem grandes problemas aparentes. Prova disso é que seu melhor giro ainda foi quase 3s mais rápido do que o tempo de Esteban Gutiérrez, que fechou a manhã com a segunda colocação, depois de 45 voltas e ficou à frente de Jenson Button, que assumiu os trabalhos com a McLaren, terminou a primeira dos trabalhos em terceiro. Pastor Maldonado, que testou pela primeira vez o E22 da Lotus fechou a sessão em quarto, porém, com Continue lendo [...]
Ron Dennis está de volta ao cargo de presidente da McLaren após cinco anos à frente do time que comandou por 27 anos. Seu afastamento se deu pouco tempo depois de um escândalo de espionagem deflagrado em 2007, envolvendo a Ferrari. A partir de agora, Dennis vai acumular a função como presidente-executivo e de chefe da divisão de carros esportivos da McLaren. Sob o comando britânico a equipe conquistou sete títulos no Mundial de Construtores, sendo o último de pilotos, em 2008, com Lewis Hamilton. A equipe, no entanto, não conquista um Mundial de Construtores desde 1998. No ano passado, a escuderia inglesa penou. Terminou em quinto lugar e viu seus pilotos, o inglês Jenson Button e o mexicano Sergio Pérez, terminarem em 9º e 11º lugares, respectivamente.   No mês passado surgiram especulações de que Dennis, que tem 25% de participação na McLaren, queria retomar o controle da equipe e substituir Whitmarsh como chefe da escuderia. Mas ele não estava sozinho no pleito. Continue lendo [...]
  O tetracampeão da F1 por antecipação Sebastian Vettel venceu de ponta a ponta o GP dos Estados Unidos domingo (17) e bateu mais um recorde, o de oito vitórias seguidas no campeonato, uma sequência estabelecida por seu compatriota Michael Schumacher em 2004. Vettel não encontrou em nenhum instante adversário com sua envergadura, disparou na ponta e lá esteve até a bandeirada final no Circuito das Américas. A corrida foi chata. Só não foi sonolenta pela disputa foi protagonizada por Romain Grosjean, da Lotus, e Mark Webber, da Red Bull, nas voltas finais. O pega foi vencido pelo francês. Webber fechou o top-3.   Quem não foi nada bem e tem motivos de sobra para esquecer o final de semana foi Felipe Massa. Sua Ferrari, mas uma vez, teve um desempenho medíocre na corrida e só ratificou o que proporcionou ao brasileiro durante os treinos. Sem carro, Massa fez o que pode para terminar na 13ª colocação. Fernando Alonso, mesmo reclamando de dores nas costas, acabou em Continue lendo [...]
  Sebastian Vettel é “o cara” na atual temporada da F1. Sem tomar conhecimento dos concorrentes, o alemão da Red Bull cravou a pole-position, sábado (5) do GP da Coreia com o tempo de 1min37s202 e garantiu a terceira posição de honra consecutiva, a sexta no certame. O desafio do tricampeão é, agora, vencer quebrar a maldição que aponta que quem larga na pole não vence no circuito sul-coreano de Yeongam. Braço e máquina ele tem.   Se Vettel está com uma mão e meia no tetra é porque tem a Red Bull, um time bem afinado. Não fosse a punição sofrida por Mark Webber ao pegar carona do carro de Fernando Alonso em Cingapura, a equipe teria feito uma dobradinha em Yeongam. Teria, porque cravou o terceiro melhor tempo no Q3. O australiano perdeu dez posições com isso e largará no meio do pelotão, na 13ª posição. Lewis Hamilton, da Mercedes, que larga na primeira fila ao lado de Vettel.   Com a punição de Webber, Romain Grosjean, da Lotus, fez o quarto melhor Continue lendo [...]
A temporada de boatos está sensacional na metade final do campeonato da F1. Desta vez, se cogita o retorno de Rubens Barrichello para disputar a edição 2013 do GP do Brasil pela Sauber. Impossível? Nem tanto. Principalmente por que o rumor não correu pela “rádio paddock” e sim por uma publicação de peso, o jornal O Estado de São Paulo, que estampou a notícia sábado (28). Segundo o jornal, Barrichello não descartou a possibilidade de retornar à F1 no ano que vem e sua participação no GP do Brasil deste ano teria o apoio de Bernie Ecclestone, diretor da FOM (Formula One Management).   Esse não é o primeiro boato que dá conta do retorno de Barrichello à F1 e pela Sauber, que deve perder o alemão Nico Hülkenberg, talvez para a Lotus. A revista germânica Auto Motor und Sport, indica que Barrichello mantém boas conversas com a cúpula da Sauber e ainda pensa em correr na F1, levando cerca de € 10 milhões (aproximadamente R$ 30,5 milhões) de seu patrocinador Continue lendo [...]