Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Red Bull
  Mais uma corrida decidida nas paradas para troca de pneus. Foi assim que Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu o Grande Prêmio de Mônaco, disputado domingo (28). É bem verdade que a equipe privilegiou a estratégia de parada para troca de pneus e nem precisou mandar mensagem para Kimi Räikkönen, que terminou a etapa em segundo, para abrir passagem para o líder do certame. O top 3 teve Daniel Ricciardo, da Red Bull. A Ferrari comemorou a dobradinha, que não acontecia desde 2010, quando Felipe Massa, então companheiro de Fenando Alonso, recebeu a ridícula mensagem do time Fernando is so faster than you (Fernando é mais rápido que você, em português, e teve de ceder a posição.   A corrida que começou pouca emoção até a abertura da janela para troca de pneus, mas ganhou contorno de competição a partir do grave incidente na 60ª volta, envolvendo a McLaren Jenson Button e a Sauber do alemão Pascal Wehrlein, que foi catapultada contra o muro de proteção, onde Continue lendo [...]
  Nico Rosberg venceu o GP de Cingapura, domingo (18) e reassumiu a liderança do Mundial de Pilotos, agora com oito pontos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton, que terminou a etapa em terceiro, e Daniel Ricciardo, da Red Bull, em segundo. O alemão da Mercedes fez uma apresentação de gala. Foi à forra. Mas ainda tem muita quilometragem pela frente até a conquista do título de campeão mundial, e, para isso, terá de contar com três fatores para atingir seu objetivo: equilíbrio emocional, precisão de pilotagem e sorte, porque Hamilton não entregou os pontos e está em boa fase.     Na corrida de Marina Bay deu tudo certo para Rosberg. Ele não teve adversários à altura para superá-lo na pista. Hamilton, por sua vez, fez o que pode com um carro igual ao do alemão, mas pelejou com o equipamento que não tinha o mesmo desempenho. A vitória deu a Rosberg, que venceu os quatro primeiros grandes prêmios - Austrália, Bahrain, China e Continue lendo [...]
  Lewis Hamilton venceu de ponta a ponta, com propriedade, o GP da Alemanha, disputado domingo (31) em Hockenhein, casa do seu principal e único rival, o atabalhoado Nico Rosberg, e vai desfrutar as férias de verão europeu mais líder do que nunca. Com a vitória no circuito tedesco, a 49ª na carreira e a sexta no ano, o inglês soma 217 pontos contra 198 do alemão. Subiram no pódio alemão os dois pilotos da Red Bull, Daniel Ricciardo e Max Verstappen, respectivamente, com Rosberg em quarto.     A esperada disputada entre os pilotos da Mercedes não aconteceu. Rosberg era o pole-position, mas largou mal e viu não só Hamilton contornar a primeira curva em primeiro, assim como Verstappen e Ricciardo, os dois pilotos da Red Bull, em segundo e terceiro. Aí começou o calvário do alemão, para quem restava fazer uma corrida de recuperação, através da estratégia de paradas para troca de pneus. Só que nem isso deu certo. Não era, definitivamente, o dia de Rosberg, que Continue lendo [...]
  Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Hungria, domingo (24), e é o novo líder do Campeonato Mundial de Fórmula 1 com 192 pontos contra 186 de Nico Rosberg, que terminou em segundo em Hungaroring, seguido de Daniel Ricciardo, da Red Bull. Sebastian Vettel, da Ferrari, Max Verstappen – que de novo foi o destaque da corrida –, Kimi Räikkönen, Fernando Alonso (McLaren), Carlos Sainz, da Toro Rosso, Valtteri Bottas, da Williams, e Nico Hülkenber, da Force India, completaram o Top-10. A etapa foi péssima para os brasileiros. Felipe Nasr, da Sauber, terminou em 17º e Massa em 18º.     A monótona etapa, vencida de ponta a ponta por Hamilton teve alguns instantes de emoção. Na largada, Verstappen, o mais jovem vencedor da categoria, se lançou na primeira curva contra Ricciardo, Rosberg e Hamilton, mas sem sucesso, pois o inglês ultrapassou Rosberg  e controlou o ritmo para vencer pela quinta vez no circuito de Hungaroring, tornando-se o maior vencedor do circuito, Continue lendo [...]
  Lewis Hamilton (Mercedes) venceu de forma incontestável o GP da Inglaterra, disputado domingo (10) no Circuito de Silverstone, e está agora a apenas um ponto do líder na tabela Nico Rosberg, segundo na pista, mas, punido com 10s por receber informações dos engenheiros, presenteou o holandês Max Verstappen com a posição e caiu para terceiro. Daniel Ricciardo, da Red Bull, terminou em quarto, seguido de Kimi Räikkönen (Ferrari), Sergio Pérez, Nico Hülkenberg (Force India), Carlos Sainz Jr (Toro Rosso), Sebastian Vettel (Ferrari) e Daniil Kvyat (Toro Rosso) completaram o Top-10.     Diferente e injustamente vaiado na Áustria ao ser apontado pelo locutor oficial do Circuito de Spilberg como o causador do incidente com seu companheiro de Mercedes na última volta, o piloto britânico foi ovacionado pela torcida e respondeu de forma algo latina ao pular a mureta para comemorar sua vitória junto ao povo.     Destaque da etapa, o garoto Max Verstappen está se firmando Continue lendo [...]
  Max Verstappen venceu de forma convincente o GP da Espanha, disputado domingo (15), no circuito de Jerez de La Frontera, sua primeira corrida a bordo do Red Bull. “É uma sensação incrível e eu nem posso acreditar. Foi uma grande corrida. Eu tenho que dizer obrigado à equipe. Eu sou muito jovem e meu pai (Jos) me ajudou muito. Isso é incrível”. Essa foi a frase de Max Verstappen, o mais jovem vencedor da história da Fórmula 1 com 18 anos, sete meses e quinze dias). Antes, o detentor deste triunfo era o hoje tetracampeão mundial Sebastian Vettel (22 anos e 210 de vida), terceiro colocado. Kimi Räikkönen terminou em segundo.     Titular da Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo, que liderou boa parte da prova, terminou em quarto – poderia ter subido ao pódio, mas teve um pneu furado na penúltima volta. Valtteri Bottas, da Williams, recebeu a quadriculada em quinto, seguido por Carlos Sainz (Toro Rosso), Sergio Pérez (Force India), Felipe Massa. Jenson Button Continue lendo [...]
  Quem tem mais de 50 anos e é apaixonado por automobilismo entenderá o tom de nostalgia misturado com esperança deste artigo e, principalmente, aquele que, como diz o ditado popular, o sangue não corre nas veias, tira racha. Quem sonhou em se aventurar no trépido e caríssimo mundo do esporte a motor, mas tinha como contencioso, um baixíssimo ou quase nulo orçamento teve na década de 1990 a oportunidade de cumprir o ritual de vestir um macacão, afivelar um capacete e acelerar entre pneus. Era o kart indoor que nasceu e prosperou durante anos até quase desaparecer.   Da numerosa família, formada por aproximadamente 130 indivíduos, as pistas, e um sem-número de agregados, os funcionários – a capital paulista chegou a ter mais pistas indoor do que a soma de todas pelo mundo afora – caiu em declínio vertical. Hoje restam tão poucas pistas indoor que dá para contar nos dedos de uma mão. Mas erra quem imaginou que quem tinha como destino o bairro do Jaguaré, zona Continue lendo [...]
  O tetracampeão mundial Sebastian Vettel, da Ferrari, interrompeu o domínio até agora absoluto da Mercedes e vai largar na pole-position no GP de Singapura, a ser disputado domingo (20) no circuito de Marina Bay. Na primeira largará o australiano da Red Bull Daniel Ricciardo. Kimi Räikkönen, da Ferrari, cravou o terceiro melhor tempo seguido Daniil Kviat (Red Bull), que foi a sensação nos primeiros treinos livres ao marcar o melhor tempo. Esse russo promete colocar tempero na corrida. Já os pilotos da Mercedes fizeram um treino atípico pelo histórico da temporada, e forma a terceira fila com o atual líder na tabela de pontos, Lewis Hamilton, o quinto no grid, ao lado de Nico Rosberg. Os pilotos da Mercedes creditaram aos pneus o fraco desempenho nos treinos, o que não significa que farão uma corrida pífia, principalmente do inglês, que está com uma mão e meia na taça de campeão mundial deste ano.     A pole de Vettel fez mais estrago ao impedir que Hamilton Continue lendo [...]
Sebastian Vettel, da Ferrari, quebrou a hegemonia da Mercedes e venceu, domingo (26), o atabalhoado GP da Hungria, disputado no circuito de Hungaroring, seguido do surpreendente piloto russo Daniil Kvyat e do austrialiano Daniel Ricciardo, ambos da Red Bull. Nesta etapa, o cavalinho rampante de Maranello virou Pégaso, não tomou conhecimento do favoritismo da estrela solitária, que ainda foi atropelada por dois touros. Cheia de alternativas, a etapa foi marcada, também, por um comovente minuto de silêncio dos pilotos antes da largada pela morte do piloto francês Jules Bianchi, falecido em 17 deste mês aos 25 anos, em Nice, vítima de um gravíssimo acidente no GP do Japão, a primeira morte após o trágico GP de Ímola de 1995, que marco a morte do tricampeão mundial Ayrton Senna.   Max Verstappen, da Toro Rosso, terminou em quarto, seguido por Fernando Alonso, da McLaren, que, de novo, levou o carro pelo pescoço a quinta colocação, graças, também, ao elevado número Continue lendo [...]
Lewis Hamilton experimentou domingo (21) o triplo sabor da vitória ao ver seu companheiro de equipe Nico Rosberg abandonar a corrida com problema no volante de direção ainda na largada, vencer de ponta a ponta o GP de Cingapura e reassumir a liderança no Mundial. O inglês fez uma prova perfeita ao percorrer as 60 voltas – a corrida terminou no limite de tempo de duas horas – praticamente em ritmo de classificação da segunda parte até o final da prova. Quem deve estar coçando a cabeça é Rosberg, que tinha 22 pontos de vantagem na classificação, correu apenas 14 voltas, e agora faltando cinco etapas do fim, ver Hamilton com 241 pontos e ele com 238. Evidentemente que a diferença é mínima entre ambos, mas Hamilton está aparentemente mais motivado. Completou o pódio em Cingapura os dois pilotos Red Bull Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo, segundo e terceiro, respectivamente, seguidos por Fernando Alonso, da Ferrari, e o brasileiro Felipe Massa, da Williams, em quinto Continue lendo [...]
A disputa interna entre os pilotos da Mercedes continua, e com um erro de Lewis Hamilton em sua última tentativa, Nico Rosberg conquistou sábado (7) a pole position para o Grande Prêmio do Canadá, em Montreal. Esta foi a terceira pole de Rosberg, a segunda seguida, em sete provas. Voadores, os pilotos da Mercedes foram os únicos a andar abaixo de 1min15s, com 1min14s874 para Rosberg e 1min14s953 para Hamilton, respectivamente.   Pegando o carro pelo pescoço, o tetracampeão Sebastian Vettel, da Red Bull, foi o terceiro seguido do finlandês Valtteri Bottas e Felipe Massa, da Williams. O Top 10 foi formado por Daniel Ricciardo, da Red Bull, Fernando Alonso, da Ferrari, Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, Jenson Button, da McLaren e Kimi Räikkönen, da Ferrari.   Como foi – As equipes que usam motores Mercedes deram as cartas desde o Q1 ao colocar nada menos que sete carros nas primeiras posições. Poderia ser oito se o mexicano Sergio Perez (Force India) não perdesse o ponto Continue lendo [...]
Lewis Hamilton conquistou sua terceira vitória consecutiva nesta temporada com um desempenho para ninguém botar defeito na China, domingo (20), no circuito de Xangai. Fora a lambança do fiscal xing ling, que deu a bandeira quadriculada ao inglês na volta 54 das 56, para a Mercedes foi uma vitória maiúscula ao fazer 1-2 com Nico Rosberg, o segundo colocado e líder na tabela de pontos, e embolar o meio de campo. O alemão fez uma corrida com a faca entre os dentes após uma largada conturbada. Os dois pilotos da Red Bull não subiram ao pódio e ficaram atrás Fernando Alonso, da Ferrari, que subiu no pódio pela primeira vez na temporada em terceiro na estreia do novo chefe de equipe Marco Mattiacci, que substituiu o demissionário Stefano Domenicali. O top-5 foi composto por Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel, ambos da equipe rubro-taurina. Entre os Construtores, a equipe da estrela solitária com confortáveis 154 pontos.   Lá pelos lados da Williams, o fim de semana não Continue lendo [...]
Lewis Hamilton venceu de ponta a ponta o GP da Malásia, disputado no circuito de Sepang, domingo (30). O resultado, no entanto, era conhecido da maioria. Um dos pilotos da Mercedes venceria, restava saber qual. O pódio de Kuala Lumpur não foi uma surpresa, e teve Hamilton, Rosberg e Vettel, que contrariou opiniões, inclusive a minha, de que a Red Bull era carta fora do baralho. Não foi. O tetracampeão mantém acesa a chama de buscar o penta.   Posso dizer sem risco de errar: foi uma corrida chata. Sem emoção. Porém, a etapa malaia teve algo de agradável, sim, principalmente para os fãs de Felipe Massa por ele desobedecer a uma ordem de boxes velada, que, pelo rádio, apontava seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, como mais rápido naquele momento da corrida. O brasileiro fingiu que não ouviu e se o fez de propósito foi para marcar território dentro do time. Ótimo.   Não resta dúvida que a desobediência vai render pano para manga dentro da Williams. Vai. Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou sábado (29) a pole position para o Grande Prêmio da Malásia de Fórmula 1, no Circuito de Sepang. A sessão marcada pela tempestade que desabou sobre o circuito malaio. Essa foi a segunda pole do britânico nesta temporada – a primeira foi na Austrália – ao registrar o tempo de 1min59s431 no Q3, ante 1min59s486 do atual tetracampeão Sebastian Vettel, da Red Bull. Nico Rosberg e Fernando Alonso foram a segunda fila.   Quem não foi nada bem foi a Williams. A equipe de Felipe Massa e Valtteri Bottas errou na estratégia de pneus ao mandar para a pista seus pilotos com pneus intermediários ideais para pista molhada e não para chuva intensa. Com isso, Felipe Massa foi apenas o 13º, enquanto o finlandês Valteri Bottas terminou o dia na 15ª posição, à frente de Romain Grosjean, da Lotus.   Como foi – Os treinos começaram com 50 minutos de atraso em decorrência da tempestade, que teimava em não cessar. Com pista liberada e Continue lendo [...]
Nico Rosberg, da Mercedes, confirmou a boa forma e sobrou no segundo treino de sexta-feira em Sepang, na Malásia, ao travar o cronômetro com o tempo de 1:39s909 seguido de Kimi Räikkönen, da Ferrari (1:39s944). Pela manhã, seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, fez o melhor tempo, mas não conseguiu repetir o bom ritmo durante a sessão da tarde e ficou em quarto, atrás de Sebastian Vettel, o terceiro, e na frente de Fernando Alonso. Felipe Massa, da Williams, andou forte no início da sessão e chegou a liderar por algum tempo, mas fechou o dia apenas na sexta posição.   Atrás de Felipe apareceram Daniel Ricciardo, desclassificado na Austrália por irregularidade no fluxômetro, e Jenson Button. As boas posições da tetracampeã de Construtores Red Bull parece ter encontrado, aparentemente, o caminho das pedras já que foi um verdadeiro fiasco nos treinos da pré-temporada. Já o britânico da McLaren não manteve o ritmo obtido pela manhã e encerrou o dia atrás Continue lendo [...]
A súbita e surpreendente evolução do RB10 de Daniel Ricciardo, da Red Bull, que durante dos testes da pré-temporada era um saco de problemas, ao conquistar a segunda colocação no GP da Austrália, e depois desclassificada, teve, para muitos, um sotaque de desonestidade. O fluxômetro, aprovado pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) apresentou problemas de variação, que, pelo regulamento, deve controlar a injeção de combustível no limite de 100 kg/h. Sinceramente, eu discordo. Se os sensores do fluxômetro apresentaram disparidades, fora substituído, e mais tarde recolocado nos carros da equipe rubro-taurina, erraram todos, e manchou ainda mais a imagem desgastada da F1.   Os comissários avisaram a equipe sobre o problema e exigiram que ela controlasse o dispositivo. Mas como, se o mesmo apresentava variação de comportamento? No meu entender, se os fluxômetros dos carros de Ricciardo e do tetracampeão Sebastian Vettel estavam bichados, o correto seria Continue lendo [...]
Depois de 30 anos da vitória do pai Keke Rosberg, em 1985, seu filho Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP da Austrália, domingo (16), a primeira etapa da temporada 2014 da F1. O alemão da Mercedes começou a triunfar no circuito de Albert Park desde a largada ao partir da terceira posição no grid para a liderança, deixando para trás seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo, da Red Bull, que terminou em uma surpreendente segunda posição seguido do estreante dinamarquês Kevin Magnussen, da McLaren. Hamilton, pole-position e favorito à vitória, não teve muita sorte e abandonou nas voltas iniciais com problemas no motor.   Faltou sorte, também, para o brasileiro Felipe Massa, que, foi literalmente abalroado pelo japonês Kamui Kobayashi na freada a primeira curva, determinando, assim, fim de prova para ambos. Destaque para Valtteri Bottas, companheiro de Massa na Williams, que, sem piada, desceu a bota durante toda a prova, sinal que os Continue lendo [...]
Milhares de telespectadores apaixonados pela Fórmula 1 ficarão acordados e com os olhos grudados na televisão na madrugada do próximo domingo (16), quando o Mundial de 2014 dará a primeira largada no belo, rápido e desafiador circuito de Albert Park, em Melbourne, na Austrália, às 3 horas, mas com céu encoberto de nuvens de dúvidas. Isto porque o regulamento técnico para este ano fez com que tudo começasse do zero, a começar pela troca dos motores 2,4 litros V8 por um de 1,6 litro V6 turbo, que exige mais ventilação (leia-se: projeto aerodinâmico voltado mais para o propulsor do que aos pneus), novas caixas de marchas, suspensões, entre outros. Os testes da pré-temporada, ocorridos nos circuitos de Jerez de La Frontera, Espanha, e Sakhir, no Bahrein, mais do que inconclusivos, demonstraram que a maioria das equipes está longe da boa forma, o que significa que será aberta a temporada de caça aos erros.   Se a ideia dos dirigentes é de contribuir com a indústria Continue lendo [...]
Tem coisas que a gente precisa de algum ou muito tempo para digerir antes de engolir. As mudanças para a próxima temporada do Mundial de F1 aprovadas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), segunda-feira (9), é bem isso. A entidade maior do automobilismo mundial aprovou e anunciou que o piloto vencedor da última corrida da temporada receberá o dobro de ponto. Ou seja, em vez de 25 ele levará 50 pontos. Fica a pergunta: para que isso se equipes e pilotos correm todas as provas em, teoricamente, pé de igualdade? Se essa for mais uma medida paliativa para melhorar a audiência será uma besteira sem nome. A F1 há tempos deixou de ser esporte. Ela é, sim, um negócio megamilionário cujos participantes (leia-se: equipes, FIA, FOM, pilotos e patrocinadores) estão mais interessados em aparecer do que fomentar o esporte a motor propriamente dito.   Dessa forma, o GP de Abu Dhabi de 2014, que acontece em 23 de novembro e encerrará a temporada, valerá o dobro das Continue lendo [...]
  Mark Webber cravou a pole-position para o GP de Abu Dhabi, que será disputado domingo (3) no circuito de Yas Marina. O australiano, que está a três provas de se despedir definitivamente da F1 irá dividir a primeira fila com seu companheiro de equipe, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel. Webber não correu para cravar a melhor volta, ele voou baixo no Q3 para parar o cronômetro com o tempo de 1min39s957, ante 1min40s075 de Vettel. A seguir veio a dupla da Mercedes, formada Nico Rosberg e Lewis Hamilton, respectivamente, que largará na segunda fila, mas com uma desvantagem de 0s5 para a equipe dos energéticos, que, como seu piloto, comemora o tetracampeonato no Mundial de Construtores. Kimi Räikkönen e Nico Hülkenberg vão dividir a terceira fila do grid, seguidos de Romain Grosjean e do brasileiro Felipe Massa. Sergio Pérez e Daniel Ricciardo completam os dez primeiros colocados em Abu Dhabi. Está estranhando a ausência de Fernando Alonso? Já te conto o que aconteceu.     A Continue lendo [...]