Mapa de calor da demanda na cidade – Divulgação

Os bebês que frequentam as creches municipais poderão utilizar transporte gratuito oferecido pela Prefeitura de São Paulo e ocupar vagas ociosas nas creches municipais. O Baby-TEG deverá contar com aproximadamente 350 veículos ou total de 5.143 vagas ociosas preenchidas e atenderá no máximo 15 crianças por veículo que contará com 2 monitores capacitados em primeiros socorros.

Mapa de calor de vagas ociosas na cidade – Divulgação

O projeto terá como objetivo garantir o transporte escolar de crianças de zero a 3 anos e 11 meses que estejam na fila de espera e ampliar as chances de uma vaga nas unidades escolares que ficam entre 2km e 5km de distância da residência. Cada criança deverá ter o limite de permanência no veículo de 1 hora durante trajeto casa/creche e será obrigatório o uso de bebê conforto.

Exemplo de ampliação de raio no CEU Tremembé – Divulgação

A medida ajudará na ampliação do atendimento dos futuros equipamentos que serão inaugurados como os 12 Centros Educacionais Unificados – CEUs, que poderá ter aumento na capacidade de atendimento de 650 mil para 3,6 mil crianças da lista de espera. Assim, como no programa Primeira Infância, que já conta com 40 imóveis aprovados e receberão novas creches podendo aumentar sua capacidade de atendimento de 7,2 mil para 12,5 mil crianças da lista de espera.