Integrantes da Acadêmia McLaren - Divulgação

Integrantes da Acadêmia McLaren – Divulgação

O brasileiro Gustavo Lima é um dos novos integrantes da equipe McLaren de Fórmula 1. O piloto de 17 anos agora faz parte da Academia de Pilotos do time, a McLaren Applied Technologies Performance Academy, se juntando a outros 17 aspirantes, que foram escolhidos pela equipe de acordo com seus compromissos com o esporte e a vontade de melhorar cada vez mais.

 

Com isso, Gustavo usará a mesma infra-estrutura utilizada pela atual dupla de pilotos da McLaren, Jenson Button e Kevin Magnussen, incluindo sessões de musculação em uma academia de última geração, o Fitness & Wellbeing Centre. Nos encontros, Gustavo receberá conselhos na parte de nutrição, preparação de corrida e testes de habilidades – que inclui, inclusive, um desafio de pit stops. Criado em 2013, o McLaren Applied Technologies Performance Academy é dedicado a pilotos acima de 13 anos de idade, com quatro encontros previstos para este ano, sendo o primeiro realizado no último fim de semana na sede da escuderia, em Woking.

 

“Fiquei absolutamente impressionado com a estrutura que a McLaren tem e disponibiliza a pilotos que estão iniciando suas carreiras, assim como eu. Sinto que estou no local certo e na hora certa. Me vejo mais maduro, preparado e focado para conquistar ótimos resultados esse ano e a participação nesse programa fará total diferença para a minha evolucão como piloto”, comenta Gustavo, que celebra o fato de fazer os mesmos programas que Button e Magnussen.

 

“Os testes e ensinamentos que tivemos acesso nesses dias são os mesmos que Jenson (Button) e (Kevin) Magnussen também tem, então não há como não trazer acréscimos para a minha evolução técnica, física e psicológica”, completa o brasileiro. Em complemento aos dias de atividades na fábrica, os novatos serão acompanhados regularmente e receberão um retorno mensal de seus trabalhos durante o ano para a constante melhora de suas performances.