Vista aérea da fábrica VW Taubaté em construção – Divulgação

Qual é a primeira coisa que vem à sua cabeça quando você pensa na unidade da Volkswagen em Taubaté? Provavelmente a resposta é o carro mais querido dos brasileiros, o Gol. Este ano, o modelo mais produzido, vendido e exportado da indústria automobilística nacional comemora 40 anos e o destaque fica para o local onde tudo começou: a unidade VW no Vale do Paraíba.

A fábrica iniciou as atividades em 1976 com a produção de peças para a Kombi e o Fusca. Dois anos depois, a planta começou oficialmente a produção de veículos com a montagem em série do Passat e já contava com cerca de 1.600 empregados. Mas foi em 1980 que Taubaté abriu caminho para uma nova fase no setor automotivo com o início da produção do Gol Geração I com motor 1.3.

Produção da primeira geração do Gol, com motor 1.3, na fábrica de Taubaté – Divulgação

Projetado e desenvolvido no Brasil, o Gol foi elaborado levando em conta as condições de uso no País, juntamente com as necessidades e aspirações dos consumidores nacionais, enfatizando a resistência, economia e durabilidade.

A primeira versão tinha motor refrigerado a ar e câmbio com quatro marchas. Com carroceria tipo hatch e perfil aerodinâmico, ele era oferecido nas versões S e L, ambas com duas portas porque carros com quatro portas não tinham aceitação no mercado brasileiro na época.

Lançamento do Gol GTI, o primeiro veículo brasileiro com injeção eletrônica – Divulgação

Em 1981, o Gol ganhou um motor mais potente, com 1,6 litro, também refrigerado a ar, o que ajudou a fábrica de Taubaté a atingir em 1982 a marca de 100 mil unidades de produção do modelo.

Logo em seguida foram lançadas a primeira versão com motor de quatro cilindros em linha, com refrigeração líquida e câmbio de cinco marchas, e a versão com motor 1,6 litro. Em 1984, chegou ao mercado o primeiro Gol GT, com motorização 1,8 litro.

Ao longo dos anos o Gol passou por uma contínua evolução tecnológica que guiou a indústria automotiva nacional e o ajudou a consolidar com um sucesso de vendas. Por exemplo, o Gol GTI, em 1989, foi o primeiro carro brasileiro com injeção eletrônica, com um sistema analógico totalmente desenvolvido no Brasil.

Fábrica da VW em Taubaté comemora 1.000.000 de veículos produzidos – Divulgação

O primeiro marco de 1.000.000 unidades produzidas em Taubaté acontece em 1990. Já, em 1993, a planta recebe investimentos de US$ 200 milhões para modernização e treinamento para a produção do Gol Geração II e se torna a primeira fábrica de automóveis da América do Sul a receber o Certificado Internacional de Qualidade ISO 9002.

Gol Total Flex, primeiro carro nacional a utilizar uso misto de combustível – Divulgação

Outra grande inovação chega em 2003 quando é lançado o GOL Total Flex, primeiro carro com motor flex do Brasil. No ano de 2008 a unidade ganha novo investimento no valor de R$ 600 milhões e instala a nova armação com 308 robôs.

Em 2012, ocorre a inauguração do novo e moderno processo de pintura à base d’água, que utiliza 110 robôs para tornar a pintura interna e externa dos veículos 100% automatizada.

Ela estabelece novos padrões de tecnologia e proteção ambiental, tornando-se referência na indústria automobilística brasileira, pois tornam o processo produtivo ecológico, permitindo reduções de 30% no consumo de energia e de 20% no consumo de água por veículo produzido, em comparação a um processo de pintura convencional.

Com todos estes investimentos e conquistas, o Volkswagen Gol se tornou o carro mais produzido com 8.532.771* unidades fabricadas no Brasil (8.342.260) e Argentina (190.511), o mais vendido (6.952.153* unidades) e o mais exportado (1.515.305* unidades) para 69 países. Ele é também o veículo nacional que permaneceu por mais tempo como líder de vendas do Brasil: 27 anos consecutivos.

“A fábrica de Taubaté está diretamente ligada à história do Gol. A unidade foi responsável pela fabricação de mais de 5 milhões de unidades do modelo, o que representa mais de 70% do total produzido. Temos muito orgulho de fazer parte desta história de 40 anos e celebramos esta conquista sendo atualmente uma fábrica referência em produtividade no Grupo Volkswagen. São importantes marcos para comemorarmos”, finaliza Vilque Rojas, Plant Manager da Volkswagen do Brasil em Taubaté.

*Dados considerados até abril/2020.

Volkswagen Taubaté – linha do tempo:

1973 – Início da construção da fábrica de Taubaté.

1976 – Unidade faz peças estampadas, plásticas, injetadas e de tapeçaria para Fusca e Kombi produzidos em São Bernardo do Campo.

1978 – Primeiros cinco Passat produzidos no local são liberados para venda.

1979 – Início da montagem do Passat em série, de forma quase artesanal.

1980 – Produção do Gol Geração I, com motor 1.3. Veículo inaugura nova fase na indústria automotiva brasileira.

1982 – Primeiras 100 mil unidades do Gol produzidas.

1986 – Início da produção do Voyage.

1990 – Unidade comemora 1.000.000 de veículos produzidos.

1993 – Fábrica é a primeira montadora da América do Sul a receber o Certificado Internacional de Qualidade ISO 9002. Unidade recebe primeiros robôs, para produzir Gol Geração II.

2002 – Fábrica recebe certificado de qualidade ambiental ISO 14.001.

2008 – Novo Gol e Novo Voyage entram em produção. Fábrica recebe investimentos de R$ 600 milhões e instala nova Armação, com 308 robôs.

2009 – Unidade comemora 5.000.000 de veículos produzidos.

2011 – Iniciada a construção da nova Pintura

2012 – Inauguração da nova Pintura com início da pintura em KTL

2014 – Inauguração da linha de produção do Volkswagen up!, com investimentos de R$ 1,2 bilhão para a modernização tecnológica da fábrica.

2015 – Primeiras 100 mil unidades do up! produzidas

2016 – 40 anos de operações e o marco de 6,5 milhões de veículos produzidos

2017 – 200 mil up! produzidos; 1,5 milhão de Voyage e 8 milhões de Gol fabricados pela VWB

2018 – Fábrica inicia produção do Gol e Voyage com transmissão automática; celebra o marco de 7 milhões de veículos produzidos

2019 – Unidade celebra o marco de 300 mil up! produzidos