Além da Academia 1 em 1 bilhão, a Lotus anunciou na última segunda feira (11), que Luiz Razia e Davide Valsecchi vão pilotar o carro da equipe no primeiro treino livre da F1 na China, sexta-feira (15). Mike Gascoyne, diretor-técnico do time, anunciou a estreia do brasileiro na F1. “Na China, teremos Luiz Razia e Davide Valsecchi pilotando para nós no primeiro treino livre. Acho que Xangai será outro fim de semana interessante”, disse.

Nascido em Barreira, interior da Bahia, Razia estreou nas pistas de autocross aos 13 anos de idade, e já na temporada seguinte conquistou o título de vice-campeão baiano da modalidade, a apenas um ponto do primeiro colocado. Em 2004, mudou-se para Brasília, onde começou a treinar e a correr de kart, que é considerada a base da carreira de um profissional. Após apenas seis meses de treinos, sagrou-se campeão brasileiro da categoria.

Ainda em 2004, o passo seguinte foi a estreia no Campeonato de Fórmula 3 Sul-Americana. Os treinos de adaptação à nova categoria começaram dias depois da vitória no campeonato nacional. Na temporada seguinte, já como piloto da equipe Dragão Motorsport, Luiz Razia entrou definitivamente para o cenário do automobilismo nacional ao disputar, simultaneamente, a Fórmula 3 Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro de Fórmula Renault. Na F-3, conquistou duas pole positions e duas vitórias em seu primeiro ano na categoria. Em 2005, como o mais jovem piloto em atividade na Fórmula Renault, Razia acumulou experiência em pistas de rua e na Fórmula 3, terminou o ano em quinto no campeonato com duas vitórias, duas pole positions e quatro melhores voltas.

Em 2006, o piloto passou a competir por estrutura própria, e participou ativamente da fundação da Razia Sports. Ao final do campeonato, conquistou o título da Fórmula Renault, liderando o ranking de vitórias, pole positions e melhores voltas. Em 14 corridas, subiu ao degrau mais alto do pódio sete vezes, largou seis vezes na primeira posição do grid e, em sete oportunidades, foi o piloto mais rápido durante uma corrida.

Entre 2007 e 2009, Razia participou de algumas provas da GP2 – europeia e asiática –, com boas atuações. Mas demonstrou sua capacidade como piloto e potencial para desenvolvimento, elementos mais que suficientes para ser convidado para ser piloto de testes da Virgin, mesma equipe de Lucas Di Grassi, e agora na Lotus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...