Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Pedro Piquet
  Neste final de semana (12 a 14/2) 20 pilotos de 14 países diferentes vão participar da quinta e última rodada tripla do Toyota Racing Series, no circuito Manfeild, perto de Feilding, em Manawatu, Nova Zelândia. Três brasileiros, que estão aproveitando as 15 corridas neste torneio de verão para ampliar sua experiência em um curto prazo - cinco semanas -, para depois seguirem para as suas respectivas temporadas na Europa.   O mais experiente é o bicampeão brasileiro de Fórmula 3 Pedro Piquet, que ainda tem chances matemáticas de ser campeão do torneio, mas necessita ganhar pelo menos duas das três corridas e torcer para Lando Norris, que é o líder, não subir no pódio em nenhuma das três provas. Mas se o inglês de 16 anos vencer uma das etapas já comemorará o título.   Os primos Baptistas têm experiências diversas. Bruno foi campeão sul-americano de Fórmula 4 em 2014, e no ano passado participou de várias provas de Fórmula Renault, nos três principais Continue lendo [...]
  Torneio de verão disputado em 15 provas na Nova Zelândia, o Toyota Racing Series aproxima-se do final cada vez mais competitivo e equilibrado. Neste final de semana será disputada a quarta e penúltima rodada tripla, no Bruce McLaren Motorsport Park, em Taupo. A liderança é do inglês Lando Norris, com 518 pontos, seguido de Pedro Piquet, com 466 pontos. Entre os outros brasileiros, Bruno Baptista aparece em 14º, com 227, e Rodrigo Baptista (HTPro Nutrition) em 16º, com 188 pontos.   "Está sendo um excelente aprendizado para mim, que talvez seja um dos pilotos com menos experiência do grid. Quero continuar somando quilometragem com um carro diferente, visitando pistas desconhecidas e bem diferentes uma da outra, e batalhando com pilotos de alto nível. Sairei daqui muito melhor preparado para os desafios que terei este ano na minha estreia na Europa", acredita Rodrigo Baptista, que iniciou carreira no automobilismo no ano passado, vencendo corridas na Fórmula 3 Brasil Continue lendo [...]
  Filho de peixe peixinho é. Pedro Piquet venceu domingo (31) o GP da Nova Zelândia, disputado desde 1921 e que já teve cinco campeões mundiais de F1 com nome inscrito no troféu de prata maciço. O único brasileiro que tinha vencido antes prova de Fórmula Toyota anteriormente foi Roberto Pupo Moreno, em 1980. Com a vitória na terceira prova no Hampton Downs Motorsports Park, em North Waikato, o mais novo do clã Piquet assumiu a vice-liderança do Toyota Racing Series, com 466 pontos e se aproximou muito do inglês Lando Norris, que soma 518 pontos. Entre os outros brasileiros, Rodrigo Baptista (HTPro Nutrition) terminou em 14º, uma posição à frente de Bruno Baptista.     "Nesta corrida até que o carro estava bom e eu tive um ritmo bom até ter interrupção com bandeira vermelha por causa de acidentes, quando faltavam apenas duas voltas", contou Rodrigo Baptista, que chegou a ocupar a nona posição. "Só que na relargada bateram logo na minha frente, não consegui Continue lendo [...]
  O Toyota Racing Series prossegue neste final de semana (23 e 24/1) com a realização de sua segunda rodada tripla, desta vez em Invercargill, a cidade mais ao sudoeste da Nova Zelândia. Os brasileiros Pedro Piquet, sétimo, Bruno Baptista, 13º, e Rodrigo Baptista, 17º colocado pretendem reagir para subir na tabela de classificação do campeonato composto de 15 etapas, que prossegue até meados de fevereiro.   "Estou entusiasmado para fazer estas três corridas, pois sei que terei possibilidade de me recuperar dos percalços que tivemos na rodada tripla inicial. Se tudo correr bem desta vez e as provas forem com piso seco, quero fazer boas corridas e ficar entre os oito primeiros colocados, mesmo sabendo dos desafios desta pista", pretende Rodrigo Baptista.   O circuito de Teretonga é a pista de corrida mais austral do mundo, com asfalto sempre frio por causa das baixas temperaturas médias e sofre com a forte brisa do mar na grande reta, que muitas vezes obriga constantes Continue lendo [...]
  A maioria dos pilotos que participam do Toyota Racing Series são bem jovens, alguns campeões em seus países, mas precisam adquirir experiência para almejarem postos em categorias superiores. Participar de um torneio internacional é, portanto, de fundamental importância. A terceira etapa do Toyota Racing Series, disputada na manhã deste domingo (17) em Christchurch, no sul da Nova Zelândia, foi debaixo de chuva e foi vencida pelo indiano Jehan Daruvala, que largou do 15º posto e assumiu a ponta duas voltas antes da bandeira vermelha que interrompeu a corrida depois de um acidente com Pedro Piquet, que saiu ileso. O melhor brasileiro foi Bruno Baptista, que terminou oitavo, e Rodrigo Baptista (HTPro Nutrition) recebeu a bandeirada na 13ª posição.     "Infelizmente tive problemas quanto tive que entrar nos boxes para mudar os pneus de piso seco para chuva. Os mecânicos levantaram o carro para a troca e deixaram o carro cair. Demorou muito até recuperar o carro e Continue lendo [...]
  Com grande equilíbrio entre os principais competidores, prosseguiu nesta quinta-feira (14) os treinos de preparação para o Toyota Racing Series, campeonato que terá início neste sábado (16/1) no Ruapuna Park, em Christchurch, na Nova Zelândia. O torneio internacional de verão reúne 19 pilotos de 13 países (Brasil, Rússia, Alemanha, Áustria, Polônia, EUA, Canadá, Argentina, China, Índia, Nova Zelândia, Inglaterra, França), com 15 corridas nos próximos cinco finais de semanas, em cinco cidades diferentes.   "Hoje melhorei bastante. Consegui me adaptar melhor ao carro e ao tipo de pneus. Fizemos alguns ajustes nas suspensões, e ainda dá pra melhorar, a cada dia estamos progredindo", contou Rodrigo Baptista (HTPro Nutrition), que nesta quinta-feira ficou na 12ª posição (1:18.021). O mais rápido foi o russo Artem Markelov (1:16.726), piloto da GP2 e considerado um dos principais favoritos. Entre os outros brasileiros, o melhor foi Pedro Piquet, sétimo (1:20.498) Continue lendo [...]
    Pedro Piquet, bicampeão da Fórmula 3 Brasil, conquistou sábado (12) a vitória em Interlagos, a única que faltava em sua espetacular carreira. Essa foi a sua 13ª vitória, a 12ª consecutiva na temporada 2015, e a primeira no traçado paulistano. A conquista parecia tranquila, mas ganhou ares dramáticos no fim. Isto porque Piquet largou com segurança da pole position e conseguiu logo uma liderança confortável, com 20 segundos de vantagem. Mas depois que o escapamento se soltou do Dallara #1, o ritmo de Pedro caiu drasticamente e ele quase foi ultrapassado por Mateus Iório e Carlos Cunha. Foi a vitória mais apertada de Pedro no ano.   “Na quinta volta eu estava vindo em um ritmo muito bom, de 1 minuto e 28 alto, 1 minuto 29 cravado, mas na reta acho que soltou o escapamento e o carro começou a perder potência, não só pelo escapamento como pela eletrônica, já que é tudo conectado, e comecei a perder 1s5, dois segundos por volta mas eu tinha uma vantagem grande Continue lendo [...]
  Depois do GP Brasil de Fórmula 1, o grande evento de automobilismo no Autódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo será a final dos campeonatos de Fórmula 3, Mercedes-Benz Challenge, Turismo e Stock Car, nos dias 12 e 13 de dezembro.   A única categoria de abrangência nacional que prepara os pilotos que almejam chegar na Fórmula 1 é a Fórmula 3 Brasil, que também é a única que já tem o título definido. Pedro Piquet, filho mais novo do tricampeão de F1 Nelson Piquet, garantiu por antecipação o bicampeonato da classe principal. Com as suas 12 vitórias, e mais uma de seu companheiro de equipe Matheus Iório, ele foi fundamental para que a Cesário F3 também comemorasse com antecedência o título de campeã entre as equipes, ao atingir 282 pontos.   Com 60 pontos ainda em jogo, a PropCar Racing é a favorita a garantir o vice-campeonato, com o trabalho de Rodrigo Baptista (HTPro Nutrition), o terceiro piloto a vencer pelo menos uma etapa, e o argentino Continue lendo [...]
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial