BRF padronizou o serviço, mantendo hábitos regionais - Divulgação

BRF padronizou o serviço, mantendo hábitos regionais – Divulgação

 

A LC Restaurantes, especialista em refeições coletivas, inaugurou mais dois projetos para o Grupo BRF, detentor das marcas Sadia, Perdigão e Qualy. Um dos projetos da LC para o Grupo foi em Jataí, sendo o outro em Mineiros, ambos em Goiás. Para os cerca de dois mil colaboradores que a LC atenderá por dia nas duas unidades, serão oferecidas a linha tradicional e, como novidade, o serviço Sabor Saúde (com preparações balanceadas, de baixa caloria, servidas diariamente).

 

Com estes dois novos restaurantes, a LC contabiliza quatro projetos realizados para a BRF, criada em 2009, a partir da associação entre a Sadia e a Perdigão. Após o processo de fusão, finalizado em 2012, a empresa tornou-se uma das gigantes do mercado alimentício mundial. Hoje, a BRF é uma das principais exportadoras de proteína animal do planeta, com alimentos que chegam a mais de 120 países.

 

Os outros projetos da LC para a BRF foram implantados no início deste ano, em Jundiaí, interior de São Paulo, no Centro de Distribuição (CD) e para o BRF Innovation Center (BIC), complexo que abriga a Diretoria de P&D e Qualidade, responsável pela pesquisa e desenvolvimento de produtos cárneos, massas, margarinas, vegetais e embalagem, bem como pelo Sistema da Qualidade BRF. Segundo Simone do Rocio, gerente de Novos Negócios da LC Restaurantes, a BRF está realizando um importante trabalho de padronização dos serviços de alimentação em todas as unidades, porém, mantendo hábitos regionais. “Desta forma, entramos com o novo escopo de serviços especializados da LC”.

 

Em Minas Gerais, a LC se atentou às necessidades e oportunidades do município de Extrema, onde a empresa firmou contrato com o Grupo SBF (detentor das marcas Centauro, Centauro.com e ByTennis), FagorEderlan Brasileira, Dello, Forceline, Indústria Metalúrgica Frum e o Grupo Biolab Farmacêutica/Avert Laboratórios. Só em Extrema, os projetos têm gerado um faturamento anual em torno de R$ 9,5 milhões.

 

LC atenderá por dia nas duas unidades da BRF, com pratos da linha tradicional e, como novidade, o serviço Sabor Saúde - Divulgação

LC atenderá por dia nas duas unidades da BRF, com pratos da linha tradicional e serviço Sabor Saúde – Divulgação

 

Neste ano, a LC foi escolhida para prestar os serviços de alimentação na empresa de logística DHL, nas cidades de Itatiaia e Queimados, no Rio de Janeiro. Também passou a atender a envazadora e distribuidora de gás, Nacional Gás, localizada em Duque de Caxias, município do Rio de Janeiro. “Explorar culturas, demandas e peculiaridades de diferentes regiões do Brasil nos fez perceber que a personalização dos serviços é fundamental. Trabalhamos com processos padronizados, mas as refeições e o atendimento precisam ser de acordo com os hábitos e as tradições de cada local. Esta tem sido uma estratégia certeira para atingirmos a meta de atuar em todo território nacional”, afirma Dâmaris de Luca, Diretora de Novos Negócios da LC Restaurantes.

 

Para estes projetos mencionados, a LC investiu R$ 1 milhão só em processos e sistemas, além de treinamentos (cerca de R$ 230 mil) e consultoria (R$ 200 mil). Com 3.000 colaboradores, 250 Unidades Operacionais e servindo 125.000 refeições por dia, a empresa fatura cerca de R$ 300 milhões por ano, e espera que a expansão pelo País represente um crescimento de 30% em sua receita.