Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Opinião
  Quatro corridas, três vencedores, e desta vez, na Rússia, no Circuito de Sochi, quem experimentou pela primeira vez o gosto da glória foi o finlandês da Mercedes Valtteri Bottas seguido dos ferraristas Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen. Debutante no degrau mais alto do pódio fez por merecer. Bottas fez uma excelente largada, dominou a corrida e a venceu de ponta a ponta, enquanto seu companheiro de time, o tricampeão mundial Lewis Hamilton, com problemas técnicos, terminou na quarta posição e viu a gordura que o separa do alemão, líder na tabela de pontos, crescer. Já entre os Construtores, a Ferrari tem apenas um ponto de vantagem sobre a Mercedes e que tudo indica, a disputa dos títulos da temporada – Pilotos e Construtores - ficará restrita entre as estratégias de boxes delas.     Mas cá entre nós, numa breve comparação entre a Fórmula 1 com a MotoGP, as corridas sobre duas rodas está dando uma lavada naquela que um dia foi considerada a principal Continue lendo [...]
Meus amigos devem ter notado minha ausência nos últimos dias. Eu sumi sim, mas por causa de complicações bastante sérias de saúde. Meu pâncreas, que está paralisado tem três anos, entrou em colapso e combinado com uma expressiva alta da taxa diabetes – atingiu índice de 485 entrei, tecnicamente, num quadro de coma de glicemia, que poderia ter me levado a óbito. Cena: língua enrolada – e consequente falta de oxigenação do cérebro –, olhos revirados, roxidão na face, perda de sentidos e desmaio. Minha sorte foi estar em casa e ter sido socorrido a tempo. Escapei de novo, mas foi por pouco. Vale lembrar que essa foi minha quarta e detestável experiência de quase morte. Por isso valorizo a vida. Fiquei alguns dias internado para passar novamente por uma batelada de exames para averiguar se não ficaram sequelas da pane hidráulica e, aparentemente, está tudo bem, mas devo ficar fora de combate por mais algum tempo.   Otimista como sempre, eu prefiro considerar Continue lendo [...]
  O tricampeão mundial Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio do Canadá domingo (12) e reduziu a liderança do companheiro de Mercedes Nico Rosberg para nove pontos. Rosberg, vencedor das quatro corridas de abertura da temporada de Fórmula 1, terminou em quinto. Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou em segundo, com finlandês da Williams Valtteri Bottas, em terceiro. Max Verstappen, Nico Rosberg, Kimi Räikkönen, Daniel Ricciardo, Nico Hülkenberg, Carlos Sainz Jr e Sergio Pérez completaram o Top-10.     O sucesso do inglês no Canadá teve a ajuda, de novo de ouro time, desta vez por erro da Ferrari ao chamar Sebastian Vettel para uma troca a mais de pneus, enquanto a maioria das equipes optou por apenas uma. A ajudinha anterior aconteceu há duas semanas, em Mônaco, quando a Red Bull cometeu um erro durante a troca de pneus de Daniel Ricciardo e deu de bandeja a vitória ao inglês. Dizer neste momento que Hamilton é favorito ao título pode parecer prognóstico precipitado, Continue lendo [...]
  O alemão Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o sem graça GP do Brasil, disputado domingo (15) no Autódromo de Interlagos, e  garantiu o vice-campeonato da temporada 2015 da Fórmula 1. O tricampeão mundial Lewis Hamilton, que sonhava com uma vitória no autódromo paulistano terminou em segundo seguido de Sebastian Vettel, da Ferrari, que fez uma corrida isolada, e nem se vencer em Abu Dhabi terá condições matemáticas de passar seu compatriota na tabela de pontos. O campeonato e vice estão definidos. Ponto!     Depois do sacode que tomou do inglês, Rosberg parece que tomou tento e sabe que precisa se firmar dentro da equipe, possivelmente para entrar na temporada de 2016 com a moral, no mínimo, mais equilibrada do que nesta, quando conquistou cinco vitórias, a 13ª em sua carreira na principal categoria do esporte a motor mundial. O alemão da Mercedes tem velocidade, mas peca em consistência e equilíbrio emocional. Não fossem esses detalhes, ele não teria Continue lendo [...]
  Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o enfadonho, sonífero mesmo GP do México, disputado domingo (1º) no belo, porém travado Autódromo Hermanos Rodriguez, e se colocou novamente na vice-liderança do campeonato mundial de pilotos. Coube ao alemão, que não sofreu ataque do agora tricampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton, a tequila e o sombreiro no alto do pódio, onde também esteve o finlandês Valtteri Bottas, da Williams, que deu um toque em seu compatriota ferrarista Kimi Räkkönen no final da prova Confira no final deste artigo (Crédito: Alejandro Tum).   Esta foi a quarta vitória de Rosberg nesta temporada, marcada pela hegemonia da equipe Mercedes, e agora acumula 272 pontos contra 251 de Sebastian Vettel, da Ferrari, para quem o final de semana foi marcado por erros de pilotagem e uma batida sem maiores consequência, exceto, perder a vice-liderança na tabela de pontos na escorregadia pista mexicana.   Sem querer ser pentelho, apenas pontual, os pilotos Continue lendo [...]