Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: GP da Espanha
  Max Verstappen venceu de forma convincente o GP da Espanha, disputado domingo (15), no circuito de Jerez de La Frontera, sua primeira corrida a bordo do Red Bull. “É uma sensação incrível e eu nem posso acreditar. Foi uma grande corrida. Eu tenho que dizer obrigado à equipe. Eu sou muito jovem e meu pai (Jos) me ajudou muito. Isso é incrível”. Essa foi a frase de Max Verstappen, o mais jovem vencedor da história da Fórmula 1 com 18 anos, sete meses e quinze dias). Antes, o detentor deste triunfo era o hoje tetracampeão mundial Sebastian Vettel (22 anos e 210 de vida), terceiro colocado. Kimi Räikkönen terminou em segundo.     Titular da Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo, que liderou boa parte da prova, terminou em quarto – poderia ter subido ao pódio, mas teve um pneu furado na penúltima volta. Valtteri Bottas, da Williams, recebeu a quadriculada em quinto, seguido por Carlos Sainz (Toro Rosso), Sergio Pérez (Force India), Felipe Massa. Jenson Button Continue lendo [...]
O alemão Nico Rosberg venceu de ponta a ponta o GP da Espanha, disputado domingo (10), no circuito de Montmeló. Seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton terminou em segundo e, apesar de sua equipe, a Mercedes, manter a soberania na Fórmula 1 com mais um 1-2, já percebeu que ela pode ser incomodada – não exatamente afetada – pela presença da Ferrari nos seus calcanhares. Sebastian Vettel completou o top-3 em Barcelona e demonstrou que a esquadra italiana pode evoluir no decorrer da temporada.   Que a Mercedes ainda é a maior força da temporada não resta a menor dúvida. A equipe, se ainda peca nas paradas de boxe, surpreende pelo desempenho de seus pilotos dentro da pista. O GP da Espanha não foi entusiasmante, mas, por outro lado, mostrou um Rosberg menos abatido e, por que não dizer, eufórico com sua primeira conquista na temporada – a primeira na terra de Fernando Alonso. Apesar de ainda distante de Hamilton na tabela de pontos, se o alemão conseguir Continue lendo [...]
Sete corridas, sete vitórias. Marc Márquez é o piloto a ser batido nesta temporada da MotoGP. O piloto da Honda cruzou a linha de chegada com 0,5s de vantagem sobre Rossi, da Yamaha, após um levar um toque de seu companheiro de equipe, Dani Pedrosa, na roda traseira nas últimas curvas do circuito da Catalunha, em Barcelona, Espanha, e por pouco não teve a espetacular sequência de susto final quando Pedrosa lhe tocou na roda traseira nos momentos finais da corrida. Pedrosa quase caiu, mas conseguiu terminar a etapa em terceiro.   A vitória de Márquez foi a 100ª da Honda na era moderna das 4-tempos do MotoGP e foi também histórica para o piloto, já que surgiu no mesmo dia em que o irmão Alex triunfou na Moto3, a primeira vez em 65 anos de história do Campeonato do Mundo de Motovelocidade que dois irmãos vencem corridas de Grande Prêmio no mesmo dia.   Destaque para o veterano multicampeão Valentino Rossi, que liderou boa parte da prova com a dupla da Repsol Honda Continue lendo [...]
Alex venceu de ponta a ponta o Grande Prêmio da Catalunha, disputado domingo (15), batendo Enea Bastianini e Efrén Vázquez. Este foi o seu 35º GP no qual se estreou fez a pole position, Márquez conquistou sua segunda vitória de Moto3 depois de ter triunfado em Motegi no ano passado. O espanhol, irmão do atual líder e campeão mundial MotoGP Marc, cruzou a linha de chegada com uma vantagem de 3,2s sobre o rival mais próximo, para levar ao delírio as arquibancadas e dar à Honda a primeira vitória na Moto3, além de interromper a sequência de triunfos da KTM.   O jovem da Junior Team Go&FUN Moto3, Bastianini, enfiou pressão em cima de Márquez desde a largada, sem sucesso. Porém, o segundo lugar foi comemorado como vitória já que este foi o sétimo GP de sua carreira. Vázquez foi terceiro, colado na rabeta da moto do italiano. Já o atual líder na tabela de pontos, Jack Miller, fez uma corrida de olho no campeonato. Com o quarto lugar somou cruciais pontos rumo Continue lendo [...]
Espetacular. Preciso. Lewis Hamilton ganhou, domingo (11), o GP da Espanha. Foi sua quarta vitória consecutiva na temporada e coloca o inglês na liderança do Mundial. Menos contente, o segundo colocado foi seu companheiro de equipe, Nico Rosberg. Com triunfos na Malásia, Bahrein e agora na Espanha Hamilton soma 100 pontos, três a mais do que Rosberg, que nesta altura do campeonato sabe que tem de reagir nas próximas etapas para impedir que Hamilton alargue vantagem na tabela. Imbatível, esta foi a quarta dobradinha da Mercedes na temporada. A equipe lidera o Mundial de Construtores com mais de cem pontos sobre seu concorrente mais próximo.   Quem também está com pressa para reagir é a atual equipe tetracampeã mundial de Construtores, a Red Bull. Os pilotos equipe rubro-taurina terminou a etapa espanhola nas terceira e quarta posições, com Daniel Ricciardo terceiro e o tetracampeão Sebastian Vettel, em quarto, respectivamente. Seba fez uma extraordinária prova de recuperação Continue lendo [...]
Marc Márquez é o cara da MotoGP. Ao completar seu 100º GP da carreira, o espanhol tornou-se no primeiro piloto a vencer as quatro primeiras corridas da temporada da categoria rainha desde Mick Doohan, em 1992. Márquez nunca tinha vencido em Jerez. O domínio de Márquez começou a partir da terceira volta após uma largada sensacional de Valentino Rossi, que fez uma corrida estilosa com a arisca Yamaha, e, no braço, chegou em segundo. O jovem campeão mundial passou o veterano “doutor” e chegou a ter uma vantagem de mais de 4s a partir da 12ª volta, mas, sem exagero, aliviou o punho nas voltas finais, enquanto seu companheiro de equipe, Dani Pedrosa, embutiu na traseira de Rossi, para terminar a corrida com lugar no pódio.   Verdade seja dita. Apesar da longevidade, Rossi fez uma corrida soberba, levando-se em consideração que sua Yamaha, tecnicamente falando, está longe da melhor forma. A disputa travada com Pedrosa foi vencida pelo talento inquestionável do multicampeão, Continue lendo [...]
  Contrariando a máxima que diz que quem larga na frente sempre leva vantagem, Fernando Alonso colocou fim a um tabu, domingo (12), e conquistou, pela segunda vez na carreira, o Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1. Piloto da casa, o asturiano fez uma largada sensacional ao sair da quinta colocação do grid para vencer a prova no Circuito da Catalunha e reassumir a primeira posição do Mundial de Pilotos. A Ferrari, além disso, Felipe Massa subir no pódio pela primeira vez na temporada depois de uma ótima corrida de recuperação, ao pular de nono na largada, e terminar em terceiro lugar. O finlandês Kimi Räikkönen ficou em segundo, enquanto o alemão Sebastian Vettel foi quarto.   A vitória de Alonso marca um fato inédito. Desde que o GP da Espanha é realizado no Circuito da Catalunha, nunca um piloto que saiu da terceira fila havia conseguido cruzar a linha de chegada em primeiro lugar. Na verdade, entre 1991 e 2012, aconteceu apenas um triunfo de um competidor que Continue lendo [...]
  Nico Rosberg surpreendeu mais uma vez e largará na pole position do GP da Espanha de F1, domingo (12), no circuito de Barcelona. Com uma grande performance na última parte do treino classificatório, ele deu capote na favorita Red Bull, de Sebastain Vettel, e cravou o primeiro lugar pela segunda vez consecutiva, com 1min20s710. Ao seu lado, largará seu companheiro de equipe, o inglês Lewis Hamilton. O brasileiro Felipe Massa, com a Ferrari, largará em sexto lugar, uma posição atrás do espanhol Fernando Alonso, que superou Massa por um milésimo de segundo.   A adequação dos pilotos aos novos compostos dos pneus Pirelli, mais uma vez, foi fundamental para decidir as posições na pista. Durante a Q1, as principais escuderias apostaram nos pneus duros, economizando o macio para a parte final do treino e os pilotos fizeram apenas o bê-á-bá para seguir. Ao fim desta etapa, quem ficou de fora foi o venezuelano Pastor Maldonado, da Williams, que marcou apenas o 18º tempo. Continue lendo [...]