Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Jenson Button
  O alemão Nico Rosberg vence pela primeira vez o GP da Itália, disputado domingo (4), em Monza, e reduziu, assim, a vantagem de Lewis Hamilton para dois pontos, ou seja, 250 contra 248 pontos. O inglês da Mercedes errou na largada e perdeu seis posições, mas graças a estratégia de paradas para trocas de pneus conseguiu terminar em segundo, seguido por Sebastian Vettel, da Ferrari. Pontuaram, ainda, Kimi Räikkönen, Daniel Ricciardo, da RBR, Valtteri Bottas, da Williams, Max Versttapen, da Red Bull, Sergio Pérez, da Force India, Felipe Massa e Nico Hülkenberg, respectivamente. Felipe Nasr bateu, abandonou e terminou em último.   A corrida de Monza foi morna, em termos de emoção. O único momento interessante foi na largada. Hamilton largou da pole, mas errou e perdeu seis posições. A esperada corrida de recuperação, como a da etapa anterior, em Spa-Francorchamps, na Bélgica, não aconteceu. Informado pelos boxes, via rádio, o inglês deteve-se a esperar pelas trocas Continue lendo [...]
  O tricampeão mundial Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio do Canadá domingo (12) e reduziu a liderança do companheiro de Mercedes Nico Rosberg para nove pontos. Rosberg, vencedor das quatro corridas de abertura da temporada de Fórmula 1, terminou em quinto. Sebastian Vettel, da Ferrari, ficou em segundo, com finlandês da Williams Valtteri Bottas, em terceiro. Max Verstappen, Nico Rosberg, Kimi Räikkönen, Daniel Ricciardo, Nico Hülkenberg, Carlos Sainz Jr e Sergio Pérez completaram o Top-10.     O sucesso do inglês no Canadá teve a ajuda, de novo de ouro time, desta vez por erro da Ferrari ao chamar Sebastian Vettel para uma troca a mais de pneus, enquanto a maioria das equipes optou por apenas uma. A ajudinha anterior aconteceu há duas semanas, em Mônaco, quando a Red Bull cometeu um erro durante a troca de pneus de Daniel Ricciardo e deu de bandeja a vitória ao inglês. Dizer neste momento que Hamilton é favorito ao título pode parecer prognóstico precipitado, Continue lendo [...]
Em um treino atípico, com pista molhada, chuva que caía e parava sobre a pista de Silverstone, Nico Rosberg, da Mercedes, cravou a pole position para o GP da Inglaterra com o tempo de 1m35s766, e viu seu principal adversário, Lewis Hamilton, fora de combate. Sebastian Vettel, da Red Bull, chegou a liderar por alguns segundos no fim do treino, com o bom tempo de 1m37s386, mas foi superado pelo alemão da Mercedes, seguido de Jenson Button, da McLaren, que fechou com a marca de 1m38s200.   Button dividirá a segunda fila com Nico Hülkenberg, da Force India, que fez sua melhor passagem em 1m38s329, seguido por Kevin Magnussen, da McLaren, com a marca de 1m38s417. Visivelmente contrariado por não poder lutar pela pole, Lewis Hamilton, fez o tempo de 1m39s232 e larga em sexto. Da quarta fila largarão Sergio Pérez, da Force India, com 1m40s457, seguido por Daniel Ricciardo, da Red Bull, na casa de 1m40s606. Na nona e décima colocações, a dupla da Toro Rosso, Jean-Eric Vergne (1m40s707), Continue lendo [...]
Nico Rosberg, da Mercedes, confirmou a boa forma e sobrou no segundo treino de sexta-feira em Sepang, na Malásia, ao travar o cronômetro com o tempo de 1:39s909 seguido de Kimi Räikkönen, da Ferrari (1:39s944). Pela manhã, seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, fez o melhor tempo, mas não conseguiu repetir o bom ritmo durante a sessão da tarde e ficou em quarto, atrás de Sebastian Vettel, o terceiro, e na frente de Fernando Alonso. Felipe Massa, da Williams, andou forte no início da sessão e chegou a liderar por algum tempo, mas fechou o dia apenas na sexta posição.   Atrás de Felipe apareceram Daniel Ricciardo, desclassificado na Austrália por irregularidade no fluxômetro, e Jenson Button. As boas posições da tetracampeã de Construtores Red Bull parece ter encontrado, aparentemente, o caminho das pedras já que foi um verdadeiro fiasco nos treinos da pré-temporada. Já o britânico da McLaren não manteve o ritmo obtido pela manhã e encerrou o dia atrás Continue lendo [...]
O brasileiro Gustavo Lima é um dos novos integrantes da equipe McLaren de Fórmula 1. O piloto de 17 anos agora faz parte da Academia de Pilotos do time, a McLaren Applied Technologies Performance Academy, se juntando a outros 17 aspirantes, que foram escolhidos pela equipe de acordo com seus compromissos com o esporte e a vontade de melhorar cada vez mais.   Com isso, Gustavo usará a mesma infra-estrutura utilizada pela atual dupla de pilotos da McLaren, Jenson Button e Kevin Magnussen, incluindo sessões de musculação em uma academia de última geração, o Fitness & Wellbeing Centre. Nos encontros, Gustavo receberá conselhos na parte de nutrição, preparação de corrida e testes de habilidades - que inclui, inclusive, um desafio de pit stops. Criado em 2013, o McLaren Applied Technologies Performance Academy é dedicado a pilotos acima de 13 anos de idade, com quatro encontros previstos para este ano, sendo o primeiro realizado no último fim de semana na sede da escuderia, Continue lendo [...]
Chuva, assovios do turbo, surpresas agradáveis e outras desagradáveis. Foi com esse cenário que Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou a primeira pole-position da temporada 2014 da F1. A boa surpresa foi o segundo colocado: Daniel Ricciardo, da Red Bull, que deixou evidente que será uma pedra na sapatilha de seu companheiro de equipe, o tetracampeão mundial Sebastian Vettel, que não conseguiu passar do Q2 e parte da 12ª posição no GP da Austrália, o primeiro da temporada, a ser disputado domingo (16), no circuito de Albert Park. A largada acontece às 3 horas (horário de Brasília)   A classificação foi emocionante. Nos minutos finais, o líder na tabela de tempos era nada menos que a prata da casa, Daniel Ricciardo, ao deixar para trás o alemão da Mercedes Nico Rosberg. A torcida entrou em êxtase, mas durou pouco tempo. A comemoração terminou quando Hamilton cravou o tempo de 1min44s231 na sua última tentativa e foi 0s3 mais rápido que o piloto australiano. Rosberg Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, da Mercedes, foi o piloto do dia no terceiro dias de testes coletivos da pré-temporada 2014, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein. O inglês manteve o tempo de 1min34s263, conquistado ainda pela manhã, e não foi ameaçado pelos demais concorrentes. Com a melhor marca do dia – e da semana –, o campeão mundial de 2008 somou grande quilometragem ao dar várias voltas (67 no total), como se estivesse simulando um GP e ainda foi mais rápido que outro britânico, Jenson Button, da McLaren-Mercedes.   Dando a entender que se depender dos testes até agora realizados está no páreo, o veterano campeão mundial de 2010 Button conseguiu andar no mesmo tempo do novato sensação, Kevin Magnussen, que dia 20 foi o mais rápido, e terminou a sessão de sexta em segundo, rodando na janela de 1min34s. Felipe Massa, apesar de terminar o dia 2,8s mais lento que Hamilton, disse estar confiante na consistência da Williams-Mercedes. No entanto, Massa foi 1s6 mais veloz Continue lendo [...]
O time da estrela solitária está com tudo e não está prosa. No sexto dia da pré-temporada 2014 da F1, dia 21, no circuito de Sakhir, no Bahrein, Lewis Hamilton, da Mercedes, desceu a bota, cravou a marca de 1min34s263 e enfiou quase 3s de vantagem sobre o segundo colocado, o mexicano da Sauber-Ferrari Esteban Guitiérrez. A confiabilidade proporcionada pelo motor Mercedes tem dado o que falar, e é por isso que os times que são empurrados por ele estão se dedicando mais em ajustes de aerodinâmica e sintonia fina na pista.   Hamilton percorreu 25 voltas sem grandes problemas aparentes. Prova disso é que seu melhor giro ainda foi quase 3s mais rápido do que o tempo de Esteban Gutiérrez, que fechou a manhã com a segunda colocação, depois de 45 voltas e ficou à frente de Jenson Button, que assumiu os trabalhos com a McLaren, terminou a primeira dos trabalhos em terceiro. Pastor Maldonado, que testou pela primeira vez o E22 da Lotus fechou a sessão em quarto, porém, com Continue lendo [...]
Vazou! Quem estava ansioso para ver o cupê McLaren 650S pode respirar tranquilo. O carro será oficialmente apresentado no início de março, no Salão do Automóvel de Genebra, mas teve as primeiras imagens publicadas na internet. De linhas fluidas e com cara de poucos amigos, o 650S tem tudo para arrebatar corações. Apesar de seu preço ainda ser uma incógnita deve ser salgado.   Segundo a McLaren, Jenson Button, piloto do time homônimo na Fórmula 1, ajudou com o desenvolvimento do carro, que entrega 650 cv de potência com seu motor V8 de 3,8 litros. Erra quem pensa que o 650S é o top da família. Na verdade, o 650S é o modelo intermediário, entre o 12C e o P1.   Com um olhar mais apurado é possível notar que o 650S tem semelhanças com o MP4-12C e o P1, principalmente na dianteira. Dá para dizer “cara de um focinho do outro”. Questão de DNA. Já o nome 650S foi escolhido, observando a potência do motor (650 cv), enquanto o “S” é diminutivo de “Sport”. Continue lendo [...]
Ron Dennis está de volta ao cargo de presidente da McLaren após cinco anos à frente do time que comandou por 27 anos. Seu afastamento se deu pouco tempo depois de um escândalo de espionagem deflagrado em 2007, envolvendo a Ferrari. A partir de agora, Dennis vai acumular a função como presidente-executivo e de chefe da divisão de carros esportivos da McLaren. Sob o comando britânico a equipe conquistou sete títulos no Mundial de Construtores, sendo o último de pilotos, em 2008, com Lewis Hamilton. A equipe, no entanto, não conquista um Mundial de Construtores desde 1998. No ano passado, a escuderia inglesa penou. Terminou em quinto lugar e viu seus pilotos, o inglês Jenson Button e o mexicano Sergio Pérez, terminarem em 9º e 11º lugares, respectivamente.   No mês passado surgiram especulações de que Dennis, que tem 25% de participação na McLaren, queria retomar o controle da equipe e substituir Whitmarsh como chefe da escuderia. Mas ele não estava sozinho no pleito. Continue lendo [...]
  O tetracampeão da F1 por antecipação Sebastian Vettel venceu de ponta a ponta o GP dos Estados Unidos domingo (17) e bateu mais um recorde, o de oito vitórias seguidas no campeonato, uma sequência estabelecida por seu compatriota Michael Schumacher em 2004. Vettel não encontrou em nenhum instante adversário com sua envergadura, disparou na ponta e lá esteve até a bandeirada final no Circuito das Américas. A corrida foi chata. Só não foi sonolenta pela disputa foi protagonizada por Romain Grosjean, da Lotus, e Mark Webber, da Red Bull, nas voltas finais. O pega foi vencido pelo francês. Webber fechou o top-3.   Quem não foi nada bem e tem motivos de sobra para esquecer o final de semana foi Felipe Massa. Sua Ferrari, mas uma vez, teve um desempenho medíocre na corrida e só ratificou o que proporcionou ao brasileiro durante os treinos. Sem carro, Massa fez o que pode para terminar na 13ª colocação. Fernando Alonso, mesmo reclamando de dores nas costas, acabou em Continue lendo [...]
  Mark Webber conquistou a pole position para o Grande Prêmio de Suzuka, no Japão, cravando sua melhor volta com o tempo de 1min30s915, conseguindo uma pequena margem de vantagem sobre Vettel, que completa a primeira fila graças ao tempo de 1min31s089. O australiano andou rápido em todos os treinos e, desta vez, conseguiu superar o companheiro de Red Bull Sebastian Vettel. O brasileiro Felipe Massa largará em quinto, de novo, à frente de Fernando Alonso, que marcou o oitavo melhor tempo.   Na segunda fila alinha o inglês Lewis Hamilton, terceiro, ao lado do franco-suíço Romain Grosjean, da Lotus. Felipe Massa forma terceira fila depois de marcar o quinto melhor tempo (1min31s378) e terá a companhia do alemão da Mercedes Nico Rosberg, o sexto, com 1min31s397. Ao contrário de Massa, seu companheiro de Ferrari, Fernando Alonso, não conseguiu avançar e conseguiu marcar apenas o oitavo tempo (1min31s665). Vice-líder da temporada, o espanhol é o único piloto com mais chances Continue lendo [...]
  A permanência de Felipe Massa na Fórmula 1 ainda está indefinida. O acordo com a Lotus, que pode se transformar em contrato na condição de “piloto de transferência” (aquele que não desembolsa dinheiro, mas gera negócios para o patrocinador e indiretamente para o time) também continua em aberto. Pelo menos é essa a condição de momento. Segundo Eric Boullier, chefe da equipe Lotus, o substituto de Kimi Räikkönen na temporada 2014 da F1 só será revelado após fechar a parceria com o grupo de investidores Infinity e garantir o orçamento para as próximas temporadas, o que significa que a Massa terá de esperar. Entretanto, a disputa agora envolve o brasileiro e Nico Hülkenberg, que, diferentemente de Felipe, não tem muito transito para captação de verba entre os patrocinadores e corre por fora apoiado só no talento, algo que não lhe falta.   “Eu quero terminar o que queríamos mostrar a Kimi, mas não conseguimos fazer isso a tempo Quero fechar isso porque Continue lendo [...]
  Inacreditável! A expressão resume o que o virtual tetracampeão mundial Sebastian Vettel fez domingo (22) no circuito de Marina Bay. Ele largou da pole-position, fez a melhor volta da corrida, andou sempre na casa de 2s mais rápido que os demais competidores e venceu de forma impressionante, de ponta a ponta, o GP de Cingapura. Fernando Alonso fez o que pode com seu Ferrari, contou com a sorte e terminou em segundo. Kimi Räikkönen esqueceu-se da dor nas costas, travou um duelo eletrizante com Jenson Button (McLaren) nas voltas finais, completou o Top-3. Button, finalmente, teve seu contrato firmado por mais uma temporada com a equipe, que, quem sabe, pode ser a próxima parada de Felipe Massa, que continua sem time.   A corrida, que tinha tudo para ser chata, ganhou vida com as batidas de Daniel Ricciardo, recém-anunciado como companheiro de equipe de Vettel na RBR, em 2014, forçando a primeira entrada do carro de segurança, e de Paul di Resta, da Force India, que embolou Continue lendo [...]
  O alemão Sebastian Vettel fez uma corrida impecável e venceu de ponta a ponta o movimentado GP da Bélgica, domingo (25), no circuito de Spa-Francorchamps. Depois de largar na segunda posição, o piloto da Red Bull ultrapassou Lewis Hamilton logo na primeira volta da corrida e não perdeu mais a liderança. Com o resultado, Vettel abriu uma vantagem de 46 pontos na liderança do Mundial de Pilotos. Atrás do alemão da Red Bull houve troca de posição no placar. Fernando Alonso, da Ferrari, assumiu a vice-liderança na tabela, privilegiado pelo abandono de Kimi Räikkönen, da Lotus. O finlandês teve problemas nos freios e estancou seu recorde de pontuação seguida. O brasileiro Felipe Massa, que largou da 10ª posição, teve problemas nas primeiras voltas e não conseguiu acompanhar o pelotão. Na segunda metade da prova, Massa se recuperou, ganhou posições, e terminou a corrida na sétima colocação.   O destaque da corrida foi Fernando Alonso, que saltou na largada Continue lendo [...]
  O que parecia improvável aconteceu. O circuito de Silverstone não pertence mais ao Clube de Pilotos Britânicos (BRDC), revelou o jornal The Independent em reportagem publicada  sábado (17). O clube, proprietário do complexo, arrendou a tradicional pista inglesa para sanar as dívidas geradas pela construção dos novos boxes, inaugurados no GP da Inglaterra de 2011. A identidade do comprador, segundo a publicação, não foi revelada. Mas pode ser que seja uma empresa imobiliária já que nos últimos meses o BRDC conduziu negociações com o grupo MEPC.   O conselho do BRDC não concedeu permissão para vender o autódromo, apenas para arrendá-lo no sistema de leasing. Os novos donos, que, segundo o jornal, administrarão Silverstone por 150 anos, assumirão a responsabilidade pela promoção do GP da Inglaterra, bem como pelo pagamento das taxas exigidas pela FOM (Formula One Management).   O rombo no caixa do BRDC começou pelas reformas no circuito, obedecendo, assim, Continue lendo [...]