Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Jenson Button
  O alemão Nico Rosberg vence pela primeira vez o GP da Itália, disputado domingo (4), em Monza, e reduziu, assim, a vantagem de Lewis Hamilton para dois pontos, ou seja, 250 contra 248 pontos. O inglês da Mercedes errou na largada e perdeu seis posições, mas graças a estratégia de paradas para trocas de pneus conseguiu terminar em segundo, seguido por Sebastian Vettel, da Ferrari. Pontuaram, ainda, Kimi Räikkönen, Daniel Ricciardo, da RBR, Valtteri Bottas, da Williams, Max Versttapen, da Red Bull, Sergio Pérez, da Force India, Felipe Massa e Nico Hülkenberg, respectivamente. Felipe Nasr bateu, abandonou e terminou em último.   A corrida de Monza foi morna, em termos de emoção. O único momento interessante foi na largada. Hamilton largou da pole, mas errou e perdeu seis posições. A esperada corrida de recuperação, como a da etapa anterior, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, não aconteceu. Informado pelos boxes, via rádio, o inglês deteve-se a esperar pelas trocas Continue lendo [...]
  O tricampeão mundial Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio do Canadá domingo (12) e reduziu a liderança do companheiro de Mercedes Nico Rosberg para nove pontos. Rosberg, vencedor das quatro corridas de abertura da temporada de Fórmula 1, terminou em quinto. Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou em segundo, com finlandês da Williams Valtteri Bottas, em terceiro. Max Verstappen, Nico Rosberg, Kimi Räikkönen, Daniel Ricciardo, Nico Hülkenberg, Carlos Sainz Jr e Sergio Pérez completaram o Top-10.     O sucesso do inglês no Canadá teve a ajuda, de novo de ouro time, desta vez por erro da Ferrari ao chamar Sebastian Vettel para uma troca a mais de pneus, enquanto a maioria das equipes optou por apenas uma. A ajudinha anterior aconteceu há duas semanas, em Mônaco, quando a Red Bull cometeu um erro durante a troca de pneus de Daniel Ricciardo e deu de bandeja a vitória ao inglês. Dizer neste momento que Hamilton é favorito ao título pode parecer prognóstico precipitado, Continue lendo [...]
Em um treino atípico, com pista molhada, chuva que caía e parava sobre a pista de Silverstone, Nico Rosberg, da Mercedes, cravou a pole position para o GP da Inglaterra com o tempo de 1m35s766, e viu seu principal adversário, Lewis Hamilton, fora de combate. Sebastian Vettel, da Red Bull, chegou a liderar por alguns segundos no fim do treino, com o bom tempo de 1m37s386, mas foi superado pelo alemão da Mercedes, seguido de Jenson Button, da McLaren, que fechou com a marca de 1m38s200.   Button dividirá a segunda fila com Nico Hülkenberg, da Force India, que fez sua melhor passagem em 1m38s329, seguido por Kevin Magnussen, da McLaren, com a marca de 1m38s417. Visivelmente contrariado por não poder lutar pela pole, Lewis Hamilton, fez o tempo de 1m39s232 e larga em sexto. Da quarta fila largarão Sergio Pérez, da Force India, com 1m40s457, seguido por Daniel Ricciardo, da Red Bull, na casa de 1m40s606. Na nona e décima colocações, a dupla da Toro Rosso, Jean-Eric Vergne (1m40s707), Continue lendo [...]
Nico Rosberg, da Mercedes, confirmou a boa forma e sobrou no segundo treino de sexta-feira em Sepang, na Malásia, ao travar o cronômetro com o tempo de 1:39s909 seguido de Kimi Räikkönen, da Ferrari (1:39s944). Pela manhã, seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, fez o melhor tempo, mas não conseguiu repetir o bom ritmo durante a sessão da tarde e ficou em quarto, atrás de Sebastian Vettel, o terceiro, e na frente de Fernando Alonso. Felipe Massa, da Williams, andou forte no início da sessão e chegou a liderar por algum tempo, mas fechou o dia apenas na sexta posição.   Atrás de Felipe apareceram Daniel Ricciardo, desclassificado na Austrália por irregularidade no fluxômetro, e Jenson Button. As boas posições da tetracampeã de Construtores Red Bull parece ter encontrado, aparentemente, o caminho das pedras já que foi um verdadeiro fiasco nos treinos da pré-temporada. Já o britânico da McLaren não manteve o ritmo obtido pela manhã e encerrou o dia atrás Continue lendo [...]
O brasileiro Gustavo Lima é um dos novos integrantes da equipe McLaren de Fórmula 1. O piloto de 17 anos agora faz parte da Academia de Pilotos do time, a McLaren Applied Technologies Performance Academy, se juntando a outros 17 aspirantes, que foram escolhidos pela equipe de acordo com seus compromissos com o esporte e a vontade de melhorar cada vez mais.   Com isso, Gustavo usará a mesma infra-estrutura utilizada pela atual dupla de pilotos da McLaren, Jenson Button e Kevin Magnussen, incluindo sessões de musculação em uma academia de última geração, o Fitness & Wellbeing Centre. Nos encontros, Gustavo receberá conselhos na parte de nutrição, preparação de corrida e testes de habilidades - que inclui, inclusive, um desafio de pit stops. Criado em 2013, o McLaren Applied Technologies Performance Academy é dedicado a pilotos acima de 13 anos de idade, com quatro encontros previstos para este ano, sendo o primeiro realizado no último fim de semana na sede da escuderia, Continue lendo [...]
Chuva, assovios do turbo, surpresas agradáveis e outras desagradáveis. Foi com esse cenário que Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou a primeira pole-position da temporada 2014 da F1. A boa surpresa foi o segundo colocado: Daniel Ricciardo, da Red Bull, que deixou evidente que será uma pedra na sapatilha de seu companheiro de equipe, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, que não conseguiu passar do Q2 e parte da 12ª posição no GP da Austrália, o primeiro da temporada, a ser disputado domingo (16), no circuito de Albert Park. A largada acontece às 3 horas (horário de Brasília)   A classificação foi emocionante. Nos minutos finais, o líder na tabela de tempos era nada menos que a prata da casa, Daniel Ricciardo, ao deixar para trás o alemão da Mercedes Nico Rosberg. A torcida entrou em êxtase, mas durou pouco tempo. A comemoração terminou quando Hamilton cravou o tempo de 1min44s231 na sua última tentativa e foi 0s3 mais rápido que o piloto australiano. Rosberg Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, da Mercedes, foi o piloto do dia no terceiro dias de testes coletivos da pré-temporada 2014, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein. O inglês manteve o tempo de 1min34s263, conquistado ainda pela manhã, e não foi ameaçado pelos demais concorrentes. Com a melhor marca do dia – e da semana –, o campeão mundial de 2008 somou grande quilometragem ao dar várias voltas (67 no total), como se estivesse simulando um GP e ainda foi mais rápido que outro britânico, Jenson Button, da McLaren-Mercedes.   Dando a entender que se depender dos testes até agora realizados está no páreo, o veterano campeão mundial de 2010 Button conseguiu andar no mesmo tempo do novato sensação, Kevin Magnussen, que dia 20 foi o mais rápido, e terminou a sessão de sexta em segundo, rodando na janela de 1min34s. Felipe Massa, apesar de terminar o dia 2,8s mais lento que Hamilton, disse estar confiante na consistência da Williams-Mercedes. No entanto, Massa foi 1s6 mais veloz Continue lendo [...]
O time da estrela solitária está com tudo e não está prosa. No sexto dia da pré-temporada 2014 da F1, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein, Lewis Hamilton, da Mercedes, desceu a bota, cravou a marca de 1min34s263 e enfiou quase 3s de vantagem sobre o segundo colocado, o mexicano da Sauber-Ferrari Esteban Guitiérrez. A confiabilidade proporcionada pelo motor Mercedes tem dado o que falar, e é por isso que os times que são empurrados por ele estão se dedicando mais em ajustes de aerodinâmica e sintonia fina na pista.   Hamilton percorreu 25 voltas sem grandes problemas aparentes. Prova disso é que seu melhor giro ainda foi quase 3s mais rápido do que o tempo de Esteban Gutiérrez, que fechou a manhã com a segunda colocação, depois de 45 voltas e ficou à frente de Jenson Button, que assumiu os trabalhos com a McLaren, terminou a primeira dos trabalhos em terceiro. Pastor Maldonado, que testou pela primeira vez o E22 da Lotus fechou a sessão em quarto, porém, com Continue lendo [...]
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial