O início da acrobacia aérea no Brasil se deu após a primeira guerra mundial, pois durante a guerra os pilotos treinavam manobras evasivas para fugir do inimigo dentro do combate. Com o fim da primeira guerra, os pilotos criaram um grupo de amigos para se apresentarem para o público. Em 1952 surgiu a chamada Esquadrilha da Fumaça, nome popular do Esquadrão de Demonstração Aérea, um órgão militar formado por um grupo de pilotos e mecânicos da Força Aérea Brasileira que fazem demonstrações de acrobacias aéreas pelo Brasil e pelo mundo. A acrobacia aérea no Brasil por muitos anos foi vista como uma atividade voltada apenas para praticantes da modalidade radical, restrita a um grupo seleto de pilotos, porém a Villela Aero Sports, pioneiro no Brasil tem mudado este conceito.   O empresário paranaense José Villela Kandrotas, com mais de 30 anos de história na aviação brasileira, iniciou como piloto agrícola, e após longa experiência resolveu empreender e fundou Continue lendo [...]