GP da Inglaterra - RICARDO RIBAS Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: GP da Inglaterra
Lewis Hamilton venceu o GP da Inglaterra, disputado domingo (5) no Circuito de Silverstone. Em segundo cruzou a linha de chegada seu companheiro de Mercedes, o alemão Nico Rosberg seguido do tetracampeão mundial Sebastian Vettel, da Ferrari. O resultado da prova poderia ter sido diferente se a Williams não tivesse cometido um erro grotesco de estratégia de troca de pneus quando a chuva caiu sobre a pista e tirou a oportunidade de Felipe Massa de, no mínimo, terminar a prova na terceira posição. O brasileiro, frustrado, terminou em quarto e Bottas em quinto. Se Massa trocasse os pneus na mesma volta que Hamilton o resultado da prova poderia ter sido outro. Resumindo, a Williams quer voltar a ser grande, mas ainda pensa e age como uma equipe pequena.   A largada de Massa e Bottas foi sensacional, daquelas de fazer cair o queixo de quem acompanha automobilismo, ao deixar a dupla da Mercedes para trás. Foi como se a Williams tivesse um estilingue. Numa rápida lembrança, a Williams Continue lendo [...]
O inglês Lewis Hamilton largará da posição de honra no GP da Inglaterra a ser disputado domingo (5) no lendário Circuito de Silverstone. Ao seu lado, o piloto da casa terá seu companheiro de equipe Mercedes, o alemão Nico Rosberg, que dominou os treinos livres de sexta-feira, mas foi batido ao longo das etapas de classificação no sábado. Essa foi a oitava pole de Hamilton na temporada, e com o resultado supera Sebastian Vettel no ranking de poles da história da Fórmula 1. Hamilton é agora o terceiro lugar no placar, com 46, contra 45 do tetracampeão mundial (45), mas ainda distante do recorde de Michael Schumacher (68) e de brasileiro Ayrton Senna (65). Surpresa do dia foi Felipe Massa ao estabelecer o terceiro melhor tempo, uma posição à frente de Valtteri Bottas, ambos da Williams.   A escalada de Hamilton para a pole começou ainda no começou tímida. O inglês cravou o quarto tempo no Q1 e subiu para terceiro no Q2. Nico Rosberg dava a entender que jogaria água Continue lendo [...]
Em um GP tumultuado, marcado desde o sábado por chuva, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, aproveitou um revés de seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, o pole, que pela primeira vez no ano abandonou uma corrida, e venceu com tranquilidade domingo (6), em Silverstone. Essa foi a quinta vitória de Hamilton em 2014 com três motivos para comemorar: foi a 50ª vez na qual Silverstone recebeu a Fórmula 1; a vitória foi em casa, e com isso reduziu a distância que o separa do líder na tabela de pontos, Rosberg, que com o abandono permaneceu com 165 pontos contra 161 de Hamilton.   A chuva de sábado embolou o treino de classificação no sábado e anunciava que domingo a corrida não seria menos emocionante. E foi. A largada foi com pista seca e antes de completar a primeira volta, os carros rápidos, que no sábado não entraram em harmonia com a chuva, no domingo, largando no fim do grid colocaram pimenta no molho. Um pouco demais, é verdade, já que o piloto da Ferrari Continue lendo [...]
Em um treino atípico, com pista molhada, chuva que caía e parava sobre a pista de Silverstone, Nico Rosberg, da Mercedes, cravou a pole position para o GP da Inglaterra com o tempo de 1m35s766, e viu seu principal adversário, Lewis Hamilton, fora de combate. Sebastian Vettel, da Red Bull, chegou a liderar por alguns segundos no fim do treino, com o bom tempo de 1m37s386, mas foi superado pelo alemão da Mercedes, seguido de Jenson Button, da McLaren, que fechou com a marca de 1m38s200.   Button dividirá a segunda fila com Nico Hülkenberg, da Force India, que fez sua melhor passagem em 1m38s329, seguido por Kevin Magnussen, da McLaren, com a marca de 1m38s417. Visivelmente contrariado por não poder lutar pela pole, Lewis Hamilton, fez o tempo de 1m39s232 e larga em sexto. Da quarta fila largarão Sergio Pérez, da Force India, com 1m40s457, seguido por Daniel Ricciardo, da Red Bull, na casa de 1m40s606. Na nona e décima colocações, a dupla da Toro Rosso, Jean-Eric Vergne (1m40s707), Continue lendo [...]
  Nico Rosberg venceu, domingo (30), o caótico Grande Prêmio da Inglaterra de Fórmula 1, disputado em Silverstone. O alemão da Mercedes foi beneficiado com o abandono de Sebastian Vettel no fim da prova ao enfrentar problemas com a caixa de câmbio. A etapa marcada pelos pneus Pirelli que, literalmente, viraram pó no asfalto britânico, forçando, assim, a entrada do carro de segurança por três vezes. Por outro lado, quem teve a corrida comprometida pelos incidentes com os pneus fizeram apresentações de gala, entre eles, Felipe Massa, que fez uma das melhores largadas ao partir da 11ª (ele seria 12º, mas ganhou uma posição após a punição a Paul di Resta) para a 5ª posição na primeira volta, Lewis Hamilton, caiu da primeira para a última posição, mas conseguiu se recuperar e terminar em quarto, colado em Fernando Alonso. O demissionário Mark Webber fez uma corrida espetacular e terminou em 2º.   Não fossem os pneus, portanto, o resultado poderia ter sido diferente. Continue lendo [...]
  Perfeito! Essa palavra define o que fez Lewis Hamilton sábado (29), em Silverstone, ao conquistar a pole-position com o tempo de 1min29s607 e detonar o recorde para a pista, que era do tricampeão mundial Sebastian Vettel, com 1min29s615, registrado em 2010. O grande desempenho do inglês lhe rendeu a segunda pole na temporada e a 28ª na F1. Perfeita, também, foi a Mercedes, que, de longe, tem o melhor carro para classificação. Nico Rosberg larga da segunda posição no GP da Inglaterra, domingo (30). A decepção ficou com a Ferrari. Felipe Massa teve um desempenho abaixo do esperado. A F138 deixou o brasileiro na mão e, por isso, não conseguiu passar do Q2 e larga da 12ª posição.   O grande desempenho neste sábado rendeu ao inglês à segunda pole na temporada e a 28ª na Fórmula 1. E reiterou o domínio da Mercedes nos treinos. A equipe já havia faturado a pole em outras três etapas com Nico Rosberg. Desta vez, o alemão teve que se contentar com o segundo posto Continue lendo [...]