Sebastian Vettel venceu de ponta a ponta o GP de Cingapura, disputado domingo (20) no circuito de Marina Bay, seguido por Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Kimi Räikkönen. Com o resultado, o alemão superou a marca de 41 vitórias de Ayrton Senna e entra na briga pelo vice-campeonato com Nico Rosberg, da Mercedes, que terminou a corrida na quarta posição e com o abandono de Lewis Hamilton com problemas mecânicos conseguiu reduzir doze pontos na tabela de pontos. Valtteri Bottas, da Williams, terminou quinta posição seguido de Daniil Kvyatt, da Red Bull, Sergio Pérez, da Force India, Max Verstappen e Carlos Sainz Jr., ambos da STR, e Felipe Nasr, respectivamente.   A largada do GP de Cingapura foi normal para quem estava na frente, mas complicada para quem largou da metade para o final do grid. Isto porque a Toro Rosso de Max Verstappen ficou parada e, em tese, poderia provocar um acidente, o que, por sorte, não aconteceu. Na dianteira, Vettel puxava o pelotão, chegando Continue lendo [...]