Michael Schumacher - RICARDO RIBAS Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Michael Schumacher
A notícia é ótima. O heptacampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher deixou o hospital na cidade francesa de Grenoble, onde esteve internado por quase seis meses após sofrer um grave acidente de esqui. Segundo a família do ex-piloto, ele não está mais em coma. A notícia veio através de um comunicado.   “A família gostaria de expressar sua gratidão a todos os médicos, enfermeiros e terapeutas do hospital, assim como a equipe de socorristas que fizeram o atendimento no local do acidente. Eles fizeram um trabalho fantástico nestes primeiros meses”, diz a nota. Michael Schumacher foi transferido para o Hospital Universitário de Lausanne, na Suíça, onde dará continuidade à sua reabilitação.   Apesar da torcida pela total recuperação do maior vencedor da Fórmula 1 de todos os tempos, a família deixou claro que não vai divulgar muitas informações nos próximos dias “Para o futuro, pedimos a compreensão que a reabilitação dele será feita longe Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg, finalmente, quebrou o domínio imposto por seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e largará na pole-position no GP de Mônaco. Por enquanto, a equipe da estrela solitária não encontrou adversária e manteve a hegemonia. Ou seja, em seis corridas seus pilotos estiveram na frente dos demais nesta temporada. Rosberg errou na última volta, porém, como já tinha feito a volta voadora e provocou uma bandeira amarela, tirou de Hamilton a oportunidade de melhor resultado e teve de se contentar com a segunda posição.   Na disputa interna da Mercedes, Lewis Hamilton soma quatro largadas em primeiro lugar contra duas de Nico Rosberg. Já na Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo, foi de novo mais rápido que o atual tetracampeão mundial de F1 Sebastian Vettel. A dupla da equipe rubro-taurina formará a segunda fila com o terceiro e quarto melhor tempo na classificação, respectivamente.   Quem parece querer ganhar com o troféu Pé Frio é o brasileiro Continue lendo [...]
Tem coisas que a gente precisa de algum ou muito tempo para digerir antes de engolir. As mudanças para a próxima temporada do Mundial de F1 aprovadas pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), segunda-feira (9), é bem isso. A entidade maior do automobilismo mundial aprovou e anunciou que o piloto vencedor da última corrida da temporada receberá o dobro de ponto. Ou seja, em vez de 25 ele levará 50 pontos. Fica a pergunta: para que isso se equipes e pilotos correm todas as provas em, teoricamente, pé de igualdade? Se essa for mais uma medida paliativa para melhorar a audiência será uma besteira sem nome. A F1 há tempos deixou de ser esporte. Ela é, sim, um negócio megamilionário cujos participantes (leia-se: equipes, FIA, FOM, pilotos e patrocinadores) estão mais interessados em aparecer do que fomentar o esporte a motor propriamente dito.   Dessa forma, o GP de Abu Dhabi de 2014, que acontece em 23 de novembro e encerrará a temporada, valerá o dobro das Continue lendo [...]
  O tetracampeão da F1 por antecipação Sebastian Vettel venceu de ponta a ponta o GP dos Estados Unidos domingo (17) e bateu mais um recorde, o de oito vitórias seguidas no campeonato, uma sequência estabelecida por seu compatriota Michael Schumacher em 2004. Vettel não encontrou em nenhum instante adversário com sua envergadura, disparou na ponta e lá esteve até a bandeirada final no Circuito das Américas. A corrida foi chata. Só não foi sonolenta pela disputa foi protagonizada por Romain Grosjean, da Lotus, e Mark Webber, da Red Bull, nas voltas finais. O pega foi vencido pelo francês. Webber fechou o top-3.   Quem não foi nada bem e tem motivos de sobra para esquecer o final de semana foi Felipe Massa. Sua Ferrari, mas uma vez, teve um desempenho medíocre na corrida e só ratificou o que proporcionou ao brasileiro durante os treinos. Sem carro, Massa fez o que pode para terminar na 13ª colocação. Fernando Alonso, mesmo reclamando de dores nas costas, acabou em Continue lendo [...]
  Sebastian Vettel é tetracampeão mundial de Fórmula 1. O piloto alemão da Red Bull tornou-se, aos 26 anos, três meses e 24 dias, o mais jovem tetracampeão do Mundo de Fórmula 1, ao vencer o Grande Prêmio da Índia, a 16ª das 19 provas do calendário, desbancado seu compatriota Michael Schumacher, que alcançou essa marca aos 32 anos. Ele passa a integrar a lista dos mitos da categoria, ao lado de Alberto Ascari, Alain Prost e Michael Schumacher.   No ano passado, quando conquistou o tricampeonato, Vettel já havia entrado para a restrita lista dos tricampeões, juntando-se ao australiano Jack Brabham, ao escocês voador Jackie Stewart, ao austríaco Nicky Lauda e aos brasileiros Nelson Piquet e Ayrton Senna. Fora isso, esta foi a décima conquista de Vettel nesta temporada, sendo a sexta consecutiva. O tetracampeão venceu todas das provas disputadas na Índia, que deve deixar o calendário da F1 em 2014.   Para conquistar o seu quarto título consecutivo, Vettel precisava Continue lendo [...]
A temporada de boatos está sensacional na metade final do campeonato da F1. Desta vez, se cogita o retorno de Rubens Barrichello para disputar a edição 2013 do GP do Brasil pela Sauber. Impossível? Nem tanto. Principalmente por que o rumor não correu pela “rádio paddock” e sim por uma publicação de peso, o jornal O Estado de São Paulo, que estampou a notícia sábado (28). Segundo o jornal, Barrichello não descartou a possibilidade de retornar à F1 no ano que vem e sua participação no GP do Brasil deste ano teria o apoio de Bernie Ecclestone, diretor da FOM (Formula One Management).   Esse não é o primeiro boato que dá conta do retorno de Barrichello à F1 e pela Sauber, que deve perder o alemão Nico Hülkenberg, talvez para a Lotus. A revista germânica Auto Motor und Sport, indica que Barrichello mantém boas conversas com a cúpula da Sauber e ainda pensa em correr na F1, levando cerca de € 10 milhões (aproximadamente R$ 30,5 milhões) de seu patrocinador Continue lendo [...]
  O desinteresse do telespectador e, consequentemente, perda de audiência nas televisões retransmissoras da F1 não é um fenômeno imediato, é mediato. A mais categoria do automobilismo mundial é hoje um rascunho, do ponto de vista esportivo, do que foi no passado. Os mandatários da categoria acreditaram que a divisão se encerrava nela mesma e que os negócios deveriam estar à frente do esporte. Além disso, o espectador precisa de ídolos e a F1 se distanciou de tal forma, que um piloto que começa a temporada pode muito sair de cena já que o grid é formado por pilotos pagantes, e muitos deles com experiência questionável. Sem vitórias, sem estrelas nacionais e com carência até mesmo de pilotos que possam ser chamados de “promessas”, a Fórmula 1 afunda no ibope na TV aberta. Dados obtidos por este site apontam que nos últimos dez anos a Globo perdeu mais da metade da audiência nesse esporte: 55%, para ser bem exato. Em 2002, a média de ibope das transmissões Continue lendo [...]
O GP da Áustria deve retornar à F1 a partir da temporada 2014 no remodelado Red Bull Ring, onde antes era a antiga A1 Ring, cujas instalações foram totalmente reformadas pela Red Bull de Dietrich Mateschitz. A pista em si parece algo familiar e, para alguns, sem graça. O fato é que o dono da fábrica de energéticos conseguiu convencer a raposa velha Bernie Ecclestone a incluir a etapa no calendário. Nada que cause estranheza já que o “bullmoney” provoca sorrisos nos lábios do nanico, dono da principal categoria do automobilismo mundial, e quem convenceu o britânico encrencado na justiça alemã e nada menos que o dono da equipe tricampeã mundial.   Segundo informação veiculada no site da revista Autosport, o acordo entre circuito e categoria foi fechado no último dia 6. A assessoria de imprensa da Red Bull distribuiu aos meios de comunicação austríacos um comunicado na manhã de terça-feira (23) confirmando o acerto com Bernie Ecclestone. Desde que concluiu Continue lendo [...]