Otazú foi sexto colocado na categoria Stock, do RKC – Foto:Wellington Silva

 

Não foi dos melhores finais de semana para Alberto Otazú (Alpie Escola de Pilotagem/Instituto Desenvolve) no kartismo, mas ele acabou salvando bons resultados, subindo no pódio nas duas corridas em que participou. Mesmo assim, caiu de posição na tabela de pontuação das três categorias que competiram no último sábado (19).

 

“Eu me esforcei ao máximo e consegui dois pódios. Não é todo dia que brigamos pela vitória, mas pelo menos lutei até o final. E ainda tem muita coisa pra rolar durante a temporada”, analisou Otazú, que foi sexto colocado no RKC e quinto colocado no Mini Endurance do CCSKA.

 

Líder do Campeonato Rotary Kart Club (RKC), onde foi campeão do primeiro turno da categoria Stock, Alberto Otazú acabou caindo para o terceiro posto após o final da quinta etapa disputada no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos (SP). “Fui muito atrapalhado na tomada de tempos e larguei apenas da oitava posição. E na corrida também tive muita dificuldade com o meu equipamento, pois um dos pneus foi perdendo pressão e piorava volta a volta. Felizmente ainda consegui passar dois pilotos e fiquei em sexto”, explicou.

 

Alberto Otazú e Henrique Morbi (D) em quinto no pódio do MiniEndurance – Divulgação

 

A vitória ficou com Fábio PL, que é o novo líder, com 40 pontos. Pole position, Fábio Cunha terminou em terceiro – atrás de Ivan Janjacomo – e assumiu a vice-liderança com 33 pontos, dois a mais do que o mais jovem piloto da categoria. “Fiquei particularmente feliz e orgulhoso pelo desempenho dos meus amigos Nelson Reple Neto, que liderou a maior parte da corrida da Stock, e do Gustavo Pincelli, que venceu na Truck, já que treinei ambos em algumas vezes e acredito que o meu coach (treinador, em português) deva ter ajudado eles”, ressaltou Otazú.

 

Com a diferença de apenas 30 minutos de uma corrida para a outra, Alberto Otazú não chegou a tempo no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri – distante 45 quilômetros de Interlagos -, para a largada da quarta etapa da categoria Elite do Campeonato ClickSpeed de Kart Amador (CCSKA). Sem pontuar, o piloto que começou a temporada liderando caiu para a 10ª colocação.

 

Já no Mini Endurance, mesmo sem conhecer o circuito Otazú conseguiu a oitava marca na tomada de tempos. Durante o seu turno ficou a maior parte do tempo em sexto, e na hora da troca de kart e piloto Henrique Morbi voltou para a pista na vice-liderança. No entanto, com um kart que não rendia bem, a dupla subiu ao pódio apenas no quinto degrau. Com este resultado, a equipe Kazzo caiu de terceiro para a quarta colocação no campeonato, com 131 pontos, mas ainda está próxima da equipe UXF Sky (Ryan Nishioka), que soma 145 pontos.

 

“Fizemos uma boa corrida, sem cometer sequer um erro na pista ou na troca de pilotos. Pena que o Henrique (Morbi) pegou um kart que não rendia bem e não teve como segurar o segundo lugar. Começamos a temporada vencendo e liderando o campeonato, e continuamos mostrando que estamos na briga e vamos assim até o fim”, acredita Otazú.

 

Classificação da categoria Stock após a quinta etapa do RKC Kart:

1) Fábio PL, 40 pontos

2) Fábio Cunha, 33

3) Alberto Otazú, 31

4) Fernando Ximenes e Ivan Henrique Guerra, 30

6) Nelson Reple, 23

7) Henrique Luis, 20

8) Jorge Felipe, 19

9) Danilo Cauê e Hilheus Vagner, 18

 

Classificação do Mini-Endurance após a quarta etapa:

1) UXF Sky – Ryan Nishioka/Gustavo Ariel, 145

2) UXF – Everson Nishioka/Stefano Paladini, 135

3) Agaxtur Racing – Everton Carajeleascow/Thiago Barros, 134

4) Kazzo – Alberto Otazú/Henrique Morbi, 131

5) No Brakes – Kleberson Felix/Denis Urbanavicius, 128

6) Deustch Hangar Racing – Yvis Rodrigues/Bruno Galli, 128

 

Classificação da categoria Elite do CCSKA após a quarta etapa:

1) Ryan Nishioka, 150

2) Everton Carajeleascow, 142

3) Kleberson Felix, 128

4) Thiago Barros, 122

5) Everson Nishioka e Stefano Paladini, 107

7) Denis Urbanavicius, 106

8) Bruno Galli, 102

9) Gustavo Ariel, 96

10) Alberto Otazú, 89

Fonte: Organização