Rosberg venceu Hamilton (Reprodução)

Rosberg venceu Hamilton (Reprodução)

A disputa interna entre os pilotos da Mercedes continua, e com um erro de Lewis Hamilton em sua última tentativa, Nico Rosberg conquistou sábado (7) a pole position para o Grande Prêmio do Canadá, em Montreal. Esta foi a terceira pole de Rosberg, a segunda seguida, em sete provas. Voadores, os pilotos da Mercedes foram os únicos a andar abaixo de 1min15s, com 1min14s874 para Rosberg e 1min14s953 para Hamilton, respectivamente.

 

Pegando o carro pelo pescoço, o tetracampeão Sebastian Vettel, da Red Bull, foi o terceiro seguido do finlandês Valtteri Bottas e Felipe Massa, da Williams. O Top 10 foi formado por Daniel Ricciardo, da Red Bull, Fernando Alonso, da Ferrari, Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, Jenson Button, da McLaren e Kimi Räikkönen, da Ferrari.

 

Como foi – As equipes que usam motores Mercedes deram as cartas desde o Q1 ao colocar nada menos que sete carros nas primeiras posições. Poderia ser oito se o mexicano Sergio Perez (Force India) não perdesse o ponto de frenagem, rodar, e ainda assim fechou o treino de classificação na 16ª posição para passar para o Q2. O Q1 terminou com Lewis Hamilton, Kevin Magnussen, Nico Rosberg, Jenson Button, Felipe Massa, Valtteri Bottas e Nico Hülkenberg.

 

Ficaram de fora Pastor Maldonado (Lotus), Max Chilton (Marussia), Jules Bianchi (Marussia), Kamui Kobayashi (Caterham), Marcus Ericsson (Caterham) e Esteban Gutierrez (Sauber), que, mais uma vez, cometeu um erro de pilotagem no terceiro treino livre, deu uma pancada daquelas e, por isso, não participou da etapa de classificação. É, o clima não está nada bem na Sauber.

 

Felipe Massa foi bem, mas ficou atrás de Bottas (Reprodução)

Felipe Massa foi bem, mas ficou atrás de Bottas (Reprodução)

No Q2, surpresa! Felipe Massa desceu a bota e parou o cronômetro com o tempo de 1min15s773, o que lhe garantiu a primeirao posição do treino até o final, mas aí as Mercedes foram à pista e restabeleceram a ordem, com Hamilton, em primeiro seguido de Rosberg e Massa. Valtteri Bottas terminou em quarto. Menos risonho e mais compenetrado, Vettel foi sexto, uma posição atrás de seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, o quinto.

 

No Q3, Rosberg não perdeu tempo e assumiu o topo da tabela com a marca de 1min14s946, à frente de Hamilton (1min15s014), Bottas (1min15s550) e Massa (1min15s612). Vettel foi outro que não se curvou diante dos ótimos resultados obtidos por Ricciardo e cravou o terceiro tempo com 1min15s548, o primeiro depois das Mercedes. Não satisfeito, Rosberg ainda melhorou sua marca para 1min14s874, enquanto Hamilton errou, mas ficou em segundo. Valterri Bottas foi o quarto (1min15s550) e Felipe Massa em quinto.

 

A largada do GP do Canadá será dada às 15 horas (horário de Brasília).

 

F1, GP do Canadá, grid de largada:

(Crédito: formula1.com)

(Crédito: formula1.com)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...