O seguro conta com duas categorias: uma que abrange motos de 50 até 300 cilindradas (para quem usa a moto como meio de locomoção diária, para ir e voltar do trabalho, por exemplo), e outra que contempla motos a partir de 301 cilindradas (para quem utiliza a moto para lazer e percorre viagens de longa duração).O Dia do Motociclista foi instituído para ser celebrado no Brasil em 27 de julho. A data homenageia as pessoas que utilizam o veículo no dia a dia, para trabalho ou lazer. E a quantidade de motos nas ruas só aumenta.

Nos primeiros seis meses de 2019, a venda desses veículos somou 536.955 unidades, crescimento de 16% em comparação ao mesmo período do ano passado (que teve 495.420 unidades vendidas), segundo dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares). Ou seja: uma demanda crescente para o mercado de seguros. “Os motociclistas sabem da importância do seguro e buscam opções com bons atrativos e que sejam completos e confiáveis”, comenta Jaime Soares, diretor do Porto Seguro Auto.

O seguro conta com duas categorias: uma que abrange motos de 50 até 300 cilindradas (para quem usa a moto como meio de locomoção diária, para ir e voltar do trabalho, por exemplo), e outra que contempla motos a partir de 301 cilindradas (para quem utiliza a moto para lazer e percorre viagens de longa duração).

Para a opção de baixa cilindrada, os motociclistas têm coberturas mais enxutas, com a possibilidade de parcelamento do seguro em até 10x sem juros no Cartão de Crédito Porto Seguro e no débito em conta. Já motos de alta cilindrada, contam com coberturas completas que atendem as necessidades desse público, como a disponibilização de guincho com extensão para o Mercosul e serviços emergenciais à residência.

Para ambos os segmentos, o Porto Seguro Moto possui também cobertura total (colisão, incêndio, roubo e furto) ou cobertura para incêndio, roubo e furto; assistência 24h; desconto de 25% na franquia (valor limitado); cláusula contratada para cobertura de acessórios (capacete, luvas, botas, jaqueta, calça e intercomunicador), lanternas e retrovisores. Além disso, estão disponíveis os serviços emergenciais e de manutenção para residência como mão de obra gratuita para consertos de eletrodomésticos, reparos nas redes elétrica e hidráulica, help desk, desentupimento, limpeza de calhas e chaveiro comum.

Desempenho – Apenas no primeiro semestre de 2019, o Porto Seguro Moto realizou mais de 30 mil atendimentos de assistência 24h aos motociclistas segurados. Desse total, 20% foram serviços relacionados à carga de bateria e soluções simples que, no próprio local, o veículo volta a circular. No entanto, em 80% dos casos houve a necessidade do acionamento de guincho em função de pane ou impossibilidade da moto voltar a rodar.

Justamente em função da maior parte dos atendimentos serem casos de remoção, o Porto Seguro Moto investe em serviços exclusivos de alta qualidade. O principal deles é o caminhão guincho, com foco na segurança de motocicleta. Ele possui um equipamento especial que prepara o veículo para ser colocado na plataforma e, em seguida, prende a moto em uma perfeita amarração, sem riscos de danos ou avarias.

Outro equipamento desenvolvido exclusivamente pela Porto Seguro é a remoção feita com as picapes 4×4. Para uso mais urbano, ele é ágil e seguro, responsável por mais de 10% de todas os atendimentos de motos de comprimento menor, fazendo um deslocamento confortável tanto do segurado quanto da motocicleta.

Para saber mais, simular e contratar o Porto Seguro Moto, fale com o seu Corretor ou acesse o site.