O impacto da crise financeira e da disparada do dólar sobre as vendas de jatos e helicópteros executivos tem sido revertido no Prime Fraction Club – empresa pioneira no compartilhamento de bens de luxo – graças às condições financeiras, que incluem negócios com base na cotação do dólar a partir de R$ 3,40 e taxas de financiamento a partir de 3,5% ao ano –, além dos próprios benefícios do sistema de cotas oferecido pela empresa. Em 2015, o Prime Fraction Club registrou uma procura em torno de 16% maior, por parte de interessados em adquirir uma cota das aeronaves administradas pela empresa, graças às vantagens do sistema propriedade compartilhada de aeronaves, em comparação à propriedade exclusiva do bem.   Com o objetivo de acelerar ainda mais a procura, o Prime congelou para algumas unidades a cotação do dólar a partir de R$ 3,40 e oferece taxas de financiamento a partir de 3,5% ao ano, dependendo do modelo da aeronave. “São condições financeiras que Continue lendo [...]