Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Kimi Räikkonën
  Quatro corridas, três vencedores, e desta vez, na Rússia, no Circuito de Sochi, quem experimentou pela primeira vez o gosto da glória foi o finlandês da Mercedes Valtteri Bottas seguido dos ferraristas Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen. Debutante no degrau mais alto do pódio fez por merecer. Bottas fez uma excelente largada, dominou a corrida e a venceu de ponta a ponta, enquanto seu companheiro de time, o tricampeão mundial Lewis Hamilton, com problemas técnicos, terminou na quarta posição e viu a gordura que o separa do alemão, líder na tabela de pontos, crescer. Já entre os Construtores, a Ferrari tem apenas um ponto de vantagem sobre a Mercedes e que tudo indica, a disputa dos títulos da temporada – Pilotos e Construtores - ficará restrita entre as estratégias de boxes delas.     Mas cá entre nós, numa breve comparação entre a Fórmula 1 com a MotoGP, as corridas sobre duas rodas está dando uma lavada naquela que um dia foi considerada a principal Continue lendo [...]
  Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio da Hungria, domingo (24), e é o novo líder do Campeonato Mundial de Fórmula 1 com 192 pontos contra 186 de Nico Rosberg, que terminou em segundo em Hungaroring, seguido de Daniel Ricciardo, da Red Bull. Sebastian Vettel, da Ferrari, Max Verstappen – que de novo foi o destaque da corrida –, Kimi Räikkönen, Fernando Alonso (McLaren), Carlos Sainz, da Toro Rosso, Valtteri Bottas, da Williams, e Nico Hülkenber, da Force India, completaram o Top-10. A etapa foi péssima para os brasileiros. Felipe Nasr, da Sauber, terminou em 17º e Massa em 18º.     A monótona etapa, vencida de ponta a ponta por Hamilton teve alguns instantes de emoção. Na largada, Verstappen, o mais jovem vencedor da categoria, se lançou na primeira curva contra Ricciardo, Rosberg e Hamilton, mas sem sucesso, pois o inglês ultrapassou Rosberg  e controlou o ritmo para vencer pela quinta vez no circuito de Hungaroring, tornando-se o maior vencedor do circuito, Continue lendo [...]
  O alemão Nico Rosberg larga da pole position para o GP da Europa a ser disputado domingo (19) no desafiador circuito de Baku, no Azerbaijão, graças a um erro grotesco de seu companheiro de Mercedes, o inglês tricampeão mundial Lewis Hamilton. A primeira fila terá a presença de Sergio Pérez, da Force India. Da segunda fila largam Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Sebastian Vettel, da Ferrari, seguidos de Kimi Räikkönen e Felipe Massa. Daniil Kyviat, Valtteri Bottas, Max Versttapen e Hamilton completam o Top-10. Essa foi a 25ª posição de honra de Rosberg.     A corrida promete emoção. O circuito de Baku, uma mistura de Macau, Monza e Mônaco, é rápido, mas manhoso. Isso porque tem reta de quase dois quilômetros – onde os carros atingem velocidades acima dos 340 Km/h -, curva cega e exigirá atenção redobrada dos pilotos – um erro de pilotagem pode terminar em batida e fim de prova. A prova da GP2, categoria de acesso, disputada antes do treino de classificação, Continue lendo [...]
  Max Verstappen venceu de forma convincente o GP da Espanha, disputado domingo (15), no circuito de Jerez de La Frontera, sua primeira corrida a bordo do Red Bull. “É uma sensação incrível e eu nem posso acreditar. Foi uma grande corrida. Eu tenho que dizer obrigado à equipe. Eu sou muito jovem e meu pai (Jos) me ajudou muito. Isso é incrível”. Essa foi a frase de Max Verstappen, o mais jovem vencedor da história da Fórmula 1 com 18 anos, sete meses e quinze dias). Antes, o detentor deste triunfo era o hoje tetracampeão mundial Sebastian Vettel (22 anos e 210 de vida), terceiro colocado. Kimi Räikkönen terminou em segundo.     Titular da Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo, que liderou boa parte da prova, terminou em quarto – poderia ter subido ao pódio, mas teve um pneu furado na penúltima volta. Valtteri Bottas, da Williams, recebeu a quadriculada em quinto, seguido por Carlos Sainz (Toro Rosso), Sergio Pérez (Force India), Felipe Massa. Jenson Button Continue lendo [...]
  Nico Rosberg vence de ponta a ponta o GP da Rússia, disputado domingo (1º) no circuito de Sóchi, e com o resultado soma sete vitórias consecutivas, sendo quatro nesta temporada. Em segundo terminou o tricampeão mundial Lewis Hamilton, seguido de Kimi Räikkönen, da Ferrari. Com 100% de aproveitamento, o alemão da Mercedes atingiu 100 pontos na tabela de pontos ante 57 do inglês e 43 de Räikkönen.     A primeira curva do GP da Rússia foi tumultuada. Rosberg largou bem e conseguiu segurar a primeira posição, enquanto Valtteri Bottas disputou freada com Räikkönen, seguido por Felipe Massa e Vettel, que punido por cinco posições fez por onde para se recuperar. Mesmo comportamento de Hamilton, que sequer entrou na disputa pela pole no sábado e largou da décima posição para cumprir o primeiro giro em quinto. Hamilton soube sair da pancadaria promovida pelo russo da Red Bull, que, possivelmente, esqueceu que corrida se ganha na bandeirada e não na primeira curva. Continue lendo [...]
O inglês Lewis Hamilton largará da posição de honra no GP da Inglaterra a ser disputado domingo (5) no lendário Circuito de Silverstone. Ao seu lado, o piloto da casa terá seu companheiro de equipe Mercedes, o alemão Nico Rosberg, que dominou os treinos livres de sexta-feira, mas foi batido ao longo das etapas de classificação no sábado. Essa foi a oitava pole de Hamilton na temporada, e com o resultado supera Sebastian Vettel no ranking de poles da história da Fórmula 1. Hamilton é agora o terceiro lugar no placar, com 46, contra 45 do tetracampeão mundial (45), mas ainda distante do recorde de Michael Schumacher (68) e de brasileiro Ayrton Senna (65). Surpresa do dia foi Felipe Massa ao estabelecer o terceiro melhor tempo, uma posição à frente de Valtteri Bottas, ambos da Williams.   A escalada de Hamilton para a pole começou ainda no começou tímida. O inglês cravou o quarto tempo no Q1 e subiu para terceiro no Q2. Nico Rosberg dava a entender que jogaria água Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, da Mercedes, não tomou conhecimento da concorrência e venceu o Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1, disputado domingo (19) no circuito de Sakhir, e disparou na tabela de pontos do Mundial de Pilotos. Foi a terceira vitória em quatro corridas do inglês na temporada, a 36ª de sua carreira na F1. Em segundo lugar chegou Kimi Räikkönen, da Ferrari, seguido pelo visivelmente abatido alemão da Mercedes, Nico Rosberg.   Hamilton repetiu seu desempenho no GP da China e dominou todo final de semana, enquanto seu companheiro de equipe se viu as voltas com a evolução da Ferrari. Tanto assim que no final da etapa não teve condições de segurar o ímpeto de Räikkönen, destaque do dia, e teve de ceder à segunda posição na última volta da prova se valendo do momento em que os pneus da flecha de prata do alemão estavam completamente degradados. Räikkönen, que ainda negocia seu contrato para permanecer na equipe de Maranello no próximo ano, acelerou uma barbaridade Continue lendo [...]
Quem esperava uma disputa que não fosse entre os pilotos da Mercedes após a acachapante temporada de 2014, errou. Lewis Hamilton, campeão da temporada passada, é o pole position para o GP da Austrália a ser disputado na madrugada de domingo no circuito de Albert Park. O inglês aproveitou um erro de seu companheiro de equipe e principal adversário Nico Rosberg para estabelecer o melhor tempo. A ótima surpresa do dia foi a terceira posição do brasileiro Felipe Massa, que na última volta da classificação marcou o terceiro tempo e largará na segunda fila ao lado de nada menos que o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, da Ferrari. Felipe Nasr, da Sauber, larga da 11ª posição.   Os torcedores de Massa têm motivos de sobra para renovarem suas expectativas sobre o piloto brasileiro. Isso porque a Williams venceu a primeira disputa entre os times do pelotão que vem atrás da ainda superior Mercedes. Ou seja, a Massa conseguiu superar Vettel, que estreou na Ferrari com Continue lendo [...]
Em um GP tumultuado, marcado desde o sábado por chuva, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, aproveitou um revés de seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, o pole, que pela primeira vez no ano abandonou uma corrida, e venceu com tranquilidade domingo (6), em Silverstone. Essa foi a quinta vitória de Hamilton em 2014 com três motivos para comemorar: foi a 50ª vez na qual Silverstone recebeu a Fórmula 1; a vitória foi em casa, e com isso reduziu a distância que o separa do líder na tabela de pontos, Rosberg, que com o abandono permaneceu com 165 pontos contra 161 de Hamilton.   A chuva de sábado embolou o treino de classificação no sábado e anunciava que domingo a corrida não seria menos emocionante. E foi. A largada foi com pista seca e antes de completar a primeira volta, os carros rápidos, que no sábado não entraram em harmonia com a chuva, no domingo, largando no fim do grid colocaram pimenta no molho. Um pouco demais, é verdade, já que o piloto da Ferrari Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg conquistou de ponta a ponta o GP de Mônaco, domingo (25), recuperou a liderança na tabela de pontos no Mundial de F1 e tem agora 122 pontos contra 118 acumulados por seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, que terminou em segundo mesmo com um cisco no olho. Com o resultado, a Mercedes completa seis provas com cinco 1-2 e segue absoluta no campeonato de Marcas. Destaque para Daniel Ricciardo, que nas últimas voltou botou pressão em cima do inglês, mas, sem êxito, terminou a etapa monegasca em terceiro. Felipe Massa fez uma boa prova ao sair da 16ª para a sétima posição.   A esperada Guerra Fria, veladamente deflagrada entre os pilotos da flecha prateada, por causa de um erro de Rosberg no minuto final da classificação, no sábado, retirando qualquer oportunidade de Hamilton lutar pela pole não aconteceu. A largada, como era de se esperar, foi tumultuada, com Rosberg não tomou conhecimento e puxou o pelotão seguido de Hamilton. Só que Sergio Continue lendo [...]
Espetacular. Preciso. Lewis Hamilton ganhou, domingo (11), o GP da Espanha. Foi sua quarta vitória consecutiva na temporada e coloca o inglês na liderança do Mundial. Menos contente, o segundo colocado foi seu companheiro de equipe, Nico Rosberg. Com triunfos na Malásia, Bahrein e agora na Espanha Hamilton soma 100 pontos, três a mais do que Rosberg, que nesta altura do campeonato sabe que tem de reagir nas próximas etapas para impedir que Hamilton alargue vantagem na tabela. Imbatível, esta foi a quarta dobradinha da Mercedes na temporada. A equipe lidera o Mundial de Construtores com mais de cem pontos sobre seu concorrente mais próximo.   Quem também está com pressa para reagir é a atual equipe tetracampeã mundial de Construtores, a Red Bull. Os pilotos equipe rubro-taurina terminou a etapa espanhola nas terceira e quarta posições, com Daniel Ricciardo terceiro e o tetracampeão Sebastian Vettel, em quarto, respectivamente. Seba fez uma extraordinária prova de recuperação Continue lendo [...]
Felipe Massa foi o mais rápido sábado (1) nos testes da pré-temporada, realizado no circuito de Sakhir, no Bahrein, ao cravar o tempo de 1min33s258, 0s226 de vantagem sobre o segundo colocado, Nico Rosberg, e mais de 2s sobre Kimi Räikkönen, terceiro. O jovem dinamarquês da McLaren Kevin Magnussen foi o quarto, seguido de outro estreante, o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, e Nico Hülkenberg, da Force India.   A atual tetracampeã mundial de Construtores, a Red Bull, continua pelejando para resolver os problemas de saúde do enfermo RB10. O quadro é tão complicado que Sebastian Vettel não conseguiu fechar nenhuma volta cronometrada, e terminou a prática como o último entre os 11 pilotos que foram à pista barenita. Dizer que só um milagre vai tirar a RBR do limbo, por enquanto, é atirar no escuro. A equipe austríaca tem um enorme corpo de engenheiros capitaneados por Adrian Newey e pode reverter a péssima condição, talvez não nas primeiras provas, e sim no decorrer Continue lendo [...]
O time da estrela solitária está com tudo e não está prosa. No sexto dia da pré-temporada 2014 da F1, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein, Lewis Hamilton, da Mercedes, desceu a bota, cravou a marca de 1min34s263 e enfiou quase 3s de vantagem sobre o segundo colocado, o mexicano da Sauber-Ferrari Esteban Guitiérrez. A confiabilidade proporcionada pelo motor Mercedes tem dado o que falar, e é por isso que os times que são empurrados por ele estão se dedicando mais em ajustes de aerodinâmica e sintonia fina na pista.   Hamilton percorreu 25 voltas sem grandes problemas aparentes. Prova disso é que seu melhor giro ainda foi quase 3s mais rápido do que o tempo de Esteban Gutiérrez, que fechou a manhã com a segunda colocação, depois de 45 voltas e ficou à frente de Jenson Button, que assumiu os trabalhos com a McLaren, terminou a primeira dos trabalhos em terceiro. Pastor Maldonado, que testou pela primeira vez o E22 da Lotus fechou a sessão em quarto, porém, com Continue lendo [...]
  A permanência de Felipe Massa na Fórmula 1 ainda está indefinida. O acordo com a Lotus, que pode se transformar em contrato na condição de “piloto de transferência” (aquele que não desembolsa dinheiro, mas gera negócios para o patrocinador e indiretamente para o time) também continua em aberto. Pelo menos é essa a condição de momento. Segundo Eric Boullier, chefe da equipe Lotus, o substituto de Kimi Räikkönen na temporada 2014 da F1 só será revelado após fechar a parceria com o grupo de investidores Infinity e garantir o orçamento para as próximas temporadas, o que significa que a Massa terá de esperar. Entretanto, a disputa agora envolve o brasileiro e Nico Hülkenberg, que, diferentemente de Felipe, não tem muito transito para captação de verba entre os patrocinadores e corre por fora apoiado só no talento, algo que não lhe falta.   “Eu quero terminar o que queríamos mostrar a Kimi, mas não conseguimos fazer isso a tempo Quero fechar isso porque Continue lendo [...]
  Inacreditável! A expressão resume o que o virtual tetracampeão mundial Sebastian Vettel fez domingo (22) no circuito de Marina Bay. Ele largou da pole-position, fez a melhor volta da corrida, andou sempre na casa de 2s mais rápido que os demais competidores e venceu de forma impressionante, de ponta a ponta, o GP de Cingapura. Fernando Alonso fez o que pode com seu Ferrari, contou com a sorte e terminou em segundo. Kimi Räikkönen esqueceu-se da dor nas costas, travou um duelo eletrizante com Jenson Button (McLaren) nas voltas finais, completou o Top-3. Button, finalmente, teve seu contrato firmado por mais uma temporada com a equipe, que, quem sabe, pode ser a próxima parada de Felipe Massa, que continua sem time.   A corrida, que tinha tudo para ser chata, ganhou vida com as batidas de Daniel Ricciardo, recém-anunciado como companheiro de equipe de Vettel na RBR, em 2014, forçando a primeira entrada do carro de segurança, e de Paul di Resta, da Force India, que embolou Continue lendo [...]
  O destino de Felipe Massa na Fórmula 1 ainda é incerto. Por seu histórico de doze anos na Ferrari, é de se esperar que algumas equipes tenham interesse no conhecimento adquirido pelo brasileiro em Maranello. Mas, numa categoria milionária, na qual, ultimamente, quem paga acelera e com as principais e mais poderosas equipes já terem seus cockpits ocupados, encontrar uma que ofereça condições de Massa reescrever sua própria trajetória na F1 são reduzidas. O mercado está pequeno, mas uma possível contratação na McLaren, Sauber e Lotus não devem ser descartadas.   A Ferrari declarou que tem carinho por Massa e a recíproca, a grosso modo, parece ser verdadeira. O fator ítalo-emocional, portanto, pode ser decisivo para a permanência do brasileiro na principal categoria do automobilismo mundial. Analisando por esse ângulo, a Sauber, que usa motores Ferrari é uma alternativa, isto é, se Nico Hülkenberg decidir trocar o time suíço por outro melhor estruturado Continue lendo [...]
  Tão oficial quanto a saída de Felipe Massa, o anúncio da contratação de Kimi Räikkönen foi confirmada pela Ferrari, através de seu site oficial. Os rumores, portanto, tinham fundamento. O finlandês foi campeão mundial pela equipe do cavalinho rampante, em 2007, agora será companheiro de Fernando Alonso por dois anos a contar de 2014. Stefano Domenicali, chefe da equipe rossa, agradeceu pela parceria de oito temporadas com Felipe Massa, como é praxe nas demissões e garantiu que o brasileiro segue no time até o final do ano.   "Estou muito contente de receber de volta Kimi na Ferrari, equipe na qual ele foi coroado campeão do mundo. Eu me senti muito feliz em vê-lo voltar a Maranello e o vejo muito determinado para enfrentar da melhor maneira o trabalho que o espera (a começar por dividir atenção com o centralizador Alonso), disse Domenicali.   “Estou verdadeiramente contente de voltar a Maranello, depois de ter passado três anos fantásticos e ricos em Continue lendo [...]
  Agora é oficial. Felipe Massa não é mais piloto da Ferrari. O anúncio foi feito pelo próprio piloto, através de nota em sua conta na rede social Instagram terça-feira (10). O piloto confirmou as notícias publicadas nos últimos dias por todos os meios de comunicação, que apontavam que seu contrato com o time italiano não seria renovado além deste ano.   “Não vou mais correr pela Ferrari a partir de 2014! Gostaria de agradecer pela amizade, vitórias e um lindo momento com a Ferrari. A ajuda de minha esposa, da minha família e de todos os meus fans (sic). Toda a ajuda dos meus patrocinadores!!! Vou com tudo para as ultimate (sic) 7 corridas como piloto da Ferrari! A partir de agora, quero achar uma equipe que me dê um carro competitivo para conseguir mais vitórias e vencer um campeonato q e o meu sonho !! (sic)”, disse na nota.   O paulista estreou na escuderia de Maranello em 2006, disputou 132 corridas, marcando 15 pole-positions e vencendo 11 vezes. Ele Continue lendo [...]
  O alemão Sebastian Vettel confirmou sua supremacia desde o primeiro treino e larga da pole-position no GP da Itália a ser disputado domingo (8) em Monza às 9 horas de Brasília. O líder da temporada cravou o tempo de 1min23s755 e divide a primeira fila com seu companheiro de Red Bull, o australiano Mark Webber, que ficou com o 2º melhor tempo no treino oficial (1min23s968). A surpresa do dia foi Nico Hulkenberg, da Sauber, que larga da 3ª posição (1min24s065) ao lado de Felipe Massa, o quarto na classificação, que fez sua melhor volta em 1min24s132. Alonso e Rosberg conseguiram a 5ª e a 6ª posições, respectivamente.   Ameaçado de perder a vaga na equipe de Maranello para a próxima temporada, Massa depende de uma boa apresentação em Monza. O contrato do brasileiro termina no final do ano e não sobe no mais alto degrau do pódio a quase 80 corridas, diferentemente de seu companheiro de equipe, Fernando Alonso, que com equipamento semelhante já venceu. O fraco Continue lendo [...]
  O tricampeão mundial Sebastian Vettel venceu o atabalhoado GP da Alemanha de F1 – sua primeira vitoria em casa, a 4ª nesta temporada e a 30ª de sua carreira –, domingo (7), seguido por Kimi Räikkönen e Romain Grosjean, ambos da Lotus. Fernando Alonso, da Ferrari, terminou na quarta posição, porém, parou o carro após a bandeirada, o que, pelo regulamento, pode ser punido por não levar seu carro até os boxes. Lewis Hamilton, o pole-position, nem de longe apresentou desempenho anotado nos treinos, foi quinto à frente de Jenson Button, da McLaren, e de Mark Webber, da Red Bull, que fez uma excelente prova de recuperação, de último a sexto colocado.   O início da corrida em Nurburgring foi marcado por incidentes. O primeiro envolveu Felipe Massa, que, de novo, fez uma ótima largada, mas abandonou a prova logo na quarta volta com um problema técnico em sua Ferrari a ser esclarecido. Ao contrário de Silverstone, onde os estouros dos pneus Pirelli foram destaque, Continue lendo [...]