Para movimentar o mercado de seguros, a oferta do seguro auto popular promete aumentar em 30% a 50% a cobertura de veículos no Brasil. Essa modalidade nova já foi regulamentada em março de 2016, mas ainda não está sendo comercializada porque as seguradoras ainda estão estudando a viabilidade para seu funcionamento. Existe uma razão para que sejam tomados maiores cuidados, porque os veículos podem ser reparados, em caso de necessidade, com uso de peças usadas e também com peças do mercado alternativo, ou seja, genéricas, que logicamente são mais baratas do que as originais.   O seguro auto popular tem suas limitações, mas é um produto mais barato, e por isso, não tem a mesma cobertura do seguro tradicional, que continua a ser comercializado. O corretor de seguros é responsável por informar ao cliente as condições de funcionamento do seguro popular e do seguro tradicional, que é mais caro. Cabe ao cliente fazer a escolha, conforme suas necessidades, diante dessas Continue lendo [...]