Daniel Ricciardo, da Red Bull, venceu o GP da Hungria, disparado o melhor da temporada, disputado domingo (27) no circuito de Hungaroring. Foi a segunda vitória do australiano – a primeira foi no Canadá – este ano. Em segundo chegou Fernando Alonso, da Ferrari, após uma disputa sensacional com Lewis Hamilton, da Mercedes, que saiu da última posição nos boxes, e fez uma corrida de recuperação extraordinária. Líder do campeonato, Nico Rosberg terminou em quarto, embutido na traseira de seu companheiro de equipe e principal rival na luta pelo título. Felipe Massa, desta vez, foi competitivo e completou o top-5 depois de uma disputa ferrenha com Kimi Räikkönen.   “Abusado”, como Ricciardo era chamado na infância, largou na quarta colocação e fez uma corrida sensacional, irreparável mesmo. O australiano e soube usar a estratégia correta da Red Bull para desbancar a Mercedes pela segunda vez ano. Preciso como um bisturi elétrico, o piloto da equipe rubro- taurina Continue lendo [...]