Diferentemente do chato, quase insuportável treino de classificação, o GP do Bahrein, disputado no circuito de Sakhir, domingo, ofereceu aos torcedores uma prova com várias alternativas. O vencedor foi Nico Rosberg, da Mercedes, seguido de Kimi Räikkönen, da Ferrari, e Lewis Hamilton. Esse foi o segundo triunfo no ano de Rosberg, o quinto seguido, somando-se aos três do final da temporada passada, a 16ª na carreira, igualando-se ao inglês Stirling Moss. Felipe Massa terminou em sétimo.     Quem precisa afastar a urucubaca é tricampeão mundial Lewis Hamilton, que perdeu a posição de honra logo na largada para seu companheiro de equipe, além de ter sido acertado por Valtteri Bottas, da Williams, na primeira curva, rodou e caiu para a sétima posição. Foi um acidente de corrida, claro, mas obrigou o inglês a fazer uma corrida de recuperação e terminar a etapa barenita em terceiro, atrás de Kimi Räikkönen, da Ferrari. Mesma sorte não teve o companheiro do Continue lendo [...]