Gabriel Varela e Gabriel Morales lideram o Rally dos Sertões nos UTV - Foto: Donizetti Castilho

Gabriel Varela e Gabriel Morales lideram o Rally dos Sertões nos UTV – Foto: Donizetti Castilho

 

A Família da Poeira continua se destacando no Rally dos Sertões. Nesta segunda-feira (5) os irmãos Varela (Can-Am/Blindarte) fizeram dobradinha e dominaram o trecho cronometrado de 374,84 km entre Padre Bernardo e Cavalcante (GO): Gabriel foi o mais rápido entre todos os UTV com o tempo de 5h39min23s, enquanto Rodrigo ficou com a segunda marca, com apenas 1min56s de desvantagem, a despeito de ter largado da 22ª posição.

 

“Fizemos uma Especial boa. Andamos bem rápido, mas usando bastante a cabeça, sem abusar dos trechos de trial, e ainda assim fizemos o melhor tempo”, comentou Gabriel Varela, que ao lado do navegador Gabriel Morales assumiu a liderança Geral do Rally dos Sertões e na classe Pro dos UTV.

 

Depois de amargar alguns problemas no primeiro dia de competição, Rodrigo varela usou toda a sua experiência para dar a volta por cima e se recuperar. “Tive que fazer muitas ultrapassagens, acho que uma dúzia e isso atrapalhou bastante. Mesmo assim fizemos uma recuperação incrível. Amanhã (6) eu e o João (Arena) vamos largar atrás do Gabriel e ficaremos atentos em ajuda-lo caso precise”, planeja Rodrigo Varela, que ocupa a 12ª na classificação acumulada da classe Pro.

 

Rodrigo Varela e Mayckon Padilha tiveram uma recuperação fantástica - Foto: Sanderson Pereira

Rodrigo Varela e Mayckon Padilha tiveram uma recuperação fantástica – Foto: Sanderson Pereira

O segundo dia do Rally dos Sertões começou próximo a Mimoso de Goiás, com largada em zona agrícola e longas retas. Depois a prova passou por estradas de fazendas bem estreitas, sinuosas e com muitas lombas e lombadas. A competição prosseguiu por uma região montanhosa, com muitas pedras, lajes e zonas de trial com grandes erosões, além de duas passagens em rios, e explorando todos os tipos de terreno, como cascalho, piçarra, pedras grandes e lajes, alternando trechos de média e baixa velocidade.

 

“Hoje foi um dia de muitas quebras, acho que a metade do grid de UTV teve problemas na prova. Os nossos dois Can-Am Maverick foram excelentes e não tiveram nenhum problema do início ao fim da Especial muito dura. Os veículos estão muito bons e em ótimo estado. Os Maverick estão nos surpreendendo cada dia mais”, complementou o mais velho dos irmãos Varela.

 

Na terça-feira (06/9) será realizada a terceira etapa, entre Cavalcante e Posse, ainda no Estado de Goiás, quando serão percorridos 643,48 km, sendo a Especial cronometrada com 376,41 km.

 

Os mais rápidos no segundo dia na categoria Pro nos UTV foram:

1)    Gabriel Varela/Gabriel Morales, Can-Am Maverick XDS, 5h39min23s

2) Rodrigo Varela/Mayckon Padilha, Can-Am Maverick XDS, 5h41min19s

3) Henrique Gutierrez/André Munhoz, Yamaha YXZ 1000RSE, 5h44min10s

4) Enrico Almeida/Alvaro Almeida, Can-Am Maverick 1000, 5h51min44s

5) Pedro Queirolo/Gui Trombini, Can-Am Maverick Turbo, 5h53min47s

 

Os mais rápidos no segundo dia na categoria Super Production nos UTV foram:

1) Bruno Sperancini/Breno Rezende, Can-Am Maverick, 5h47min08s

2) Denísio Nascimento/Emílio Rockenbach, Polaris, 6h04min16s

3) G. Lapertosa/Fábio Zeller, Polaris XP 1000, 6h09min59s

4) Erley Ayala/Idali Bosse, Polaris RZR XP 1000, 06h31min40s

5) Rodrigo Faiad/Roberto da Silva, Polaris RZR 900, 7h40min30s

Fonte: Organização