Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Gilberto Kassab
O presidente da AEA (Associação Brasileira de Engenharia Automotiva), Edson Orikassa, entregou dia 25, durante cerimônia de abertura do XXIII Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva – SIMEA, carta aberta ao representante do ministro das Cidades Gilberto Kassab, Ailton Brasiliense, solicitando prioridade na implementação no País de programas de inspeção e manutenção de veículos em uso.   No conteúdo, a melhoria das condições de segurança veicular e de combate à poluição do ar que vem sendo conquistada com o auxílio de programas de inspeção e manutenção de veículos em uso em dezenas de países. Mas o Brasil não tem avançado neste campo, apesar de dispor de moderna legislação de trânsito e meio ambiente. Veículos mal mantidos são causas de acidentes e geram aumento na emissão poluentes, penalizando a população com perdas de vidas, incapacitação física e doenças associadas à poluição elevados custos.   A entidade tem como intuito Continue lendo [...]
A Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA) abre o credenciamento de imprensa para do XXIII Simpósio Internacional de Engenharia Automotiva – SIMEA, que acontece nos dias 25 e 26 de agosto próximo no WTC Events Center, em São Paulo. O simpósio traz este ano o tema “Tecnologia e conectividade melhorando a mobilidade”, com três painéis – Interação e conectividade do veículo visando a segurança, Facilitadores da mobilidade (Infotainment) e Choque de realidade – o que se espera do veículo como produto -, além de quatro sessões de keynote speakers, 60 trabalhos técnicos e a mostra de tecnologia, em parceria com a Automaker, responsável pelo Automotive Testing Show and Expo.   O SIMEA – nos três painéis – terá onze palestrantes nacionais e internacionais. A abertura oficial será conduzida pelo chairman, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, pelo presidente de honra Cledorvino Belini, e contará com a presença já confirmada do presidente Continue lendo [...]
A reforma do autódromo de Interlagos, em São Paulo, começará a passar por reformas no meio deste ano para se adequar às exigências da Fórmula 1, mas não como havia sido acertada por contrato com a FOM (Formula One Management), empresa responsável pelos direitos da categoria máxima do automobilismo. A proposta era de construção de novos boxes e paddock na reta Oposta, onde seria, também, o ponto de largada. A intervenção, porém, foi descartada pela administração Fernando Haddad (PT-SP), prefeito municipal de São Paulo. Ficou o dito pelo não dito.   Segundo a organização do GP do Brasil, o paddock, os boxes e o ponto de largada serão mantidos na localização atual e não vão mais para a reta Oposta, como previsto anteriormente, e que foi alvo de reclamação recorrente da F1 pelo espaço reduzido. O custo total da reforma, estimado em R$ 160 milhões, valor está garantido pelo Ministério do Turismo, dentro de um pacote que envolve um total de R$ 260 milhões, Continue lendo [...]
Samba do crioulo doido. É assim que se podem definir as reformas a ser executadas no Autódromo José Carlos Pace, em Interlagos. A FOM (Formula One Management), detentora dos direitos comerciais da F1, fez uma série de exigências para manter uma etapa da categoria no calendário até 2020. As negociações entre a prefeitura de São Paulo e Bernie Ecclestone, presidente da FOM, começaram no ano passado na gestão ex-prefeito Gilberto Kassab e continuaram na atual com o petista Fernando Haddad.   Só que houve uma reestruturação de custos. Originalmente, as obras estavam orçadas em RS$ 400 milhões e caiu para R$ 130 milhões. Ou seja, uma diferença financeira de algo em torno de 52%. Mágica não é. Alguma coisa ficará só no papel ou, na melhor das hipóteses, no discurso do “prefeito das faixas exclusivas de ônibus”. O contrato em vigor vence em 2014.   A diminuição do valor é parcialmente explicada pelo fato de uma melhora na aparência do entorno do autódromo Continue lendo [...]
  A cobra fumou e desta vez pode mesmo deixar São Paulo fora da Fórmula 1 em 2014. Bernie Ecclestone, o octogenário comandante da principal categoria do automobilismo mundial, que já reúne condições de ser chamada de conglomerado de locadora de veículos, está irritado com a falta de melhorias no autódromo de Interlagos e ameaçou retirar a etapa do calendário para a próxima temporada por não atender aos requisitos mínimos. É, portanto, um tapa na cara dos últimos signatários da municipalidade, que deram as costas ao decano autódromo e foi irremediavelmente mutilado pelas imposições da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e FOM (Formula One Management). As reclamações de Bernie, entretanto, têm sentido.     "As promessas de reforma de Interlagos não foram cumpridas. Agora, chega. Não fosse a relação antiga e os sentimentos que me ligam ao Brasil, a Fórmula 1 já não estava mais lá", disse Ecclestone em entrevista ao jornal O Estado de Continue lendo [...]
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial