Esloveno Roman Jelen voou alto para conquistar o título da categoria MX3 na Copa Brasil de Motocross - Café Fotos

Esloveno Roman Jelen voou alto para conquistar o título da categoria MX3 na Copa Brasil de Motocross – Café Fotos

 

Roman Jelen conquistou domingo (18) o título da categoria MX3 na Copa Brasil de Motocross. O piloto esloveno da equipe IMS Racing venceu a corrida com folga e comemorou na pista do Motódromo Marronzinho, em São José (SC). A segunda e última etapa do torneio reuniu grande público e foi válida como a quarta rodada do Campeonato Brasileiro da modalidade.

 

“Estou muito orgulhoso de estar aqui no Brasil e de ter a oportunidade de competir. Para mim, a felicidade vai muito além de vencer. Quero continuar me divertindo e dando show para o público, e ainda contribuir para elevar o nível do esporte no país”, comentou Jelen.

 

O veterano, que é casado com uma brasileira e mora no interior paulista, já se tornou uma referência para os pilotos na pista. Ele possui ampla experiência internacional no esporte, tanto que defendeu a Eslovênia no Motocross das Nações de 1999, além de ter sido chefe de equipe de seu país em outra edição do importante evento.

 

Outro destaque da IMS Racing foi o inglês Adam Chatfield, que subiu no pódio da MX1 na quinta colocação na soma das duas corridas da etapa catarinense. Assim, o inglês fechou a participação na Copa Brasil em sétimo lugar. “Foi um final de semana de altos e baixos, sinto que poderia ter ido melhor e vou trabalhar duro para ficar mais rápido neste final de temporada. A Copa Brasil foi um ótimo torneio, sem dúvidas contribuiu muito para o motocross no país”, concluiu.

 

O paranaense Rafael Faria, que nos últimos meses esteve em recuperação de uma lesão no ombro, também acelerou pela MX1 já de olho em 2016. Ele ficou em 11º lugar na soma das corridas do dia, o que rendeu a 13ª colocação na Copa Brasil. Na MX2, Caio Lopes foi o sexto colocado na soma das duas baterias e finalizou a Copa Brasil em quinto lugar.

 

Resultados – 2ª Etapa da Copa Brasil de Motocross / 4ª Etapa do Brasileiro de Motocross 2015

 

MX3

1 – Roman Jelen – IMS Racing

2 – Duda Parise

3 – Milton Becker

4 – Paulo Stedile

5 – Erivelto Nicoladelli

 

MX2

(1ª bateria)

1 – Fábio dos Santos

2 – Hector Assunção

3 – Dudu Lima

4 – João Pedro Ribeiro

5 – Enzo Lopes

7 – Caio Lopes – IMS Racing

 

MX1

(1ª bateria)

1 – Antonio Cairoli

2 – Carlos Campano

3 – Jean Ramos

4 – Jorge Balbi

5 – Jetro Salazar

6 – Adam Chatfield – IMS Racing

11 – Rafael Faria – IMS Racing

 

MX1

(2ª bateria)

1 – Antonio Cairoli

2 – Carlos Campano

3 – Jean Ramos

4 – Paulo Alberto

5 – Adam Chatfield – IMS Racing

10 – Rafael Faria – IMS Racing

 

MX1

(soma das baterias)

1 – Antonio Cairoli

2 – Carlos Campano

3 – Jean Ramos

4 – Jorge Balbi

5 – Adam Chatfield – IMS Racing

11 – Rafael Faria – IMS Racing

 

MX2

(2ª bateria)

1 – Hector Assunção

2 – Dudu Lima

3 – João Pedro Ribeiro

4 – Enzo Lopes

5 – Fábio dos Santos

6 – Caio Lopes – IMS Racing

 

MX2

(soma das baterias)

1 – Hector Assunção

2 – Dudu Lima

3 – Fábio dos Santos

4 – João Pedro Ribeiro

5 – Enzo Lopes

6 – Caio Lopes – IMS Racing

 

Classificação final – Copa Brasil de Motocross

MX3

1 – Roman Jelen – 25 pontos – IMS Racing

2 – Duda Parise – 22

3 – Milton Becker – 20

4 – Paulo Stedile – 18

5 – Erivelto Nicoladelli – 16

 

MX1

1 – Carlos Campano – 93

2 – Jean Ramos – 91

3 – Jorge Balbi – 76

4 – Paulo Alberto – 71

5 – Jetro Salazar – 63

7 – Adam Chatfield – 52 – IMS Racing

13 – Rafael Faria – 22 – IMS Racing

 

MX2

1 – Hector Assunção – 97

2 – Fábio dos Santos – 81

3 – Dudu Lima – 78

4 – João Pedro Ribeiro – 74

5 – Caio Lopes – 58 – IMS Racing

 

Classificação após quatro etapas – Campeonato Brasileiro de Motocross

MX1

1 – Carlos Campano – 188

2 – Jean Ramos – 173

3 – Paulo Alberto – 156

4 – Jetro Salazar – 131

5 – Jorge Balbi – 128

7 – Adam Chatfield – 113 – IMS Racing

17 – Rafael Faria – 23 – IMS Racing

 

MX2

1 – Hector Assunção – 182

2 – João Pedro Ribeiro – 137

3 – Dudu Lima – 134

4 – Enzo Lopes – 130

5 – Fábio dos Santos – 121

7 – Caio Lopes – 91 – IMS Racing

Fonte: Organização