Parece que a FOM (Formula One Management) e a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) se tocaram que a Fórmula 1 como está não dá para continuar. O Conselho Mundial da FIA se reuniu quinta-feira (26), em Munique, e aprovaram mudanças nos regulamentos técnico e esportivo da F1 para 2015, a começar pelo fim dos pavorosos bicos de gonzo, a redução do número de testes e do número de motores que poderão ser utilizados no próximo campeonato. Tem mais. As relargadas paradas após as intervenções do carro de segurança, que, a meu ver, parece bem questionável.   Na nota divulgada após a reunião, a FIA afirma que as alterações nas regras que especificam as dimensões do bico dos carros visam melhorar a segurança e o aspecto estético das peças. Como assim, as peças não foram aprovadas nos testes de impacto? Quanto a melhora na estética, tudo bem, já que se os bicos se assimilam ao gonzo também suscitam outras interpretações ligadas ao órgão sexual feminino. Continue lendo [...]