Ricardo Maurício chegou em 2º -  Reprodução

Ricardo Maurício chegou em 2º em Interlagos- Reprodução

Ricardo Maurício conquistou o segundo título da carreira na Stock Car em uma corrida sensacional em Interlagos, disputada domingo (15). O piloto de baixa estatura se agigantou e, cinco anos depois de ser campeão pela primeira vez, no mesmo Autódromo José Carlos Pace, deixou Thiago Camilo na poeira, e em um final de prova espetacular para ficar com o título. O vencedor foi Ricardo Zonta, que levou o prêmio de R$ 1 milhão, .

 

Maurício venceu o campeonato na excelente estratégia de corrida já que largara em sexto, atrás de Camilo e Daniel Serra, outros postulantes ao campeonato. A sorte, portanto, deveria soprar a favor do piloto da equipe Eurofarma e foi exatamente isso que aconteceu. Maurício aguardou a hora certa para atacar, deixou seus oponentes misturarem tintas lá na frente, e após a para troca de pneus e reabastecimento partir para cima.

 

Thiago Camilo passou a maior parte da prova à frente de Maurício. Em terceiro na fase final da disputa, ultrapassou Allam Khodair e subiu para segundo. Chegou, também, a passar por Ricardo Zonta. Mas o carro o deixou não correspondeu e foi perdendo ritmo, recebeu até, finalmente, ser ultrapassado por de Zonta, o vencedor.

 

Assistindo a tudo de camarote, Maurício dividiu a curva do Bico de Pato com Camilo, deixou o carro espalhar na saída e deixou o rival na poeira e o carro aparar grama. Neste momento, entretanto, ainda não estava decidido o título. Dependia, sobretudo, de braço e boa sobra de sorte, que só os campeões têm. Camilo perdeu tanto ritmo de corrida, a ponto de perder a disputa com Zonta e terminar a corrida em sexto. Mas o melhor ainda estava por vir.

 

Na volta final, a disputa pelo milhão de reais estava entre Zonta, Maurício e Cacá Bueno ainda brigaram pelo milhão. Mas não houve alteração, só beliscadas daqui e de lá entre os pilotos. Zonta venceu pela segunda vez na Stock Car, mas, desta vez, pode levar o troféu para casa. Isto porque, em 2009, fora desclassificado porque completou a corrida sem capô. Cacá Bueno completou o top-3 em Interlagos.