Ram 2500 foi o veículo mais vendido no país acima de R$ 400 mil – Divulgação

A Ram segue em sua trajetória de sucesso no país, batendo mais um recorde de vendas. No ano passado, foram emplacados 2.760 veículos, representando crescimento de 87,1% em relação a 2020, que havia sido o melhor para a marca até então. Esse desempenho coloca a Ram como a fabricante premium que mais cresceu no Brasil ao longo de 2021, com larga vantagem (a segunda maior alta nesse segmento foi de 26%).

Além disso, na faixa de preço que atua, acima de R$ 400 mil, a marca Ram ficou em terceiro lugar – tendo liderado em cinco meses do ano passado. E, dentro desse universo, a Ram 2500 Laramie foi simplesmente o veículo mais vendido do país, com 2.227 unidades.

“Esses números mostram que a estratégia da Ram, com produtos exclusivos e feitos de acordo com a necessidade de nossos clientes, conseguiu superar até mesmo os inúmeros desafios que ocorreram em 2021”, diz Breno Kamei, diretor da Ram para a América do Sul. “Isso só foi possível por conta da nossa parceria com os concessionários e, claro, o lançamento de produtos como a inédita 1500 Rebel e da edição especial 2500 Rodeo.”

Vale acrescentar que a Ram chegou a figurar em alguns meses entre as dez marcas mais vendidas no ranking de comerciais leves no ano passado e terminou 2021 duas posições acima na comparação com 2020, em 14º.

2500: destaque no segmento premium

A Ram 2500 Laramie continua sendo o carro-chefe da marca, com alta de 51% em relação ao ano anterior. Além da liderança na faixa acima dos R$ 400 mil, a maior picape do país também se destacou pela participação subindo de 3,3% para 4,8% no segmento premium como um todo. Na lista dos veículos de marcas de prestígio mais vendidos, a 2500 subiu da nona para a sexta posição. Outro ponto alto da 2500 no ano passado foi o lançamento da edição especial Rodeo, cujas 100 unidades se esgotaram em apenas 10 horas.

1500 Rebel: desempenho em todos os sentidos

Com as primeiras unidades entregues no final de abril, a Ram 1500 Rebel fechou o ano passado com 533 exemplares registrados. O desempenho e o prazer proporcionados pelo V8 HEMI de 400 cv, associados ao design marcante e à toda tecnologia, também garantiram ao modelo o título de Picape do Ano 2022 da revista Autoesporte, a premiação mais tradicional da imprensa automotiva brasileira.

Liderança na Argentina

Também é importante salientar que, mesmo com intensas restrições locais, a Ram se manteve à frente no segmento de picapes full-size no segundo maior país da América do Sul. Em 2021, a marca conquistou 65,9% de participação no segmento, com 1.187 veículos emplacados no mercado argentino.