Perfeito! Essa palavra define o que fez Lewis Hamilton sábado (29), em Silverstone, ao conquistar a pole-position com o tempo de 1min29s607 e detonar o recorde para a pista, que era do tricampeão mundial Sebastian Vettel, com 1min29s615, registrado em 2010. O grande desempenho do inglês lhe rendeu a segunda pole na temporada e a 28ª na F1. Perfeita, também, foi a Mercedes, que, de longe, tem o melhor carro para classificação. Nico Rosberg larga da segunda posição no GP da Inglaterra, domingo (30). A decepção ficou com a Ferrari. Felipe Massa teve um desempenho abaixo do esperado. A F138 deixou o brasileiro na mão e, por isso, não conseguiu passar do Q2 e larga da 12ª posição.   O grande desempenho neste sábado rendeu ao inglês à segunda pole na temporada e a 28ª na Fórmula 1. E reiterou o domínio da Mercedes nos treinos. A equipe já havia faturado a pole em outras três etapas com Nico Rosberg. Desta vez, o alemão teve que se contentar com o segundo posto Continue lendo [...]