Divulgação

 

Para apoiar os revendedores de combustíveis a ampliar as oportunidades de negócios nos postos, a ALE, quarta maior distribuidora de combustíveis do país, está oferecendo consultoria de varejo aos empresários de sua rede. O objetivo é identificar possibilidades de geração de faturamento além da tradicional comercialização de combustíveis nos pontos de venda, normalmente localizados em áreas estratégicas nas cidades.

 

Uma das iniciativas recentes foi a parceria firmada com a Moove – uma das maiores fabricantes de lubrificantes e especialidades automotivas no segmento – detentora da marca Mobil no Brasil, Espanha, Argentina, Paraguai e Bolívia. Com o acordo, os postos da rede ALE, localizados em 21 Estados e no Distrito Federal, passaram a comercializar a linha completa de lubrificantes para carros, motos e caminhões da Mobil. Em julho, primeiro mês de venda da linha Mobil nos postos, o volume comercializado foi de aproximadamente 680 mil litros, superando em 150% a meta inicialmente definida.

 

“Passamos a oferecer aos revendedores a possibilidade de ter em seus postos produtos de uma empresa detentora da melhor estrutura logística de entrega entre as marcas comercializadas no Brasil, com estoques locais em vários pontos do país”, afirma o gerente de Marketing e Lubrificantes da ALE, Frederico Amorim. Ele explica que, em conjunto com a nova parceria, a ALE está revigorando seu modelo de troca de óleo estruturada, denominada ALE Express. “Estamos oferecendo uma proposta de negócio arrojada para proporcionar mais rentabilidade à operação dos postos”, afirma Amorim.

 

A nova ALE Express será uma boutique de serviços automotivos completa e informatizada, incluindo parcerias com as principais marcas de produtos automotivos. As unidades terão itens de reposição e de car care, além de contar com a presença de profissionais capacitados para dar orientações aos clientes. “Colocaremos à disposição dos revendedores uma plataforma com alta capacidade de geração de margem de contribuição para o complexo do posto e grande potencial de fidelização de clientes”, destaca Frederico Amorim.

 

De acordo com ele, na média geral do Brasil, uma loja de conveniência, como a Entreposto, proporciona de 30% a 35% de margem de contribuição. Já uma unidade de troca de óleo estruturada, como a ALE Express, proporciona de 55% até 60% de margem de contribuição. “Estar atento aos hábitos do consumidor faz com que o dono de posto seja um varejista de sucesso. Por isso, oferecer outros serviços aos clientes, além de combustíveis, garante uma maior receita e agrega valor ao estabelecimento. Aproveitar o fluxo de carros e pessoas, oferecendo outras soluções, como lavagem de carro, troca de óleo, manutenção no carro, um lanche e um café, possibilita uma melhor rentabilidade do negócio”, acrescenta.

 

Lojas de conveniência – Outro investimento para otimizar os negócios dos postos são as lojas de conveniência Entreposto (EP), marca exclusiva da ALE. Um dos diferenciais que a companhia oferece é a flexibilidade, pois o modelo de negócio não é engessado: o revendedor pode conhecer as novas tendências desse segmento e adaptá-las à realidade da região onde atua. As lojas Entreposto foram implementadas no modelo de licenciamento de uso da marca, oferecendo um grande diferencial competitivo por não haver cobrança de royalties. Esse formato é menos burocrático e consiste em um pagamento de uma única taxa de licenciamento e uma manutenção fixa mensal.

 

A ALE também oferece suporte às revendas que possuem Entreposto, com o objetivo de orientar e garantir melhores práticas na gestão. Nas visitas periódicas, o consultor avalia o ponto de venda, desde a manutenção da identidade visual, passando pela implantação das ações promocionais até uma análise criteriosa de como estão sendo trabalhadas as categorias. Diante desse check list, são propostos planos de ação com ações efetivas de incremento do mix de produtos e treinamentos de reciclagem com a equipe de vendas.

 

Atualmente, a companhia mantém lojas de conveniência Entreposto em 17 Estados. A expectativa é de inaugurar, até o fim do ano, 20 lojas EP nos postos de serviços e combustíveis da rede.

 

Capacitação – A ALE também acredita que a qualificação profissional da equipe é um dos diferenciais para rentabilizar os negócios. Por isso, a companhia mantém a Academia Corporativa, que oferece treinamentos direcionados para os postos de serviços e combustíveis alcançarem bons resultados.

 

Nesse sentido, uma das iniciativas da ALE voltadas para a equipe das revendas é o Ônibus Escola. O centro de capacitação tem como objetivo promover o desenvolvimento de todos os profissionais envolvidos no negócio, a partir da disseminação de conhecimento especializado do segmento que gera resultados. Além da plataforma itinerante, a ALE oferece aos revendedores e frentistas dos postos da rede uma plataforma de ensino a distância. A companhia também firmou, recentemente, uma parceria com o Centro Universitário Estácio para oferecer descontos em todos os cursos da universidade.

 

Segundo Frederico Amorim, a ALE entende que capacitação deve fazer parte do dia a dia do negócio, pois uma equipe bem treinada fideliza clientes e, consequentemente, aumenta as vendas. “Por meio da qualificação, esperamos tornar os postos ainda mais preparados para oferecer um atendimento de excelência aos consumidores”, conclui.