Muniz confia em seu Dallara/Berta - Foto: Vanderley Soares

Muniz confia em seu Dallara/Berta – Foto: Vanderley Soares

Vice-líder isolado da Fórmula 3 Brasil na classe Light, Matheus Muniz segue para Curitiba (PR), onde neste final de semana (16 a 18/10) vai disputar a sétima e penúltima rodada dupla da categoria mais rápida do automobilismo nacional, com o objetivo de vencer e se aproximar da ponta.

 

“O campeonato ainda não está decidido, faltam quatro corridas e tudo pode acontecer, até eu conquistar o título”, assume Matheus, que soma 99 pontos. O líder é Guilherme Samaia, com135, enquanto ainda existem 60 pontos em jogo até dezembro, quando o certame será encerrado.

 

Esta será a terceira passagem da F-3 Brasil pela capital paranaense nesta temporada, o que faz prever duas corridas extremamente equilibradas, pois é o circuito em que os pilotos mais andaram em 2015.

 

“Curitiba é uma pista que a equipe conhece bem, já treinamos muito e já fizemos quatro corridas nesta pista. É um lugar que tenho bastante chance de chegar mais perto do líder e abrir mais vantagem do terceiro colocado”, acredita o piloto.

 

“Já conquistei duas poles e um segundo lugar em Curitiba. Então é um circuito que domino. O meu objetivo será vencer e acho que terei grandes chances”, assume o jovem piloto de apenas 17 anos de idade.

 

Vindo de um bom momento no campeonato, já que na etapa anterior subiu duas vezes no pódio com segundo e terceiro lugares, Muniz está totalmente focado no trabalho que terá muito a fazer para subir mais vezes no pódio em sua primeira temporada completa no automobilismo.

 

“Preciso tirar grande proveito do circuito que mais tenho mão. Graças a isso vou aproveitar o meu bom momento em todos os treinos para acertar bem o meu Dallara/Berta e com isto alcançar o objetivo das vitórias”, completa único piloto da Light que subiu no pódio nas quatro últimas corridas.

 

Confira a pontuação da Fórmula 3 Light após 12 corridas:

1) Guilherme Samaia, 135 pontos

2) Matheus Muniz, 99

3) Igor Fraga, 71

4) Pedro Cardoso, 48

5 ) Andreas Visnardi, 45

6) Felipe Ortiz, 9

Fonte: Organização