Divulgação

O projeto Brincar, iniciativa da Fundação Volkswagen em parceria com a ONG Mais Diferenças e a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, foi um dos vencedores do prêmio Zero Project 2020, na categoria de práticas inovadoras. O reconhecimento global é oferecido pela instituição austríaca Essl Foundation e está voltado aos direitos das pessoas com deficiência. Os projetos premiados serão apresentados na Zero Project Conference, que acontecerá em fevereiro no escritório da Organização das Nações Unidas (ONU) em Viena, Áustria. Foram 86 vencedores de 56 países, entre 469 inscritos.

“Esse reconhecimento vem coroar os esforços da Fundação Volkswagen em prol da inclusão de pessoas com deficiência, sobretudo por meio de iniciativas que garantam uma escola de qualidade para todos. Com o Zero Project, será possível multiplicarmos os aprendizados e experiências do projeto Brincar, inspirando ações ao redor do mundo que valorizem práticas pedagógicas inclusivas na Educação Infantil”, comemorou Vitor Hugo Néia, diretor de Administração e Relações Institucionais da FVW.

As iniciativas também serão disponibilizadas gratuitamente em plataformas e publicações mantidas pela Essl Foundation. Além do Brincar, outros quatro projetos brasileiros foram contemplados, entre eles o Diversa, iniciativa do Instituto Rodrigo Mendes que conta, em seu formato presencial, com apoio da Fundação Volkswagen.