A frota brasileira de veículos automotores cresceu apenas 2,5% em 2015 comparada a 2014, segundo o relatório anual da frota circulante do Sindepeças, chegando a 42,6 milhões de veículos em circulação. Esta é a menor taxa de crescimento dos últimos 10 anos e a previsão para 2016 é que será menor ainda. Um dos impactos diretos deste baixo crescimento é o aumento da idade média dos veículos em circulação que passou de 8 anos e 8 meses para 8 anos e 11 meses em 2015. E quanto maior for a idade média da frota maior será o gasto com a manutenção. Segundo estudo do Sebrae junto com o Sinderepa -SP estima-se em R$ 128 bilhões os gastos anuais com a manutenção de veículos no Brasil.   Estes gastos compreendem peças e serviços, sendo que neste mercado de peças de reposição nos deparamos com grandes dificuldades, pois os custos das peças originais são muito elevados e quando decidimos procurar preços mais atraentes fora das concessionárias não temos a certeza Continue lendo [...]