Divulgação

Apesar da paralisação no setor de transportes por causa da pandemia, a Pátio Transportes, empresa especializada no traslado de veículos para todo Brasil, espera dobrar de tamanho em 2020. A companhia, cujos clientes são, em sua maioria, pessoas físicas pertencentes à classe média, investe em estratégias avançadas de atendimento e pós-vendas para crescer.

“Nosso crescimento está alicerçado no profissionalismo e na qualidade garantida aos clientes. Assim, eles sempre acabam retornando”, explica Vinícius Lacerda, sócio-fundador da companhia.

Em um mercado repleto de concorrência, mas com poucas opções habilitadas, Lacerda afirma que a diferenciação da Pátio está em detalhes fundamentais no cuidado dos bens de terceiros.

Divulgação

“Como 80% da nossa carteira são pessoas físicas, buscamos atendê-los com maestria desde o primeiro contato, transmitindo confiança e executando um serviço ágil, dentro do prazo e irretocável”, diz ele.

A empresa nasceu em 2018 com o objetivo de transformar-se em uma referência para o setor, solidificando valores como segurança, eficiência, agilidade e respeito.

“Para isso, contratamos e treinamos uma equipe de consultores comerciais experientes e capazes de apoiar no desenvolvimento das melhores rotas para cada cliente”, esclarece o sócio-fundador.

Hoje, a Pátio conta com 3 mil motoristas cadastrados, sendo 800 ativos. Para garantir agilidade nos traslados, a empresa possui 450 bases operacionais, distribuídas por todos os estados brasileiros. Os motoristas novos passam por uma minuciosa pesquisa antes de serem incluídos na lista da empresa e todos os transportes contam com seguro da Tokio Marine, pontos importantes para proporcionar segurança ao processo de transporte.

Desde o início da operação, a companhia já transportou veículos de todos os tipos, de quadriciclos a jet skis, caminhões, barcos e máquinas agrícolas. Segundo Lacerda, são demandas que chegam por inúmeras razões, como mudança de cidade ou por motivo de viagem.

“Para cada tipo de veículo, temos um protocolo e uma forma de fazer para garantir que o bem chegue ao destino em perfeito estado”, revela o executivo, informando que o carregamento é, normalmente, feito por cegonheiros e guinchos sider.

Divulgação

Além das pessoas físicas, a Pátio também atende grandes organizações, como locadoras Localiza, Movida e Unidas e governos estaduais. “As locadoras estão entre os nossos clientes recorrentes”.

A tecnologia tem sido também uma grande aliada, uma vez que Lacerda tem investido fortemente em marketing digital para maximizar o alcance dos serviços. Para ele, as facilidades da internet – ainda pouco exploradas pela concorrência – têm trazido resultados significativos em curto e médio prazo. Para 2021, a empresa planeja lançar um projeto que permite ao cliente rastrear seu veículo 24 horas, entre outras funcionalidades.

Atualmente, a empresa conta com 10 funcionários; para o ano que vem, este número deve dobrar com a abertura de mais três filiais, nas cidades de Fortaleza, Curitiba e Brasília.