Com triunfo, inglês fica a um ponto da liderança do Mundial de Pilotos - Sutton Images

Com triunfo em casa, inglês fica a um ponto da liderança do Mundial de Pilotos – Sutton Images

 

Lewis Hamilton (Mercedes) venceu de forma incontestável o GP da Inglaterra, disputado domingo (10) no Circuito de Silverstone, e está agora a apenas um ponto do líder na tabela Nico Rosberg, segundo na pista, mas, punido com 10s por receber informações dos engenheiros, presenteou o holandês Max Verstappen com a posição e caiu para terceiro. Daniel Ricciardo, da Red Bull, terminou em quarto, seguido de Kimi Räikkönen (Ferrari), Sergio Pérez, Nico Hülkenberg (Force India), Carlos Sainz Jr (Toro Rosso), Sebastian Vettel (Ferrari) e Daniil Kvyat (Toro Rosso) completaram o Top-10.

 

 

Diferente e injustamente vaiado na Áustria ao ser apontado pelo locutor oficial do Circuito de Spilberg como o causador do incidente com seu companheiro de Mercedes na última volta, o piloto britânico foi ovacionado pela torcida e respondeu de forma algo latina ao pular a mureta para comemorar sua vitória junto ao povo.

 

Mais uma extraordinária apresentação de Verstappen contra Rosberg - Crédito: f1. com

Mais uma extraordinária apresentação de Verstappen contra Rosberg – Crédito: f1.com

 

Destaque da etapa, o garoto Max Verstappen está se firmando na principal divisão do automobilismo mundial como postulante ao título nas próximas temporadas, isto é, se a Red Bull continuar a evoluir e tirar a diferença que a separada da Mercedes. Falta pouco. Em Silverstone ele travou o melhor duelo da etapa com Nico Rosberg, ultrapassou o alemão por fora e subiu no pódio em terceiro, mas herdou a posição e os pontos.

 

Largada em Silverstone ocorreu com carro de segurança por conta da pista encharcada - Crédito: f1.com

Largada em Silverstone ocorreu com carro de segurança por conta da pista encharcada – Crédito: f1.com

 

A corrida teve alguns imprevistos, como uma tempestade que caiu antes da largada, tanto que começou com os carros sendo guiados pelo carro de segurança durante seis voltas, e quando deixou a pista o inglês disparou na liderança com seu companheiro de equipe em segundo. Todo mundo largou com pneus para pista molhada, mas como chuva cessou e formou-se uma trilha menos úmida foi aberta a primeira janela para troca de compostos intermediários.

 

Alonso comprou meio lote de grama para tentar passar Massa - Crédito: f1.com

Alonso comprou meio lote de grama para tentar passar Massa – Crédito: f1.com

 

Os primeiros a entrar nos boxes foram Sebastian Vettel e Felipe Massa. No meio da prova, Rosberg havia perdido a segunda colocação, para Verstappen, mas em uma manobra recuperou a posição e a manteve até o final.

 

Massa fez uma corrida apagada. Chegar ao final foi de bom tamanho - Sutton Images

Massa fez uma corrida apagada. Chegar ao final foi de bom tamanho – Sutton Images

 

Entre os brasileiros, Felipe Massa terminou a prova apenas na 12ª colocação, enquanto o outro brasileiro, Felipe Nasr (Sauber) na 15ª posição, mas demonstrou que a hora que tiver à sua disposição equipamento – a Sauber sem Peter, o fundador, virou time pequeno abaixo até da Manor, ex Marussia.

 

A próxima corrida será daqui duas semanas, no GP da Hungria.

 

Confira o resultado do GP da Inglaterra:

Crédito: f1.com

Crédito: f1.com

 

Crédito - f1.com

Crédito – f1.com

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...