Skip to content

RICARDO RIBAS

Jornalismo feito por jornalista

Archive

Tag: Daniel Ricciardo
Sebastian Vettel, da Ferrari, quebrou a hegemonia da Mercedes e venceu, domingo (26), o atabalhoado GP da Hungria, disputado no circuito de Hungaroring, seguido do surpreendente piloto russo Daniil Kvyat e do austrialiano Daniel Ricciardo, ambos da Red Bull. Nesta etapa, o cavalinho rampante de Maranello virou Pégaso, não tomou conhecimento do favoritismo da estrela solitária, que ainda foi atropelada por dois touros. Cheia de alternativas, a etapa foi marcada, também, por um comovente minuto de silêncio dos pilotos antes da largada pela morte do piloto francês Jules Bianchi, falecido em 17 deste mês aos 25 anos, em Nice, vítima de um gravíssimo acidente no GP do Japão, a primeira morte após o trágico GP de Ímola de 1995, que marco a morte do tricampeão mundial Ayrton Senna.   Max Verstappen, da Toro Rosso, terminou em quarto, seguido por Fernando Alonso, da McLaren, que, de novo, levou o carro pelo pescoço a quinta colocação, graças, também, ao elevado número Continue lendo [...]
Lewis Hamilton experimentou domingo (21) o triplo sabor da vitória ao ver seu companheiro de equipe Nico Rosberg abandonar a corrida com problema no volante de direção ainda na largada, vencer de ponta a ponta o GP de Cingapura e reassumir a liderança no Mundial. O inglês fez uma prova perfeita ao percorrer as 60 voltas – a corrida terminou no limite de tempo de duas horas – praticamente em ritmo de classificação da segunda parte até o final da prova. Quem deve estar coçando a cabeça é Rosberg, que tinha 22 pontos de vantagem na classificação, correu apenas 14 voltas, e agora faltando cinco etapas do fim, ver Hamilton com 241 pontos e ele com 238. Evidentemente que a diferença é mínima entre ambos, mas Hamilton está aparentemente mais motivado. Completou o pódio em Cingapura os dois pilotos Red Bull Sebastian Vettel e Daniel Ricciardo, segundo e terceiro, respectivamente, seguidos por Fernando Alonso, da Ferrari, e o brasileiro Felipe Massa, da Williams, em quinto Continue lendo [...]
O sorridente australiano Daniel Ricciardo, da RBR, venceu o GP da Bélgica, domingo (24), no circuito de Spa-Francorchamps, e continua a ser o único a vencer além da poderosa Mercedes. Ricciardo, que venceu no Canadá e Hungria deu as cartas também na Bélgica ao fazer uma estratégia correta de paradas no box e se valeu da confusão armada no começo da prova entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg, que apesar de ter parte da asa dianteira danificada conseguiu cruzar a linha de chegada na segunda posição, seguido de Valtteri Bottas, da Williams, que pilotou muito, o que, em tese, justifica o interesse da McLaren em tê-lo como piloto titular da equipe de Woking na próxima temporada quando será empurrada por motor Honda.   A disputa interna entre os pilotos da Mercedes, como era de se esperar, não terminou bem. Líder da tabela de pontos e pole-position, Nico Rosberg perdeu a liderança para seu companheiro de equipe logo na largada e ao tentar recuperar a posição teve a porta Continue lendo [...]
Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu o GP da Hungria, disparado o melhor da temporada, disputado domingo (27) no circuito de Hungaroring. Foi a segunda vitória do australiano – a primeira foi no Canadá – este ano. Em segundo chegou Fernando Alonso, da Ferrari, após uma disputa sensacional com Lewis Hamilton, da Mercedes, que saiu da última posição nos boxes, e fez uma corrida de recuperação extraordinária. Líder do campeonato, Nico Rosberg terminou em quarto, embutido na traseira de seu companheiro de equipe e principal rival na luta pelo título. Felipe Massa, desta vez, foi competitivo e completou o top-5 depois de uma disputa ferrenha com Kimi Räikkönen.   “Abusado”, como Ricciardo era chamado na infância, largou na quarta colocação e fez uma corrida sensacional, irreparável mesmo. O australiano e soube usar a estratégia correta da Red Bull para desbancar a Mercedes pela segunda vez ano. Preciso como um bisturi elétrico, o piloto da equipe rubro- taurina Continue lendo [...]
Nico Rosberg conquistou sábado (19) a pole position do Grande Prêmio da Alemanha, que será disputado domingo (20) no circuito de Hockenheim. O alemão fez sua melhor volta com o tempo de 1min16s540 e não foi importunado por ninguém, já que seu companheiro de Mercedes Lewis Hamilton teve o disco de freio da roda dianteira esquerda quebrado, estampou a barata no muro, ainda no Q1, e largará da 16ª posição. Com isso, Rosberg conquistou sua quinta pole na temporada e tem franca possibilidade de manter a liderança na tabela de pontos.   Valtteri Bottas, da Williams, demonstrou estar em excelente fase e vai compor a primeira fila ao lado de Rosberg. Felipe Massa, pole no GP da Áustria, foi o terceiro, seguido por Kevin Magnussen, da McLaren. O brasileiro, no entanto, precisa mais que uma boa posição de largada marcar pontos e melhorar sua posição no campeonato, que, por enquanto, internamente Bottas está dando de lavada sobre Massa. A falta de sorte que tem sido a marca Continue lendo [...]
Em um GP tumultuado, marcado desde o sábado por chuva, o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, aproveitou um revés de seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, o pole, que pela primeira vez no ano abandonou uma corrida, e venceu com tranquilidade domingo (6), em Silverstone. Essa foi a quinta vitória de Hamilton em 2014 com três motivos para comemorar: foi a 50ª vez na qual Silverstone recebeu a Fórmula 1; a vitória foi em casa, e com isso reduziu a distância que o separa do líder na tabela de pontos, Rosberg, que com o abandono permaneceu com 165 pontos contra 161 de Hamilton.   A chuva de sábado embolou o treino de classificação no sábado e anunciava que domingo a corrida não seria menos emocionante. E foi. A largada foi com pista seca e antes de completar a primeira volta, os carros rápidos, que no sábado não entraram em harmonia com a chuva, no domingo, largando no fim do grid colocaram pimenta no molho. Um pouco demais, é verdade, já que o piloto da Ferrari Continue lendo [...]
A expectativa vitória dos fãs de Felipe Massa, pole position no GP da Áustria, de novo, frustrou. O vencedor foi Nico Rosberg seguido de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas, companheiro do brasileiro na Williams. A corrida austríaca, válida pela oitava etapa da temporada, disputada domingo (22) no circuito de Spilberg, restabeleceu a ordem na F1: as Mercedes sobram, enquanto as demais são coadjuvantes. Massa fez sua melhor corrida este ano e poderia ter chegado em terceiro não fosse um atraso na primeira troca de pneus e comprometeu sua corrida, quando foi superado pela dupla da Mercedes. Como bônus, Bottas subiu pela primeira vez no pódio, o primeiro da Williams na atual temporada.   Rosberg, por sua vez, fez mais uma boa corrida e assumiu a ponta da prova nos boxes para conquistar seu sexto triunfo no ano e alargar ainda mais sua vantagem na tabela de pontos ante seu principal rival, Lewis Hamilton. O alemão fez uma primeira volta campeã ao pular da quarta para a segunda Continue lendo [...]
Foram seis longos anos de jejum, mais precisamente desde o GP do Brasil de F1 de 2008, que Felipe Massa não disputava uma posição decente de largada. Esse tempo ficou para traz. Sábado (21), o brasileiro da Williams conquistou a pole position para o Grande Prêmio da Áustria com o tempo de 1min08s759 e dividirá a primeira fila com seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.   Com a posição de honra, o brasileiro encerrou também o regime da Williams, além de desbancar a poderosa Mercedes. A Williams não largava na pole desde o GP da Espanha de 2012, quando Pastor Maldonado largou em primeiro beneficiado por uma punição a Lewis Hamilton, então o pole, e venceu. No domingo, o paulistano largará na frente pela 16ª vez na sua carreira. Para o Brasil também há motivos de comemoração já que o último piloto da casa a sair da pole foi Rubens Barrichello, em 2009, em Interlagos.   Na segunda fila Logo atrás da dupla da Williams, ficaram Nico Rosberg, Continue lendo [...]