Dois pódios para Alberto Otazú no THR – Divulgação

O piloto Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem/Instituto Desenvolve/AVSP/Imab/Rolley Ball) nunca tinha feito tantas ultrapassagens num mesmo dia. No último domingo (14) ele fez duas corridas de recuperação na quarta etapa do The Heart Racing (THR), e subiu duas vezes no pódio do Kartódromo Granja Viana, em Cotia (SP), após ganhar mais de 20 posições entre as duas provas. Na Gold, a principal categoria, ele terminou em segundo, enquanto que na Strong foi terceiro colocado.

 

“Foram duas corridas bem movimentadas, em que larguei de trás e fui rapidamente para o pelotão da frente, mesmo não tendo kart muito rápido em nenhuma delas. Pelo menos melhorei a minha classificação nos campeonatos”, comentou Alberto Otazú, que agora ocupa a quarta colocação na Gold, e o décimo posto na Strong, tendo disputado apenas três das nove etapas.

 

Alberto Otazú foi segundo no THR Kart – Divulgação

 

A prova da categoria Gold teve o grid invertido em relação ao posicionamento do campeonato. Como Alberto Otazú ocupava a quinta colocação no certame, ele largou da 12ª posição. Ao final da primeira volta ele já passou em quinto, e nas três voltas seguintes ganhou uma posição a cada passagem.  Permaneceu em segundo do quarto até o oitavo giro, quando assumiu a liderança da prova. No meio da 22ª e última volta Otazú foi surpreendido por Paulo Sant’Anna, que estabelecia as voltas mais rápidas a todo o momento, e caiu para segundo, a 0s230 do vencedor.

 

“Não tive como reagir, pois corria o risco de perder até o segundo lugar, pois tanto ele quanto o Fábio Nakiri tinham kart mais rápido. Eu queria vencer, mas desta vez não deu”, conformou-se o piloto de 17 anos de idade, que está a apenas 5,5 pontos do líder da principal categoria do THR Kart.

 

E terceiro na categoria Strong – Divulgação

 

Na categoria Strong, para pilotos lastreados em 110 quilos, Alberto Otazú foi obrigado a trocar de kart na tomada de tempos, e teve tempo de completar apenas uma volta cronometrada. Com isto, partiu da 13ª posição. No entanto, no fechamento da primeira passagem já era o sétimo. Depois, foi fazendo mais ultrapassagens, para assumir definitivamente o terceiro posto na 16ª das 22 voltas.

 

“Esta prova foi mais difícil ainda, pois o meu kart não tinha muita força. O engraçado é que esta é a terceira corrida que faço nesta categoria e terminei todas em terceiro”, lembra Otazú, que mesmo não participando das seis primeiras etapas já está entre os dez primeiros classificados.

 

O próximo compromisso de Alberto Otazú será nesta terça-feira (16), quando estreará na última etapa do Campeonato Karteiros Interlagos.

 

Os dez primeiros da categoria Gold foram:

1) Paulo Sant’Anna, 22 voltas em 20min11s957

2) Alberto Otazú

3) Fábio Nakiri

4) Bruno Rodrigues

5) Flávio Alves

6) André Cunha

7) Rodrigo CVV

8) Kleber Barbarotti

9) Vinicius Gama

10) Danilo Zampol

 

Os dez primeiros da categoria Gold no THR Kart do segundo semestre são:

1) Paulo Sant’Anna, 66,5 pontos

2) Bruno Rodrigues, 65

3) Flávio Alves, 62

4) Alberto Otazú, 61

5) Fábio Nakiri, 57,5

6) André Cunha, 52

7) Rodrigo CVV, 46

8) Kleber Barbarotti, 45,5

9) Vinicius Gama, 43,5

10) Gerson Garcia, 42,5

 

Os dez primeiros na categoria Strong foram:

1) Fábio Nakiri, 21 voltas em 18min51s024

2) Peru Urbano

3) Alberto Otazú

4) Valdir Silva

5) Marcos Nunes

6) Danilo Zampol

7) Eugênio Neto

8) Vilson Pugliessa

9) Mário Ibarra

10) Claudio Pugliessa

 

Os dez primeiros da categoria Strong são:

1) Fábio Nakiri, 192 pontos

2) Danilo Zampol, 148

3) Mário Ibarra,119

4) Vilson Pugliessa, 115

5) Marcel Munhoz, 110

6) Marcelo Brasil, 109

7) Eugênio Neto, 99

8) Pedro Marques, 74,5

9) Valdir Silva, 66

10) Alberto Otazú, 59

Fonte: Organização