Otazú largou da pole, mas teve o motor avariado – Divulgação

 

Não foi desta vez que o piloto Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem/Instituto Desenvolve/AVSP/Imab Fechaduras) bateu o seu recorde de 10 vitórias consecutivas em um campeonato. Mesmo tendo largado da pole position e estabelecido a volta mais rápida, a sua invencibilidade de um ano e um mês foi quebrada na sétima etapa da Fórmula Master, disputada na quinta-feira (9) no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos (SP). O motor avariado do kart obrigou a sua entrada no box para a troca de equipamento e o atual campeão da categoria terminou na 21ª colocação, uma volta atrás do vencedor Eduardo Abrantes.

 

Foto: Emerson Santos

“Depois da pole position eu vim liderando as primeiras voltas quando, de repente, o motor perdeu totalmente a potência. Ainda consegui me arrastar até os boxes, peguei outro kart e voltei quase duas voltas atrás. Só me restou fazer todas as voltas mais rápidas enquanto estive na pista e tirar cerca de um segundo por volta em relação aos líderes”, comentou Otazú, que em nenhum momento pensou em desistir, mesmo sabendo que iria chegar em último.

 

Com este resultado, ficaram praticamente nulas as chances de Alberto Otazú conquistar o bicampeonato, pois ao contrário de todos os outros certames de kartismo amador, a Fórmula Master não adota o critério de descarte dos piores resultados. “Eu já tinha deixado de participar das duas primeiras etapas, o que já criava uma enorme dificuldade. Com esta quebra só me resta procurar vencer mais corridas, independentemente da posição no campeonato”, planeja o jovem de 17 anos de idade. “Quero pelo menos terminar o campeonato como o piloto com o maior número de poles, vitórias e voltas mais rápidas, como no ano passado”.

 

A oitava etapa da Fórmula Master será no dia 13 de setembro, no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos.

 

Os dez primeiros na sétima etapa da Fórmula Master foram:

1) Eduardo Abrantes, 17 voltas em 17min44s329

2) Maurizio Sala, a 1s357

3) Bruno Viegas, a 4s327

5) Marcos Takuma, a 5s108

5) Peterson Goivinho, a 8s111

6) João Gregório, a 21s020

7) Luiz Saraiva, a 21s032

8) Iuri Bustamanti, a 21s363

9) Irceu Ribeiro, a 22s332

10) Miguel Sacramento, a 23s200

 

Os dez primeiros na Fórmula Master depois de sete etapas são:

1) Eduardo Abrantes, 216 pontos

2) Enzo Sala, 179

3) Luiz Saraiva, 177

4) Bruno Viegas, 175

5) Irceu Ribeiro, 174

6) Alberto Otazú, 151

7) João Gabriel Gregório, 149

8) Iury Bustamante, 140

9) Maurício Pontes, 124

10) André Millan Rodrigues, 63 pontos

Fonte: Organização