Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: GP de Mônaco
  Mais uma corrida decidida nas paradas para troca de pneus. Foi assim que Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu o Grande Prêmio de Mônaco, disputado domingo (28). É bem verdade que a equipe privilegiou a estratégia de parada para troca de pneus e nem precisou mandar mensagem para Kimi Räikkönen, que terminou a etapa em segundo, para abrir passagem para o líder do certame. O top 3 teve Daniel Ricciardo, da Red Bull. A Ferrari comemorou a dobradinha, que não acontecia desde 2010, quando Felipe Massa, então companheiro de Fenando Alonso, recebeu a ridícula mensagem do time Fernando is so faster than you (Fernando é mais rápido que você, em português, e teve de ceder a posição.   A corrida que começou pouca emoção até a abertura da janela para troca de pneus, mas ganhou contorno de competição a partir do grave incidente na 60ª volta, envolvendo a McLaren Jenson Button e a Sauber do alemão Pascal Wehrlein, que foi catapultada contra o muro de proteção, onde Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, conquistou de forma no mínimo inusitada, domingo (24), sua terceira vitória no Grande Prêmio de Mônaco, seguido de Sebastian Vettel, da Ferrari, e Lewis Hamilton, que perdeu a corrida com um erro da equipe que o chamou para uma troca desnecessária de pneus. Hamilton liderava a corrida livre, leve e solto até que na volta 65 o jovem de 17 anos da Toro Rosso, Max Verstappen, bateu na traseira da Lotus de Romain Grosjean e cravou, literalmente, seu carro contra o muro de proteção, o que rendeu a entrada do carro de segurança.   A dupla da Red Bull Daniil Kvyat e Daniel Ricciardo terminou em quarto e quinto, respectivamente, o melhor resultado da Red Bull da temporada, seguida por Kimi Raikkonen, da Ferrari, concluiu a prova na sexta posição, Sergio Pérez, da Force India, Jenson Button, da McLaren-Honda terminou em oitavo e garantiu os primeiros pontos da equipe de Ron Dennis, Felipe Nasr (Sauber) e nono da Sauber e Carlos Sainz (Toro Rosso), Continue lendo [...]
Lewis Hamilton, atual campeão mundial e líder do campeonato de 2015, largará da pole-position no Grande Prêmio de Mônaco, que será disputado neste domingo (24) a partir das 9 horas (horário de Brasília). Embora já tenha vencido em 2008, esta foi a primeira pole do inglês no principado. Com sorte e um deslize emocional de seu companheiro de Mercedes, o finlandês Nico Rosberg, com quem o britânico dividirá a primeira fila. Rosberg até poderia ter lutado de igual para igual com Hamilton, mas um erro de frenagem tirou o que é mais importante quando se corre em um circuito de rua, a confiança, e com isso jogou a toalha e deu ao seu principal rival na luta pelo título mais uma posição de honra. A disputa de poles entre ambos, por enquanto, mostra um placar de 5 x 1 a favor de Hamilton, o que só aperta o nó na cabeça de Rosberg.   A segunda fila será formada por Sebastian Vettel, da Ferrari, e o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull. O top-10 foi completado por Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg conquistou de ponta a ponta o GP de Mônaco, domingo (25), recuperou a liderança na tabela de pontos no Mundial de F1 e tem agora 122 pontos contra 118 acumulados por seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton, que terminou em segundo mesmo com um cisco no olho. Com o resultado, a Mercedes completa seis provas com cinco 1-2 e segue absoluta no campeonato de Marcas. Destaque para Daniel Ricciardo, que nas últimas voltou botou pressão em cima do inglês, mas, sem êxito, terminou a etapa monegasca em terceiro. Felipe Massa fez uma boa prova ao sair da 16ª para a sétima posição.   A esperada Guerra Fria, veladamente deflagrada entre os pilotos da flecha prateada, por causa de um erro de Rosberg no minuto final da classificação, no sábado, retirando qualquer oportunidade de Hamilton lutar pela pole não aconteceu. A largada, como era de se esperar, foi tumultuada, com Rosberg não tomou conhecimento e puxou o pelotão seguido de Hamilton. Só que Sergio Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg, finalmente, quebrou o domínio imposto por seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, e largará na pole-position no GP de Mônaco. Por enquanto, a equipe da estrela solitária não encontrou adversária e manteve a hegemonia. Ou seja, em seis corridas seus pilotos estiveram na frente dos demais nesta temporada. Rosberg errou na última volta, porém, como já tinha feito a volta voadora e provocou uma bandeira amarela, tirou de Hamilton a oportunidade de melhor resultado e teve de se contentar com a segunda posição.   Na disputa interna da Mercedes, Lewis Hamilton soma quatro largadas em primeiro lugar contra duas de Nico Rosberg. Já na Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo, foi de novo mais rápido que o atual tetracampeão mundial de F1 Sebastian Vettel. A dupla da equipe rubro-taurina formará a segunda fila com o terceiro e quarto melhor tempo na classificação, respectivamente.   Quem parece querer ganhar com o troféu Pé Frio é o brasileiro Continue lendo [...]
      O alemão Nico Rosberg controlou o tumultuado Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1 e conquistou a vitória domingo (26). Absoluto desde o primeiro treino livre, o piloto da Mercedes largou da primeira colocação, comandou a prova a seu bel prazer e vai colocar na prateleira o segundo troféu de vencedor de sua carreira 30 anos após seu pai Keke Rosberg também ser campeão no circuito de rua Principado. Os pilotos da Red Bull Sebastian Vettel e Mark Webber a seu lado no pódio. Lewis Hamilton, Adrian Sutil e Jenson Button completaram o top-6.   A corrida foi marcada por acidentes, a começar pela batida de Felipe Massa, quase uma reedição do de sábado. Na 30ª volta, Massa detonou seu Ferrari na entra da curva Saint Dévote, abandonou a corrida, e provocou a entrada do carro de segurança. A lambança da corrida, no entanto, não pararia ali. Pastor Maldonado e Max Chilton se tocaram na Tabacaria e o venezuelano foi arremessado contra a barreira de proteção, Continue lendo [...]
  Nico Rosberg comandou a dobradinha da Mercedes e sai na pole position pela terceira vez consecutiva, desta vez, em Mônaco. O alemão dominou todas as sessões de treinos em um fim de semana que teve de tudo, do engavetamento provocado pelo venezuelano Johnnie Cecotto Jr., na GP2, a uma fortíssima estampada de Felipe Massa na entrada da curva Saint Dévote, o que o impediu de participar de classificação de sábado e larga na última posição. O brasileiro teve o câmbio de seu Ferrari trocado, o que, pelo regulamento, perderia cinco posições no grid.     O rápido, mas sempre atabalhoado Romain Grosjean, da Lotus, também bateu durante o terceiro treino livre, obrigando um esforço extra dos mecânicos da equipe para colocar o carro do franco-suíço na pista. Mas, ao contrário de Massa, ele teve mais sorte e larga em 13º.     O dia amanheceu no Principado com uma chuva leve durante o treino de classificação, anunciando que os aprontos na pista não seriam fáceis. Continue lendo [...]
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial