Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: GP da China
  Lewis Hamilton venceu de ponta a ponta o GP da China, disputado domingo (9) no mais instável que mulher com TPM Circuito de Xangai. Entre sorrisos e gracejos, subiram no pódio Sebastian Vettel, da Ferrari, e Max Verstappen, da Red Bull. Diferentemente da modorrenta etapa de abertura, o GP da Austrália, o chinês foi mais interessante, com apresentações de gala de Hamilton, Verstappen, que ganhou nada menos que 14 posições logo no primeiro giro.     Fernando Alonso, que conseguiu andar com sua McCarroça na zona de pontuação até ter a suspensão quebrada e seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne com falha no claudicante motor Honda. Mas teve o lado segura peão em Xangai. Pareceu-me claro a divisão de forças na categoria, liderada pela Mercedes e Ferrari seguida da Red Bull. Williams, que fez boa pré-temporada, é incógnita, assim com Haas, Force India e STR.     As interpretações dignas de bufões da corte de Antonio Giovinazzi ao rodar, dar uma panca Continue lendo [...]
Lewis Hamilton conquistou sua terceira vitória consecutiva nesta temporada com um desempenho para ninguém botar defeito na China, domingo (20), no circuito de Xangai. Fora a lambança do fiscal xing ling, que deu a bandeira quadriculada ao inglês na volta 54 das 56, para a Mercedes foi uma vitória maiúscula ao fazer 1-2 com Nico Rosberg, o segundo colocado e líder na tabela de pontos, e embolar o meio de campo. O alemão fez uma corrida com a faca entre os dentes após uma largada conturbada. Os dois pilotos da Red Bull não subiram ao pódio e ficaram atrás Fernando Alonso, da Ferrari, que subiu no pódio pela primeira vez na temporada em terceiro na estreia do novo chefe de equipe Marco Mattiacci, que substituiu o demissionário Stefano Domenicali. O top-5 foi composto por Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel, ambos da equipe rubro-taurina. Entre os Construtores, a equipe da estrela solitária com confortáveis 154 pontos.   Lá pelos lados da Williams, o fim de semana não Continue lendo [...]
Lewis Hamilton conquistou sua terceira pole position da temporada com um desempenho sublime em uma sessão de qualificação com piso encharcado pela chuva que desabou em Xangai na tarde de sábado (madrugada no Brasil). O piloto da Mercedes conquistou sua 34ª pole e é agora líder na estatística entre pilotos compatriotas. O britânico foi mais de meio segundo mais rápido do que o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull. O atual tetracampeão Sebastian Vettel largará em terceiro ao lado de Nico Rosberg.   Fernando Alonso, reconhecidamente rápido em pista molhada, foi o quinto e dividirá a terceira fila com Felipe Massa, que desceu a sapatilha, conseguiu superar os problemas da Williams para cravar o sexto melhor tempo na superpole. Assim, o brasileiro sai na frente de seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas. Nico Hülkenberg, Jean-Éric Vergne e um impressionante Romain Grosjean completaram os dez melhores do grid chinês.   Confira o grid de largada para Continue lendo [...]
  Sobrou e foi sensacional na pista. Esse é Fernando Alonso, vencedor do GP da China, disputado na madrugada de domingo (14), em Xangai. O espanhol contou, também, com a excelente estratégia de paradas para troca de pneus montada pela Ferrari. O mesmo não se pode dizer para Felipe Massa, que fez uma largada agressiva, partiu para cima de seu companheiro de equipe, mas, com problemas nos pneus e uma tática de boxes equivocada, terminou na sexta posição. O bicampeão do mundo dominou a corrida do início ao fim e não deu chances aos rivais, conquistando sua primeira vitória na temporada, a décima pela Ferrari e a 31ª da carreira, empatando com Nigel Mansell como quarto maior vencedor da história da F1.   Kimi Räikkönen também sentou a pua, suportou a pressão final de Lewis Hamilton no final da prova e terminou na segunda posição. O inglês da Mercedes, que largou da posição de honra, também terminou pressionado pelo tricampeão mundial Sebastian Vettel e completou Continue lendo [...]
O GP da China, terceira etapa da temporada 2013 da Fórmula 1, pode ser palco de disputas extra pista, mais precisamente nos bastidores, onde o caldeirão sem fundo está fervendo mais que as ponteiras dos escapamentos dos carros. As “desobediências de ordens” das chefias da Red Bull e Mercedes, envolvendo o tricampeão Sebastian Vettel e Mark Webber e Lewis Hamilton e Nico Rosberg, respectivamente, geraram animosidade, para não dizer rusga declarada, queda de braço entre os pilotos. Vettel e Hamilton ultrapassaram seus companheiros de time, não dando bola aos pedidos para remapearem seus motores e terminarem a prova nas posições que ocupavam no GP da Malásia. Ou seja, se respeitasse, Webber venceria com o alemão na cola, o mesmo ocorrendo com o inglês, então quarto, atrás de Rosberg, o terceiro. Não aconteceu e as caras amarradas foram vistas no pódio malaio. Resumindo, fedeu, com o perdão da palavra. O GP da China de Fórmula 1 acontece neste domingo, às 4 horas.   O Continue lendo [...]
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial