Google - RICARDO RIBAS Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Google
  Automóveis que andam sozinhos, conhecidos como carros inteligentes ou  autônomos, são vistos em filmes e parecem pertencer a um futuro distante. Porém, a novidade já existe e passa por constantes testes das indústrias automobilísticas e tecnológicas – como provam os modelos Totoya Prius, Lexus RX450H e do Google. Programados por computadores, eles podem ser comandados por celulares, relógios, entre outros dispositivos.   Apesar da previsão de chegada desses veículos às concessionárias estar prevista para a próxima década, o assunto já levanta discussões. Uma pesquisa aberta aos mais de 40 mil seguidores da fanpage da Instacarro aponta que 85% são a favor da comercialização do quatro rodas inteligente no Brasil.   Confira como os brasileiros avaliam o carro inteligente:   •      Maioria quer o carro inteligente 55,6% alegam que comprariam o auto, porque facilitaria o cotidiano. O veículo pode ser especialmente interessante para diminuir acidentes Continue lendo [...]
O Open Automotive Alliance (OAA), consórcio de fabricante de automóveis e da indústria de tecnologia que a Hyundai Motor Group é um dos membros fundadores, apresentou, dia 26, o Android Auto, ferramenta que permite aos motoristas acessarem facilmente muitas das características encontradas em seus smartphones com Android por meio de touchscreen do painel de instrumentos. A solução da Kia é um dos primeiros produtos a sair da OAA. A marca tem como meta oferecer o seu sistema Infotainment com o Android Auto em alguns modelos a partir de 2015.   “A capacidade do projeto, incluindo aplicações e funcionalidades do smartphone, tem sido uma forte demanda de clientes”, diz Paul Choo, diretor da Silicon Valley Lab Accelerator. Ainda de acordo com ele, “o objetivo é fornecer uma maneira mais inteligente e mais segura para usar a tecnologia de smartphones, oferecendo a liberdade de nossos dispositivos móveis aos consumidores. O sistema da Kia vai nos ajudar a alcançar esse objetivo”, Continue lendo [...]
A perda de 50 milhões de telespectadores, aparentemente, não faz Bernie Ecclestone, presidente da FOM (Formula One Management), a empresa que detém os direitos comerciais e de imagem da F1, que nem pensa em voltar os olhos aos novos meios de comunicação, particularmente os alojados na internet. A queda vertical de audiência mundial da F1 na TV na temporada 2013 está no relatório anual de audiência global da FOM. Será cegueira ou medo do novo?   Alegar que Ecclestone é tapado ou que o peso de seus 83 anos o impedem de ver o mundo novo é duvidoso. Porém, fazer vista de moco e achar que a F1 se encerra em si mesma e acreditar que ela continuará a ser um produto que se vende sozinho está errado. O sinal amarelo está piscando, caso contrário as emissoras de televisão e países sede não estariam dando voltas para encontrarem patrocinadores dispostos a colocar dinheiro bom e grande em produto, no mínimo, claudicante. Portanto, merece atenção.   É bem verdade que Continue lendo [...]